Jonas revela convite de Ronaldo para jogar no Corinthians e expõe amor pelo clube 'desde pequeno'

58 mil visualizações 120 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Jonas nunca escondeu seu amor pelo Corinthians e lamenta não ter vestido o manto alvinegro

Jonas nunca escondeu seu amor pelo Corinthians e lamenta não ter vestido o manto alvinegro

Reprodução/Twitter

Apesar de ser um dos maiores ídolos do Benfica, de Portugal, e colecionar boas passagens por clubes brasileiros, a carreira de Jonas poderia ser ainda mais completa. Em entrevista ao canal Desimpedidos, do Youtube, o ex-atacante admitiu que faltou atuar pelo Corinthians, seu clube de coração. E ele confessa que realmente torcia para o Timão na infância.

"Faltou jogar no Corinthians por eu ser corinthiano desde pequeno. Eu tinha uma bandeira da Gaviões da Fiel e quando o Corinthians era campeão, saia de carreata com meu pais e meus irmãos. Éramos sempre o primeiro carro. Eu era torcedor mesmo, torcia muito", comentou.

Em seguida, Jonas revelou que Ronaldo Fenômeno o convidou para jogar no Corinthians em 2010. Diferente de outras propostas, a ligação feita pelo ex-camisa 9 do Timão o deixou balançado, mas por questões burocráticas as partes não chegaram a um acordo.

"No fim de 2010. Ronaldo me ligou e falou: 'E aí, juvenil! Quer vir jogar comigo?'. Eu respondi que queria, mas ele ligou para o meu irmão e depois o contato não se aprofundou. Fiquei felizão. Foi a proposta mais difícil de recusar. Eu pensei: 'Ronaldo, Corinthians, sonho de criança'... Me balançou, mas não deu certo e fui para o Valência. Foi a proposta que mais me balançou mesmo", admitiu.

E a relação entre Jonas e Corinthians não fica apenas no "amor de criança" e muito menos nas tentativas frustradas de contratar o jogador. Na última rodada do Brasileirão de 2007, Jonas fez o gol que confirmou o rebaixamento da equipe alvinegra para a segunda divisão do futebol brasileiro. Na época, inclusive, ele não deixou de comemorar o tento.

"Na verdade a gente tinha uma mínima chance de Libertadores. Sabíamos que aquele jogo todo mundo estaria assistindo e eu também sou corinthiano, minha infância toda eu fui corinthiano... Talvez eu exagerei na comemoração (risos). Inclusive, toda minha família que é corinthiana estava no Olímpico naquele dia. Fizeram uma reunião comigo para falar da importância do jogo e hoje todo mundo lembra desse jogo, desse gol. Mas hoje eu sou corinthiano", contou.

"Já fui cobrado por torcedores corinthianos na rua e até hoje isso acontece", concluiu.

Vale lembrar que Jonas se aposentou do futebol em julho de 2019, aos 35 anos.

Veja mais em: Ídolos do Corinthians, Contratações do Corinthians e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • O argentino marcou três gols na estreia do Campeonato Paulista

    Fiel escolhe Boselli e Tiago Nunes como destaques de goleada do Corinthians; reserva é o pior

    ver detalhes
  • Duílio explicou algumas questões sobre os bastidores do futebol do Corinthians

    Lateral, zaga, Cantillo, BMG e Luan: diretor esclarece situações no Corinthians

    ver detalhes
  • Boselli marcou três gols na goleada do Corinthians em Itaquera

    Com três gols de Boselli, Corinthians estreia com goleada no Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • O que Corinthians tem que Palmeiras não tem (mercado da bola mostrou)

    VÍDEO: O que Corinthians tem que Palmeiras não tem (mercado da bola mostrou)

    ver detalhes
  • Dirigente esclareceu a busca do Corinthians por um ponta esquerda

    Diretor do Corinthians nega 'briga' por Rony, evita citar outros nomes e exalta volta de Everaldo

    ver detalhes
  • Boselli marcou três dos quatro gols alvinegros na estreia

    Mauro Boselli é o terceiro jogador a marcar um hat-trick pelo Corinthians na Arena

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: