Algoz do Corinthians em 2015, atacante do Guaraní relembra motivação extra por declaração de diretor

5.1 mil visualizações 47 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Janikian deu entrevista polêmica e motivou os paraguaios

Janikian deu entrevista polêmica e motivou os paraguaios

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Em semana de reencontro para Corinthians e Guaraní, do Paraguai, a eliminação alvinegra na Libertadores de 2015 volta à tona. No plantel que encara os paraguaios nesta quarta em busca de uma vaga na fase de grupos, há cinco remanescentes daquelas duas partidas. Do outro lado, só o atacante Fernando Fernández, autor de um dos gols de sua equipe, permanece. E ele não esquece de uma coisa.

Antes do duelo decisivo há cinco anos, o ex-diretor Sérgio Janikian deu entrevista polêmica, classificando o Guaraní como um "presente de Deus" por conta do favoritismo do Timão. Isso serviu de combustível para os adversários.

"Foi muito difícil porque todos nos tratavam como uma equipe pequena, quase de categoria inferior. Saiu um vídeo de um gerente, algum diretor dizendo "que sorte que vamos enfrentar o Guaraní e não outra equipe". Então, isso nos motivou e nos encheu de força, nos levantou para ganhar. Quando vimos esse vídeo, nosso sangue ferveu, como dizem por aqui. E por isso queríamos ganhar, para mostrar que não éramos um time pequeno. Se não ganhássemos, pelo menos queríamos mostrar que éramos fortes e que não seria fácil para eles", relembrou Fernández, em entrevista ao GloboEsporte.com

"Não houve uma preleção do nosso técnico para falar disso, mas o vídeo foi algo que os jogadores viram sozinhos e, a partir disso, nos motivamos mais. Hoje, sei que nos respeitam mais, como nós a eles, também, como sempre fazemos", completou.

Leia também:
Corinthians relaciona 20 jogadores para viagem ao Paraguai e estreia na Libertadores
Corinthians encerra preparação para encarar Guaraní na Pré-Libertadores; veja provável escalação
Esqueça 2015: como chega o Guaraní para o duelo contra o Corinthians desta quarta-feira

Naquela oportunidade, vale lembrar, o Corinthians deu adeus à Libertadores com dois resultados negativos. Primeiro, perdeu no Paraguai por 2 a 0. Depois, não conseguiu reverter em casa, teve jogadores expulsos e acabou derrotado diante da Fiel, desta vez por 1 a 0. A Arena também traz lembranças ao atacante.

"Sim, me lembro muito bem de lá. O estádio cheio nos impulsionou muito. Temos condições de fazer aquilo de novo", concluiu.

Corinthians e Guaraní começam a decidir vaga na terceira fase preliminar da Libertadores nesta quarta-feira, às 21h30, em Assunção, no Paraguai. O jogo de volta acontece uma semana depois, em Itaquera.

Presente de Deus é a Live do Meu Timão! Falamos sobre Libertadores e muito mais

Veja mais em: Libertadores da América.

Veja Mais:

  • Apito amigo? Arbitragem de Amarilla não sai da cabeça da Fiel até hoje

    1º de abril! Meu Timão esclarece oito grandes mentiras que rivais contam sobre o Corinthians

    ver detalhes
  • TV Globo informa que não adiantará última cota do Campeonato Paulista pelo surto do coronavírus

    Corinthians 'deixa de arrecadar' com Paulistão após decisão da TV Globo durante quarentena

    ver detalhes
  • Técnico aprovou desempenho de sua equipe na primeira fase do NBB

    Técnico do Corinthians admite oscilação, mas faz balanço positivo da campanha no NBB

    ver detalhes
  • Quatro dos 11 patrocinadores do uniforme do Corinthians paralisaram os pagamentos em meio ao coronavírus

    Corinthians vê quatro patrocinadores suspenderem pagamentos por conta do coronavírus

    ver detalhes
  • O primeiro rolê da história na nova Avenida Corinthians

    VÍDEO: O primeiro rolê da história na nova Avenida Corinthians

    ver detalhes
  • Maycon usou o CT para se recuperar de cirurgia

    Maycon agradece o Corinthians por tratamento de lesão grave no CT Joaquim Grava

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: