Jogadores do Corinthians estarão prontos para modelo de jogo do Tiago, diz preparador físico

18 mil visualizações 77 comentários

O Corinthians viverá uma nova era a partir da próxima semana. Sob o comando de Tiago Nunes, espera-se uma equipe com um modelo de jogo diferente daquele executado na última década, com mais velocidade nas partes defensiva, ofensiva e transição. E estará preparado fisicamente para executá-lo.

Quem garante é o novo preparador físico do Timão, que estava na Ucrânia e foi trazido pelo ex-comandante do Athletico-PR. Michel Huff deixou claro que, neste início, a parte física ainda não estará ideal. Mas o trabalho está sendo feito para que o modelo de jogo possa ser executado.

"O preparador físico tem que estar preparado para isso (maratona de jogos), quando reconhece o modelo de jogo, cria-se o treinamento para ter performance de jogo com base nesse modelo. O que o nosso criará de demanda? Velocidade. Precisamos ter isso, zonas de velocidade quando o Tiago cobrar em cima do modelo de jogo. Eles precisam estar preparados para realizar. Em nosso modelo, ataca-se muito em velocidade, na organização ofensiva e defensiva, não apenas em transição", explicou Huff.

Leia também:
Tiago Nunes comanda novo treino da defesa na véspera da viagem aos EUA
Corinthians recebe documentação do Grêmio, e Luan publica foto com uniforme; veja

O novo preparador físico sabe que o calendário corinthiano não será dos mais tranquilos neste início, com dois jogos da Florida Cup, primeiros compromissos do Paulistão e ainda os jogos contra Guaraní do Paraguai ou San Jose da Bolívia pela segunda fase da Libertadores.

"Em relação ao caráter físico, não estarão preparados, mas de modelo de jogo, sim. Minha preocupação maior será o pós-jogo, como o atleta se recuperou, se teve déficit de força, se no segundo dia estará apto para jogar. Essa pré-temporada do Corinthians, eu imagino, que nenhum outro clube passará por isso. Duas semanas de preparação, dois jogos na semana seguinte, mais dois jogos na outra semana, outros dois depois. Vamos ter que fazer um rodízio pontual, não terá como suportar se não for assim. Nem o time com a melhor das preparações pode suportar essa carga tão intensa no início, mas vamos achar uma solução", avisou.

Michel Huff, novo preparador físico do Corinthians

Michel Huff, novo preparador físico do Corinthians

Rodrigo Vessoni/Meu Timão

Além de Michel Huff, o técnico Tiago Nunes trouxe Evandro Fornari (auxiliar), Kelly Guimarães (auxiliar), Pedro Sotero (analista de desempenho) e os preparadores de goleiro Marcelo Carpes e Luiz Fernando dos Santos. O trabalho deles, por enquanto, tem apenas seis dias. Mas, de acordo com Huff, em plena evolução de entrosamento, o que inclui a comissão técnica fixa do clube.

"Realmente nesse início da nossa participação estamos fazendo um trabalho em conjunto, de todos os fisiologistas, fisioterapeutas, preparadores físicos, dá muito orgulho. Todos (da comissão fixa) estão dando apoio para nós (os mais novos). Alguns (jogadores) não estão no timing certo, mas vamos evoluindo dia a dia. A gente orienta, caminhamos todo juntos, temos uma rotina diária, fazemos a informação chegar ao Tiago da melhor maneira possível", lembrou Huff.

Período no Leste Europeu

O Corinthians será o terceiro clube brasileiro de Michel Huff, que antes trabalhou no Brasil de Pelotas (2010) e Juventude (2011). Após a passagem pelo clube de Caxias do Sul, Huff iniciou sua trajetória no Leste Europeu, onde passou pelo Metalist da Ucrânia (2011 a 2015), Sheriff da Moldávia (2016 e 2017), Tosno da Rússia (2017/18) e o FK Ural (2018/19), também da Rússia.

"Eu tive por cinco temporadas no Metalist da Ucrânia, onde tinhas muitos brasileiros. Vou citar alguns aqui: Taison, Cleiton Xavier, Rodrigo Moledo, Diego Souza, Marcio Azevedo, alguns jogadores que tiveram passagens por lá. Foram muitos brasileiros, muitos argentinos, então, a gente tinha a questão do Shakhtar, que era um time que só tinha brasileiros e o Metalist que era o time dos sul-americanos, é um clube com muita estrutura, história, um clube quase centenário, um clube com torcida, nós jogávamos sempre com cerca de 35, 40 mil pessoas no estádio. O estádio foi sede da Eurocopa de 2012, com boa estrutura. O clube chegou em 2013 a ficar entre os 30 melhores da Europa", contou.

Veja mais em: CT Joaquim Grava.

Veja Mais:

  • Cássio e Vagner Mancini tentam achar respostas para a equipe voltar a vencer nesta quinta

    Corinthians recebe o Sport na Neo Química Arena para recuperar moral no Brasileiro; veja detalhes

    ver detalhes
  • Renan Lima e Danilo falaram com o elenco pela primeira vez

    Danilo se apresenta ao elenco Sub-23 do Corinthians ao lado de novo preparador físico da categoria

    ver detalhes
  • Fixo chega para se juntar a outros dez jogadores que ficaram no clube

    Corinthians anuncia fixo experiente como reforço para time de futsal: 'Sonho de criança'

    ver detalhes
  • Palpites do Meu Timão: Corinthians x Sport - Campeonato Brasileiro 2020

    VÍDEO: Palpites do Meu Timão: Corinthians x Sport - Campeonato Brasileiro 2020

    ver detalhes
  • Nova camiseta do Corinthians em homenagem ao Mundial de 2000

    Camiseta do Mundial, bolsas e squeeze: veja os novos produtos do Corinthians na ShopTimão

    ver detalhes
  • Timão tem um novo concorrente na briga pelo G6

    Corinthians entra em campo pressionado por ascensão de time do interior e de olho no G8; veja tabela

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: