Andrés Sanchez explica proposta por Sidcley, projeta Luan no Corinthians e cita até Romero

90 mil visualizações 241 comentários

Por Meu Timão

Andrés Sanchez tem respondido imprensa sobre movimentações do Corinthians no mercado da bola

Andrés Sanchez tem respondido imprensa sobre movimentações do Corinthians no mercado da bola

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O presidente Andrés Sanchez, do Corinthians, não tem evitado atender a imprensa para esclarecer rumores do mercado da bola para 2020. Em entrevista concedida na última terça-feira à Fox Sports, o mandatário alvinegro falou sobre Sidcley, Luan e até Ángel Romero.

Sobre a tentativa corinthiana de repatriar o lateral-esquerdo Sidcley, Andrés entrou em alguns detalhes da proposta feita pelo Timão. O Dínamo de Kiev, por exemplo, tem até o início de janeiro para decidir se libera ou não o jogador, que pode ser emprestado pelos ucranianos.

"Fizemos uma proposta pelo Sidcley, o time de lá está esperando a janela, demos um prazo até 10 de janeiro. Se não der certo, vamos para o plano B. Pedem 5, 6 milhões de euros (R$ 27 milhões), mas não acho que vale esse investimento", declarou o presidente.

Cabe lembrar que recentemente o também lateral-esquerdo Jorge, que disputou o último Campeonato Brasileiro pelo Santos, disse ter conversado com Andrés Sanchez sobre uma possível transferência para o Corinthians. O atleta pertence ao Monaco, da França.

Leia também: Corinthians encaminha empréstimo de lateral ao Botafogo-SP para disputa do Paulista

Em relação a Luan, não há mais o que confirmar: jogador foi anunciado por Corinthians e BMG como novo reforço da equipe. O ex-gremista custará 5 milhões de euros (quase R$ 23 milhões) e, assim, se torna a quinta contratação mais cara da história do clube alvinegro.

"Se o Luan jogar o que jogou, vai ser o rei da América do Sul. Se não, eu fui incompetente de contratá-lo", ironizou Andrés Sanchez.

No Corinthians, muito em função de sua identificação dos tempos de infância com o clube, espera-se de Luan bastante entrega dentro de campo. Tal característica era comum (e fez falta em 2019) no paraguaio Ángel Romero. Ao ser mencionado durante a entrevista, o atacante hoje no San Lorenzo despertou certa irritação em Andrés Sanchez:

'Enquanto eu estiver aqui, ele não põe o pé no Corinthians. Acho que ele não agiu direito com o Corinthians. A gente o procurava para renova, até mesmo quando o Roberto de Andrade estava na presidência. Ele ficava falando ‘tranquilo, despacito’, acabou o contrato e foi embora", afirmou o atual presidente do Timão, se referindo à negociação frustrada pela extensão contratual de Romero junto ao clube do Parque São Jorge.

Veja mais em: Andrés Sanchez, Luan, Romero, Sidcley, Mercado da bola e Contratações do Corinthians.

Veja Mais:

  • Elenco comemora gol de Gustavo Silva sobre o Sport, pelo Brasileirão, na Neo Química Arena

    Corinthians recebe Red Bull Bragantino para se aproximar ainda mais do G6 no Brasileirão; veja tudo

    ver detalhes
  • Presidente do Corinthians lamentou tragédia que aconteceu na manhã deste domingo

    Presidente do Corinthians se solidariza após acidente aéreo que vitimou jogadores do Palmas

    ver detalhes
  • Vagner Mancini encerrou  neste domingo a preparação para duelo contra o Red Bull Bragantino

    Corinthians encerra preparação para enfrentar o Red Bull Bragantino; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Corinthians e Red Bull Bragantino se enfrentam nessa segunda-feira

    Corinthians tem favoritismo contra o Bragantino nas casas de apostas

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves assumiu a presidência do Corinthians no último dia 4 de janeiro

    Corinthians deverá desembolsar R$300 mil por mês após veto de suspensão de pagamentos do Profut

    ver detalhes
  • [Luis Fabiani] Mateus virou vital: a herança milionária que Mancini pode deixar no Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: