Corinthians é dominado pelo Botafogo em casa e decisão da Liga Sul-Americana fica para o jogo 3

18 mil visualizações 75 comentários Comunicar erro

Corinthians não teve resposta para a ótima atuação do Botafogo nesta quinta

Corinthians não teve resposta para a ótima atuação do Botafogo nesta quinta

Divulgação/Consubasquet

Corinthians 64 X 74 Botafogo

Liga Sul-Americana de Basquete 2019
12 de dezembro de 2019, 20:40
Corinthians 64 x 74 Botafogo
Wlamir Marques

O Corinthians não encontrou seu jogo na noite desta quinta-feira, no ginásio do Parque São Jorge. Atrás durante quase todo o jogo, na maior parte por uma diferença de pontos na casa dos dois dígitos, o Timão viu o Botafogo dar o troco do baile na primeira partida e empatar a série decisiva da Liga Sul-Americana em 1 a 1. O placar final foi de 74 a 64.

Aparentemente nervoso com a possibilidade de ser campeão, o Corinthians viu Jamaal, com 25 pontos, comandar a excelente atuação dos cariocas. Fuller, com 14 pontos, e Nesbitt, com nove pontos e sete rebotes, foram os que tentaram algo diferente para os corinthianos.

Essa foi a primeira derrota da equipe nesta edição da Liga Sul-Americana, competição que o Timão voltou a disputar nesta temporada após duas décadas. Com esse resultado, as equipes decidem o torneio na sexta-feira, às 21h, no mesmo local do embate de hoje.

Escalação: para iniciar a partida, o treinador Bruno Savignani escalou o quinteto do Timão com Fuller, Wesley, Pecos, Nesbitt, Robinson.

Como foi o jogo?

Primeiro quarto – Corinthians 15 x 27 Botafogo

O primeiro quarto do duelo no Parque São Jorge foi idêntico ao que pôde ser visto na Arena Carioca, uma semana atrás, quando o time visitante dominou completamente os donos da casa. A diferença é que os papéis se inverteram, com o Botafogo mostrando tudo que não conseguiu mostrar na abertura da final.

Sofrendo para encaixar sua marcação e sem conseguir movimentar bem a bola no ataque, o Timão mostrou bastante dificuldade diante de um Botafogo ligado em cada detalhe. O primeiro arremesso certo de quadra dos anfitriões, por exemplo, saiu com quase quatro minutos de primeiro quarto.

Em compensação, Henrique Coelho e Jamaal davam um show de entrosamento e jogavam despreocupados na armação botafoguense. O lance mais emblemático foi o crossover, drible emblemático no esporte, dado por Coelho em Nesbitt. Ao ameaçar entrar no garrafão e dar um passo para trás, o carioca ficou livre para cravar uma de três.

Segundo quarto – Corinthians 35 x 48 Botafogo

Passado o visível nervosismo da decisão, os corinthianos tiveram o mérito na segunda etapa de, ainda sem apresentar seu melhor basquete, ao menos não deixarem o jogo escapar. A equipe contou com a mão quente de Vezaro, com duas bolas de três, e trocas defensivas mais precisas na marcação.

O problema foi que Jamaal resolveu que era a sua noite para chutar de três. Marcado individualmente ou por zona, o armador botafoguense parecia não ver diferença nos adversários e chutou quando quis. No total foram 14 pontos só para o americano, mantendo a diferença em dois dígitos.

Terceiro quarto – Corinthians 46 x 65 Botafogo

O segundo tempo começou com uma animadora bola de 3 de Fuller, mas logo foi silenciado por uma cesta + falta de Jamaal. A tônica da primeira troca de pontos da parcial praticamente definiu toda a sua sequência. Cada boa jogada corinthiana era rapidamente respondida pelo adversário.

Sem conseguir fazer a diferença baixar dos dois dígitos, o técnico Bruno Savignani testou novos quintetos e aposto até numa formação sem pivô, tentando ganhar força na marcação em quadra cheia. Quando roubou a bola, porém, o Timão não conseguiu capitalizar, vendo a desvantagem subir para 19 ao final do terceiro quarto.

Quarto quarto - Corinthians 64 x 74 Botafogo

O que já estava ruim piorou em poucos segundos na última etapa. Depois de uma posse com dois rebotes ofensivos, o Botafogo viu Arthur fazer mais dois pontos e sofrer falta antidesportiva de Fischer, irritado com o lance. Além da técnica a favor dos botafoguenses, o armador foi excluído da partida.

Os comandados de Savignani ainda tentaram uma reação, chegaram a baixar a desvantagem para menos de 15, mas, assim como em todo o jogo, o Botafogo teve resposta para qualquer boa jogada corinthiana. Série, então, está empatada.

Agenda alvinegra

O Corinthians volta ao ginásio Wlamir Marques nesta sexta-feira, às 21h30 (de Brasília), para o terceiro e último jogo da Liga Sul-Americana. Já pelo NBB, o próximo compromisso está marcado para a quinta-feira, dia 19, quando a equipe visita o Brasília.

Veja mais em: Basquete.

Quem Atuou

Jogadores

  • David Ahmad Nesbitt

    Nesbitt

    Pontos: 9
    Rebotes: 7
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 29m30s

  • Kyle Alejandro Fuller

    Fuller

    Pontos: 14
    Rebotes: 2
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 26m49s

  • Guilherme Frantz Teichmann

    Teichmann

    Pontos: 8
    Rebotes: 3
    Assistências: 4
    Tempo em quadra: 26m30s

  • Arthur Pecos Fernandes da Silva

    Arthur Pecos

    Pontos: 11
    Rebotes: 6
    Assistências: 3
    Tempo em quadra: 26m16s

  • Humberto Luis Gomes da Silva

    Humberto

    Pontos: 5
    Rebotes: 6
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 24m15s

  • Tracy Terrell Robinson

    Tracy Robinson

    Pontos: 6
    Rebotes: 4
    Assistências: 2
    Tempo em quadra: 21m13s

  • Felipe André Vezaro

    Felipe Vezaro

    Pontos: 9
    Rebotes: 1
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 16m34s

  • Ricardo Fischer

    Ricardo Fischer

    Pontos: 2
    Rebotes: 2
    Assistências: 2
    Tempo em quadra: 14m56s

  • Wesley de Castro Ferreira

    Wesley

    Pontos: 0
    Rebotes: 4
    Assistências: 2
    Tempo em quadra: 13m57s

Comente a notícia: