Gustagol repete roteiro de um ano atrás e põe pulga na orelha de Tiago Nunes para 2020

48 mil visualizações 147 comentários Comunicar erro

Gustagol terminou 2019 em alta e com boas perspectivas para próxima temporada

Gustagol terminou 2019 em alta e com boas perspectivas para próxima temporada

Danilo Fernandes/ Meu Timão

Se a promessa para 2020 é de um Corinthians mais ofensivo sob comando de Tiago Nunes, nada mais natural do que as atenções da Fiel se voltarem aos principais responsáveis por balançarem as redes adversárias. É nesse cenário que desponta, mais uma vez, em roteiro similar ao de um ano atrás, o nome de Gustavo Henrique da Silva Souza, o Gustagol.

Leia também: Jô no Corinthians? Diretoria nega, mas Ronaldo Giovanelli agita redes sociais; entenda

Em princípio, Mauro Boselli surgia como principal referência para o Corinthians de 2020. Melhor articulador do ataque alvinegro com a bola no chão, seja recebendo passes, fazendo pivô ou abrindo espaços, é o argentino quem tem estilo de jogo que mais se assemelha àquilo que Tiago Nunes propunha quando treinava o Athletico Paranaense.

De estilo similar ao novo treinador do Corinthians, o então interino Dyego Coelho, hoje de volta ao Sub-20, não demorou para também colocar tal ideia em prática. Bastou Fábio Carille ser demitido para Boselli surgir como potencial titular absoluto para a função de homem-gol.

Uma contratura muscular na coxa direita do argentino, porém, abriu espaço para Gustagol na reta final de 2019. Com três gols nos quatro últimos jogos do Corinthians, o camisa 19 brilhou como não fazia desde as primeiras semanas da temporada, época na qual somou números que o consagrariam artilheiro da equipe ao longo de todo o ano. Coelho teve tempo, inclusive, para ter a famosa "dor de cabeça boa" como interino do Timão.

Agora tal "pulga atrás da orelha" sobre o centroavante que merece iniciar 2020 como titular é transferida da cabeça de Coelho para a de Tiago Nunes. A exemplo do que aconteceu com Fábio Carille no início de 2019, o novo treinador do Corinthians estará diante de um Gustagol credenciado a jogar pelos bons números registados na temporada anterior.

Artilheiro do futebol brasileiro em 2018 quando emprestado ao Fortaleza, com 30 gols em 45 jogos, Gustagol deixa 2019 como principal goleador, se não do país, do Corinthians: foram 15 gols em 55 partidas, números melhores que os de Boselli e Love - confira abaixo.

A questão que fica é: Gustavo Henrique da Silva Souza seguirá honrando o apelido de Gustagol em 2020? Os corinthianos mal podem aguardar pela chegada de Tiago Nunes.

Médias de gols dos centroavantes do Corinthians em 2019

  • Gustavo: 0,27 gol por jogo (15 em 55)
  • Boselli: 0,23 gol por jogo (11 em 48)
  • Love: 0,19 gol por jogo (12 em 62)

Veja mais em: Gustavo, Mercado da bola, Tiago Nunes e Elenco do Corinthians.

Veja Mais:

  • Timãozinho ficou pelo caminho na Copinha

    Corinthians perde para o Internacional e é eliminado na semifinal da Copinha 2020

    ver detalhes
  • Corinthians divulga lista de inscritos para o Campeonato Paulista

    Corinthians inscreve 23 jogadores na primeira lista do Paulistão

    ver detalhes
  • Araos foi o herói da vitória chilena na Colômbia

    Meia do Corinthians faz gol heroico após sair do banco e volta a decidir jogo do Chile; veja vídeo

    ver detalhes
  • Ralf deve confirmar o adeus ao Corinthians nos próximos dias

    Andrés esclarece saída de Ralf, dá detalhes de acordo por rescisão e pontua: 'Reclamam de tudo'

    ver detalhes
  • Coelho dividiu opiniões da torcida após eliminação na Copinha

    Sentimento duplo com Coelho, elenco na bronca e nomes aprovados: Fiel repercute eliminação do Timão

    ver detalhes
  • Volante Ralf vai procurar um novo clube para si a partir da rescisão com o Corinthians

    Ralf não abre mão de salários, mas aceita condição e fica perto de rescisão com o Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: