Tamires avalia temporada pelo Corinthians e projeta crescimento na Seleção Feminina

1.5 mil visualizações 15 comentários

Por Meu Timão

Tamires foi peça importante do Corinthians em 2019

Tamires foi peça importante do Corinthians em 2019

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Uma das atletas mais experiente do elenco do Corinthians, Tamires teve boas atuações pelo clube alvinegro em 2019 e já confirmou sua permanência para 2020. Antes de dar início ao novo ano, a corinthiana avaliou seu ano no clube e projetou o crescimento da Seleção Brasileira na modalidade.

A jogadora chegou ao Corinthians após a disputa da Copa do Mundo com a camisa da Seleção Brasileira, onde teve boas atuações e chamou a atenção. No clube do Parque São Jorge, a atleta se tornou peça essencial do elenco, participando de 25 jogos além de ter marcado quatro gols.

"Não é exagero (falar que este foi o melhor ano de minha carreira). Esse mundial foi muito especial para mim. Me deu muita visibilidade, aproveitei ao máximo, é um reconhecimento do meu trabalho, foi gratificante demais. E voltar para o Brasil depois de quatro anos somou demais para que eu pudesse ter um ano maravilhoso. Conquistar dois títulos com o Corinthians foi mais do que especial também", contou em entrevista ao Diário do Nordeste.

Leia também:
Corinthians renova com mais duas jogadoras e garante permanência de quarteto de zagueiras
Corinthians garante a permanência de três goleiras para a próxima temporada
Recorde do Corinthians na Arena é citado pela Fifa em texto sobre o crescimento do futebol feminino

Os dois títulos conquistados por Tamires ao lado de suas companheiras corinthians foram a Libertadores e o Paulista - o time faturou também o vice do Brasileiro. No segundo troféu levantado, o Timão deu show dentro e fora de campo: venceu o São Paulo por 3 a 0, com cerca de 28 mil torcedores nas arquibancadas.

"Foram 28 mil pessoas aplaudindo, torcendo. Foi um dia especial demais (a final do Paulista), não só para o Corinthians. Tudo o que foi plantado lá atrás de valorização, de visibilidade, a gente está começando a alcançar esse objetivo. Acho que a gente está no caminho certo. O futebol feminino está alcançando um patamar que não existia há um tempo. O Mundial foi um divisor de águas para a nossa modalidade. E espero que só melhore daqui para frente. Estamos muito felizes com isso tudo. É continuar para que essas meninas daqui para frente possam colher o que a gente está fazendo hoje", afirmou.

Mesmo com o grande crescimento da modalidade, ainda é feita um grande distinção entre o futebol feminino e o masculino, e é principalmente pelo fim dela que as mulheres lutam.

"São várias barreiras a serem quebradas ainda. Com certeza, a questão salarial é algo que se escuta muito, é muito diferente ainda entre o masculino e o feminino. Quanto mais visibilidade, quanto mais o clube acredita na gente, as coisas acontecem como estão acontecendo. Este é um ponto que a gente quer melhorar, quer mais valorização. Mais clubes com o futebol feminino, mais categorias de base, tudo isso ajuda a modalidade a crescer. E TVs abertas cobrindo a gente. Quanto mais divulgação, melhor. A gente vê que a torcida gosta do futebol feminino. Mas, às vezes, nem sabem que vai ter jogo. Divulgação faz com que a gente se sinta mais valorizada também. E isso tudo nos ajuda a fazer um jogo melhor, mais vistoso e competitivo para o torcedor", analisou a corinthiana.

Talvez o grande questionamento em torno da atleta seja sua posição de atuação. No Corinthians, Arthur Elias gosta de escalá-la adiantada, como ponta, enquanto na Seleção Tamires atua como lateral-direita. A jogadora falou sobre jogar nas duas posições e contou que valoriza cada uma delas.

"Já conversei com a Pia a respeito disso. Gosto de jogar avançada, como jogo no Corinthians, mas também gosto de jogar na Seleção como lateral. O importante é estar jogando! A Pia me vê mais como lateral-esquerda na seleção, então eu vou continuar assim, isso não faz muita diferença para mim. Jogar como meia avançada é bom porque você fica mais perto do gol, é mais gostoso, mas o importante é estar podendo ajudar a seleção da melhor maneira possível. Eu jogo de ponta no Corinthians e de lateral da seleção, então está tudo certo", disse.

E a maternidade...

Atualmente com 32 anos, Tamires foi mãe aos 21, quando estava em ascensão no exterior. Por conta disso, a atleta teve que interromper sua carreira, mas conseguiu retornar aos gramados.

"Não mudaria nada (na minha trajetória). Quando eu fiquei grávida aos 21 anos, foi algo que mexeu comigo, me deixou triste porque eu não esperava, era a ascensão da minha carreira, e daí eu não esperava. Mas hoje, olhando para trás, que bom que eu fiquei grávida. Que bom que eu tenho o Bernardo, que já está com dez anos, me acompanha, torce por mim. Hoje, eu me sinto uma mulher muito realizada por ser mãe, voltar a fazer o que eu mais amo que é jogar futebol. Eu sou muito grata por tudo o que eu estou vivendo", concluiu.

Veja mais em: Corinthians feminino.

Veja Mais:

  • Alexandre Husni discursa após a vitória na eleição do Conselho Deliberativo

    Candidato da situação, Alexandre Husni é eleito o presidente do Conselho Deliberativo do Corinthians

    ver detalhes
  • Elenco do Corinthians se reapresenta ao CT Joaquim Grava após vexame em Dérbi

    Corinthians se reapresenta ao CT e inicia preparação para duelo com Sport; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Danilo retorna ao Corinthians para trabalhar nas categorias de base

    Corinthians anuncia ex-meia Danilo como novo técnico do Sub-23

    ver detalhes
  • Elenco do Corinthians no duelo contra o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro

    Corinthians é o clube com mais goleadas em clássicos paulistas; veja lista completa

    ver detalhes
  • Lateral-esquerdo Alê Mantelli, de 18 anos, renovou contrato com o Corinthians até o fim de julho

    Corinthians renova contrato com jogador do Sub-23 que não atuou na última temporada

    ver detalhes
  • Jô no duelo contra o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro

    Corinthians vê chance de ir à Libertadores cair em 15% após derrota em Dérbi; veja probabilidades

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: