Parte da torcida do Corinthians na Arena não viu nenhum dos gols do clássico; entenda

27 mil visualizações 105 comentários Comunicar erro

Bandeirão é tradição no Setor Norte da Arena Corinthians nos jogos do Timão

Bandeirão é tradição no Setor Norte da Arena Corinthians nos jogos do Timão

Danilo Fernandes / Meu Timão

Uma parte razoável dos mais de 40 mil torcedores presentes à Arena Corinthians não conseguiu ver os gols de Everaldo e Janderson, no clássico da manhã deste domingo, contra o Santos. Ritual tradicional no começo de cada tempo, a abertura do bandeirão das organizadas já havia sido iniciada quando as duas bolas foram para a rede.

Se você já foi ao estádio, entende o drama. Para quem nunca foi, é costume entre as torcidas corinthianas levantar bandeiras alusivas a si mesmo assim que o juiz apita. O "bandeirão" começa em uma das extremidades do Setor Norte e sobe/desce para cobri-lo quase completamente.

Como todo o procedimento leva entre três e quatro minutos, a torcida presente ali normalmente perde o início de cada tempo, justamente o momento em que o Timão conseguiu furar a defesa do Santos na Arena Corinthians nas duas oportunidades.

Leia também:
Camacho deixa campo com dores no quadril e será reavaliado pelo Corinthians; treinador comenta
Cantillo mantém ritmo de janeiro e é eleito melhor do Corinthians em clássico; lateral é o pior
Corinthians mantém cautela por Yony González e negociação de Pedrinho

"Eu estava lá, embaixo do bandeirão", disse ao Meu Timão a corinthiana Maria Júlia Monteiro, de 21 anos. Bastante envolvida com seu trabalho, na área de marketing de uma academia de artes marciais, ela só tem conseguido ir aos jogos nos finais de semana. Dessa vez, só curtiu os gols sem saber o que acontecia.

"Não tem como explicar, não vi nenhum dos dois gols, mas cara, você sente. Aquela energia pulsando. Quando saiu o gol, foi aquela explosão e tudo vale a pena, não precisa ver, você sente. Pode ficar lá no meio da bagunça, mas saí com o sorriso de orelha a orelha. O que importa é você sentir tudo aquilo, não tem explicação", continuou ela.

Maria ainda teve outra passagem curiosa para contar. Ela também não sabia que Janderson havia levado o cartão vermelho na comemoração do seu gol. "O Janderson eu só fui perceber que ele foi expulso no finalzinho do jogo (risos). Saí do jogo, abri o Instagram e vi que ele tinha sido expulso. Falei: 'Quando é que foi isso?'", relatou a torcedora.

O primeiro gol, de Everaldo, foi marcado aos dois minutos do primeiro tempo. O de Janderson ainda no primeiro minuto da segunda etapa.

Veja mais em: Fiel Torcedor, Arena Corinthians, Campeonato Paulista e Corinthians x Santos.

Veja Mais:

  • Vagner Love teve uma passagem discreta pelo futebol francês

    Quarteto ligado ao Corinthians aparece em lista de piores brasileiros que atuaram na França; confira

    ver detalhes
  • Ex-candidato à presidência fala em possibilidade de rebaixamento do Corinthians

    [Marco Bello] Ex-candidato à presidência fala em possibilidade de rebaixamento do Corinthians

    ver detalhes
  • Apito amigo? Arbitragem de Amarilla não sai da cabeça da Fiel até hoje

    1º de abril! Meu Timão esclarece oito grandes mentiras que rivais contam sobre o Corinthians

    ver detalhes
  • Deco teve excelente passagem pelo Fluminense na reta final de sua carreira

    Ex-jogador de Portugal revela que quase voltou ao Corinthians antes de boa passagem pelo Brasil

    ver detalhes
  • TV Globo informa que não adiantará última cota do Campeonato Paulista pelo surto do coronavírus

    Corinthians 'deixa de arrecadar' com Paulistão após decisão da TV Globo durante quarentena

    ver detalhes
  • Técnico aprovou desempenho de sua equipe na primeira fase do NBB

    Técnico do Corinthians admite oscilação, mas faz balanço positivo da campanha no NBB

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: