Ex-zagueiro do Corinthians revela dificuldades de Tévez no clube e até 'gota d'água' para saída

10 mil visualizações 50 comentários

Por Meu Timão

Tévez teve dificuldades de adaptação no Corinthians

Tévez teve dificuldades de adaptação no Corinthians

Divulgação / Corinthians

Um dos recorrentes nomes exaltados pela torcida do Corinthians, Carlitos Tévez não teve uma adaptação fácil ao clube do Parque São Jorge. Mesmo caindo nas graças da Fiel, o argentino não parecia viver bons dias enquanto vestia a camisa alvinegra. Quem revelou isso foi o zagueiro Betão, seu ex-companheiro de clube.

"A gente estava em Porto Feliz, chegou ele (Tévez) e o Sebá, Mascherano veio depois. Era pré-temporada, interior. Ele ficava dentro do quarto e eu pensava 'que situação chata, o cara vem com status de estrela, fica ai no quarto'. Sebá era do mesmo quarto, mas era mais extrovertido, tinha mais contato com os outros", contou Betão em participação no programa Bola da Vez, da ESPN.

O atacante argentino defendeu o clube apenas entre 2005 e 2006. Mesmo com uma breve passagem pelo Timão e algumas dificuldades de adaptação, Tévez foi peça importante no elenco daquele ano, e ajudou na conquista do Campeonato Brasileiro em 2005.

Ainda de acordo com Betão, a postura de Tévez se manteve no dia a dia do clube. O zagueiro, revelado nas categorias de base do Corinthians, lembrou que o argentino ficava vendo fotos da família.

"Eu pensava que se um dia eu quisesse sair do Brasil, eu ia gostar de uma boa recepção, então eu decidi fazer isso com ele, eu acredito muito na lei da semeadura: o que você semeia, você colhe, seja o mal ou o bem. Bom, quando o Sebá saia, eu ia lá no quarto, ficava tentando puxar assunto, mesmo não entendendo muito o que ele dizia. Ele demorou muito para se abrir, foi um trabalho de formiguinha, ele só respondia sim e não, ficava vendo foto no computador, tinha saudades...", contou Betão.

O zagueiro ainda contou um fato extremamente curioso sobre Tévez. Além da saudade de casa, o argentino sofreu com picadas de formigas que lhe causaram alergia e foram, segundo Betão, a gota d'água para ele deixar o clube.

"Teve uma vez que a gente estava treinando e no campo tinha muito formigueiro. Uma formiga picou ele, mas acho que ele era alérgico, a perna dele inchou muito, alergia forte. Foi a gota d'água para ele querer voltar", concluiu.

O argentino, aliás, teve saída conturbada do Timão. Depois de problemas com Leão, técnico da época, e até com Alberto Dualib, então presidente, Tévez foi transferido para o West Ham, da Inglaterra, ao lado de Mascherano. O Corinthians não ganhou nada com a saída da dupla.

Veja mais em: Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Neo Química já foi patrocinadora máster do Corinthians na época de Ronaldo Fenômeno

    Neo Química, dona do naming rights, volta à camisa do Corinthians; saiba os detalhes 

    ver detalhes
  • Do Fórum do Meu Timão direto para a camisa do Corinthians Feminino

    [Ana Paula Araújo] Do Fórum do Meu Timão direto para a camisa do Corinthians Feminino

    ver detalhes
  • Zagueiro Gil deve voltar à equipe após cumprir suspensão na última rodada

    Corinthians realiza trabalho técnico de olho no Red Bull Bragantino; veja provável escalação

    ver detalhes
  • [Giovana Duarte] Como o time feminino do Corinthians pode ajudar a modalidade inteira fora de campo

    ver detalhes
  • Elenco comemora gol de Gustavo Silva sobre o Sport, pelo Brasileirão, na Neo Química Arena

    Corinthians inicia rodada com 6% a mais de chance de terminar o Brasileirão no G6; veja números

    ver detalhes
  • As mudanças na parceria entre Corinthians e BMG explicitam que esse nunca foi um patrocínio máster

    [Julia Raya] As mudanças na parceria entre Corinthians e BMG explicitam que esse nunca foi um patrocínio máster

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: