Tiago Nunes vê Corinthians em 'processo natural de evolução' e diz que vai tirar lições de empate

9.9 mil visualizações 106 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Tiago Nunes analisa sua primeira partida oficial pelo Corinthians longe da Arena, em Itaquera

Tiago Nunes analisa sua primeira partida oficial pelo Corinthians longe da Arena, em Itaquera

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Sem conseguir repetir o desempenho impecável do compromisso anterior, o Corinthians ficou apenas no empate por 1 a 1 com o Mirassol neste domingo, no Estádio Campos Maia, pela segunda rodada do Paulistão. Em entrevista concedida após a partida, o técnico Tiago Nunes destacou o que faltou para o Timão no interior paulista, admitiu que vê sua equipe em processo de evolução e também garantiu que irá tirar lições deste confronto.

"Enfrentamos uma equipe que se propôs a jogar, uma equipe muito bem treinada pelo Ricardo, um ótimo treinador. Recheada de jogadores que também jogaram Série A, Série B. Fizeram uma ótima partida. O empate, sim, ficou justo até pelo que a gente produziu. Nós não conseguimos ser superiores ao Mirassol na maior parte do tempo. Tentamos sair jogando na maior parte das vezes, tivemos até mais posse de bola do que o Mirassol, mas foi uma posse que não se traduziu em chance de gol, em situações ofensivas que pudessem trazer algum perigo real à equipe do Mirassol", contou o treinador.

"Então estamos em um processo natural de evolução. Hoje é o vigésimo dia de preparação e, como era de se esperar, você vai oscilar. Vai ter bons e maus momentos. Eu vou tirar desse jogo, as lições que nos trouxeram. Como o Mirassol foi superior a gente em alguns momentos do jogo, nos traz vários aprendizados. Várias situações que a gente pode evoluir para os próximos jogos, tendo em vista já quinta-feira contra a Ponte e, também, nas competições internacionais que se aproximam", completou.

Leia também:
Camacho reconhece má atuação do Corinthians, mas projeta melhora 'com o passar dos jogos'
Questões físicas, atuação de Cássio e resultado frustrante: Fiel repercute empate do Corinthians
Corinthians joga mal e cede empate ao Mirassol na segunda rodada do Paulistão

O Mirassol, cabe destacar, foi superior e criou mais chances claras para balançar as redes durante os 90 minutos. Para Tiago Nunes, então, o Timão até conseguiu ter uma boa posse de bola, mas procurou o ataque em poucos momentos. Assim, o treinador alegou que o elenco criará repertório com o tempo para sair de pressões impostas pelo adversário como aconteceu neste domingo.

"O fato do Mirassol tentar marcar pressão, a gente saiu várias vezes dessa pressão, achou o passe do volante, até do meia, mas a gente achou esse passe e não procurou o ataque; retornou para manter a posse de bola. E como eu já falei em outras oportunidades, a posse de bola ela tem que ser um meio para você chegar o mais rápido possível ao ataque. E não um fim. Então esse é o equilíbrio que a gente busca. Eu tenho certeza que outras equipes vão marcar a gente em cima. A gente tá criando repertório para tentar sair dessas pressões, e quem sabe também, aproveitar, quando um time sobe na pressão, aproveitar numa vola de velocidade, uma bola longa nas costas dessa linha para tentar achar o equilíbrio", disse.

Por fim, Nunes também contou que o desempenho do Corinthians não seria muito diferente com o volante Victor Cantillo em campo - o colombiano ainda não foi regularizado no BID da CBF, e voltou a destacar a qualidade do Mirassol.

"Não temos certeza se o Cantillo nesse jogo ia conseguir ter essa qualidade de ação técnica, de dominar, girar, pela pressão que o Mirassol impôs. E também pelo nível de confiança, né? Eu tenho muito claro, pra mim, que o jogo ele é definido em vários momentos. Mas quando você perde e ganha confiança dentro do próprio jogo, quando você começa a tomar decisões que são decisões onde você não se expõe, acaba ficando um jogo mais burocrático. Você falou do Richard, muita bola pra trás, às vezes é o medo de se expor, de errar. Não é só por parte dele, é de todos os jogadores. É um processo que é de grande confiança, é natural. Como eu falei, são 20 dias de trabalho. A gente pegou uma equipe muito bem treinada, com bons jogadores. A gente vai tirar muita lição desse jogo", concluiu.

Veja mais em: Tiago Nunes e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Boselli marcou o gol do empate já nos minutos finais da partida contra o Santo André

    Corinthians busca empate heroico com o Santo André em noite de 'duelo aquático' na Arena

    ver detalhes
  • Marllon deve ser repassado ao Cruzeiro até o fim desta temporada

    Corinthians negocia empréstimo de zagueiro para o Cruzeiro

    ver detalhes
  • Mauro Boselli marcou o gol do empate heroico em Itaquera

    Fiel aponta Boselli como melhor do Corinthians em empate; Yony mantém '100%' como pior

    ver detalhes
  • Pedrinho foi um dos alvos das críticas da torcida

    Recado a Tiago Nunes, escolhas questionadas e críticas a atacante: Fiel repercute empate do Timão

    ver detalhes
  • Tiago Nunes optou por Vagner Love no comando de ataque do Timão

    Tiago Nunes explica troca de Boselli por Vagner Love no comando de ataque do Corinthians

    ver detalhes
  • Yony deixou a Arena mancando após sair no intervalo da partida

    Atacante do Corinthians deixa Arena mancando e passará por exame nesta quinta

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: