De Luan a Davó: como foram as estreias dos quatro reforços do Corinthians para a temporada

20 mil visualizações 108 comentários

Matheus Davó foi um dos estreantes do Corinthians na noite desta quarta-feira

Matheus Davó foi um dos estreantes do Corinthians na noite desta quarta-feira

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Na noite desta quarta-feira, o Corinthians bateu o New York City FC no seu primeiro jogo da temporada por 2 a 1. E como de costume, a Fiel viu caras novas em campo: ao todo, quatro reforços fizeram sua estreia com a camisa alvinegra: Sidcley, Cantillo, Luan e Matheus Davó.

Do quarteto, Cantillo e Luan começaram entre os titulares, enquanto os outros dois esperaram no banco de reservas e entraram na segunda etapa. O Meu Timão prestou bastante atenção nos atletas e traz um balanço das atuações.

O rendimento dos estreantes do Corinthians nesta quarta-feira

Luan

Principal contratação para a temporada, Luan foi também o grande destaque da estreia alvinegra. Participativo, o meia atuou com muita liberdade pelo meio, aproximando de Boselli nos momentos ofensivos e, em vários momentos, auxiliando Cantillo e Camacho na saída de bola - chegou a fazer alguns desarmes e acumulou bonitas inversões para aproveitar Fagner pela direita.

Como esperado, foi o diferencial técnico da equipe: marcou um gol de falta e um de fora da área, esbanjando técnica em um movimento típico de futsal. Tende a ser o pilar criativo da equipe e também pode brigar pela artilharia, justamente pela alta capacidade de finalização.

Victor Cantillo

Outro titular de Tiago Nunes nesse primeiro jogo, o volante colombiano também agradou a Fiel enquanto esteve em campo. Seguro na marcação quando foi exigido, apareceu com frequência para iniciar as jogadas.

Como dito pelo comandante e visto na maioria de seus vídeos, o camisa 8 se destacou ainda em alguns lançamentos precisos, visando sempre jogar para frente. Saldo muito positivo para o atleta.

Sidcley

Há muito tempo sem jogar, Sidcley se preservou e fez uma atuação segura em sua volta ao Corinthians. Ao contrário da tônica da primeira passagem, que foi bastante ofensiva, ele se preservou nas passagens e auxilio na saída de bola. Bem tecnicamente, errou pouco e foi importante para iniciar as jogadas do Timão.

Matheus Davó

Com um time mais pesado na segunda etapa, Davó foi a principal válvula de escape para o ataque alvinegro. Aberto pela direita, o garoto mostrou muita vontade, mas pecou demais pelo nervosismo, perdendo muitas bolas por tentar um drible a mais. Foi substituído na reta final do jogo sem grande destaque.

Uma outra "primeira vez"

Apesar de ter feito sua estreia como profissional no fim do ano passado, Lucas Piton teve sua primeira chance como titular da equipe alvinegra. Com liberdade para avançar, tentou algumas jogadas no campo de ataque, mas acabou tendo atuação discreta. Mesmo muito novo, porém, foi quem bateu os escanteios do Timão no embate.

Uma outra "primeira vez" 2.0

Restando quase dez minutos para o fim da partida, o jovem Madson entrou na vaga de Davó para fazer sua estreia como profissional do Corinthians. Mesmo com pouco tempo, arriscou dois bons chutes e obrigou o arqueiro adversário a fazer defesas complicadas.

Veja mais em: Contratações do Corinthians, Luan, Matheus Davó, Sidcley e Victor Cantillo.

Veja Mais:

  • Neo Química já foi patrocinadora máster do Corinthians na época de Ronaldo Fenômeno

    Neo Química, dona do naming rights, volta à camisa do Corinthians; saiba os detalhes 

    ver detalhes
  • Foi assim que o Corinthians de Mancini ajudou a mudar a história do Brasileirão 2020

    VÍDEO: Foi assim que o Corinthians de Mancini ajudou a mudar a história do Brasileirão 2020

    ver detalhes
  • Ex-Corinthians, Léo Príncipe cobra R$ 257,3 mil do clube na Justiça do Trabalho

    Ex-Corinthians, Léo Príncipe move ação contra o clube e cobra quase R$ 260 mil

    ver detalhes
  • Jô fez o terceiro do Corinthians na vitória contra o Sport

    Jô mantém ótima média na Neo Química Arena em jogos do Brasileiro; atacante fica perto da artilharia

    ver detalhes
  • 'Meio sinistro' | Vim parar na Neo Química Arena e não sei por quê | Isso é Corinthians

    VÍDEO: 'Meio sinistro' | Vim parar na Neo Química Arena e não sei por quê | Isso é Corinthians

    ver detalhes
  • Daniela Alves, técnica do time de base do Corinthians feminino, projetou o desempenho do Timão na competição nacional

    Daniela Alves vê Corinthians pronto para o Brasileiro Feminino Sub-18 e aposta em torneio disputado

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: