Vic Albuquerque valoriza continuidade, projeta 2020 e vibra com clássicos mais fortes para o Timão

1.3 mil visualizações 24 comentários

Por Andrew Sousa e Vitor Chicarolli, no CT Joaquim Grava

Victória confia em mais títulos do Corinthians nesta temporada

Victória confia em mais títulos do Corinthians nesta temporada

Danilo Fernandes/ Meu Timão

Campeão paulista e da Libertadores em 2019, o Corinthians quer conquistar ainda mais títulos na temporada que está para começar. Para isso, apostou na manutenção do elenco com apenas quatro reforços pontuais. Para Vic Albuquerque, um dos destaques do ano passado, a continuidade pode ser a chave para o sucesso.

"A gente tem um planejamento de conquistar mais títulos. Conseguimos manter a base do ano passado, trouxemos algumas atletas para somar ao que a gente fez no ano passado. Agora é fazer mais coisas do que a gente conseguiu em 2019", pontuou em conversa com o Meu Timão durante a apresentação do elenco, na última sexta-feira.

"Já estava com a renovação encaminhada desde o ano passado. Não tinha dúvidas que eu queria mais um ano de Corinthians. A expectativa é muito boa, o ano que eu fiz ano passado foi muito grandioso na minha carreira, explosão de coisas boas", completou.

Leia também:
Arthur Elias minimiza pressão por novos recordes, mas conta com reforços para manter protagonismo
Corinthians Feminino faz primeiro treino aberto para a imprensa em novo CT; saiba tudo

Para esse ano, porém, a caminhada em direção aos títulos tende a ser difícil. Em um crescimento geral da modalidade, grandes clubes do país fizeram contratações importantes e podem dar trabalho, sobretudo os rivais São Paulo, Palmeiras e Santos. Para Vic, essa evolução é boa.

"A gente sempre quis que os clássicos fossem legais de assistir. Não só jogar com times fracos, esse desafio é muito importante. O Brasil tem melhorado a nossa liga, quem estava fora chega no Brasil para somar. Consideramos um desafio bom, que as pessoas gostem mais e mais do futebol feminino", ressaltou.

Passo importante

A meia do Timão também comentou a medida pioneira que o clube tomou fora das quatro linhas: profissionalizou o contrato das atletas da modalidade.

"A gente tem um contato muito bom com o Andrés, trata a gente igual ao masculino. Queremos isso para todos os clubes, uma garantia de trabalho. Nos outros clubes a pessoa trabalha seis, oito meses. É importante para nós, ter esse benefício de ficar certo por um ano", valorizou.

Veja mais em: Corinthians feminino e Victória Albuquerque.

Veja Mais:

  • Nike divulga fotos da nova camisa do Corinthians

    Nike confirma pré-venda de nova camisa do Corinthians em seu site; veja fotos e valores

    ver detalhes
  • Mancini poupou alguns jogadores da viagem ao Uruguai

    Corinthians divulga relacionados para partida contra o Peñarol sem nove jogadores; veja lista

    ver detalhes
  • Neo Química Arena recebeu o jogo entre Corinthians e Inter de Limeira, pelo Paulistão

    Corinthians no Paulista rende mais audiência do que o Palmeiras na Libertadores; veja números

    ver detalhes
  • Otero foi pré-convocado pela Venezuela para a disputa da Copa América

    Otero aparece em pré-convocação da Venezuela e pode desfalcar o Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians está no aguardo de seu adversário na semi do Paulistão

    Veja as possibilidades de confrontos para o Corinthians na semifinal do Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Matheus Alexandre, de 22 anos, foi contratado em abril de 2019 e nunca atuou pelo Corinthians

    Corinthians pode receber seu primeiro reforço para a temporada 2021

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x