Gabriel lamenta nova derrota e conta o que o Timão precisa melhorar para avançar na Libertadores

1.5 mil visualizações 52 comentários Comunicar erro

Gabriel foi titular do Corinthians na derrota para a Internacional de Limeira neste domingo

Gabriel foi titular do Corinthians na derrota para a Internacional de Limeira neste domingo

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Com a difícil missão de esquecer o importante compromisso pela Pré-Libertadores na próxima quarta-feira, o Corinthians enfrentou a Internacional de Limeira neste domingo e perdeu por 1 a 0, na Arena, em Itaquera, pela quinta rodada do Campeonato Paulista.

Após o revés corinthiano, o volante Gabriel lamentou o resultado e falou até em "falta de confiança" dos jogadores do Timão com as chances perdidas durante a partida. O camisa 5 alvinegro também destacou a pressão importa pelo time de Tiago Nunes.

"Logicamente que, quando a gente começa a criar, criar, criar e não fazer, acaba desgastando, acaba que a equipe perde um pouco a confiança. Mas isso faz parte do jogo. Contra o Botafogo-SP, nós conseguimos criar e fazer os gols. Já nas outras partidas, a gente vem criando bastante e, não jogando a responsabilidade para os atacantes, até porque tem chance de gol com o volante, tem chance de gol com o lateral, com o atacante, com o meia, a própria cabeceada do Bruno, do zagueiro, então é chamando todo mundo para o mesmo barco. Mas tenho certeza que quarta nós vamos reverter essas chances criadas em gol para sair com a classificação", analisou.

Leia também:
Titular na Libertadores? Piton prega cautela e quer Corinthians 'em cima' do Guaraní
Corinthians divulga primeira parcial de ingressos vendidos para decisão contra o Guaraní
Torcida do Corinthians distribui notas baixas e lateral é o pior de revés na Arena; volante se salva

Diante das dificuldades apresentadas pelo Corinthians nos últimos jogos, Gabriel contou o que a equipe precisará fazer para eliminar o Guaraní-PAR da Pré-Libertadores. Como não poderia ser diferente, o atleta pediu para o grupo tomar decisão melhores no último terço do campo.

"Talvez nosso time precisa escolher melhor a jogada. Ao invés de uma finalização, dar um passe; ao invés de dar o passe, finalizar. Depende da chance que for criada. Não cheguei a ver ainda, mas acho que o lance do Everaldo, com dois, três minutos de jogo, teve um toque nele ali que o Claus não deu o pênalti, mas também não sei se foi ou não. Mas também foi uma chance clara de gol que, talvez, se realmente foi o pênalti, fosse marcado, seria diferente a partida. Até porque, quando a gente sai na frente, o próprio adversário já tem que mudar a proposta. Mas acho que é isso, escolher melhor a definição da jogada para reverter em gols e os resultados virem mais naturalmente", concluiu.

Veja mais em: Gabriel, Arena Corinthians, Campeonato Paulista e Libertadores da América.

Veja Mais:

  • Volante Éderson foi o último reforço anunciado pelo Corinthians nesta temporada

    Éderson detalha nova rotina durante quarentena e comenta concorrência no Corinthians: 'Problema bom'

    ver detalhes
  • Arena Corinthians já registrou 200 jogos do Timão em sua história

    Confira se você sabe tudo da história dos jogadores na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • A reviravolta na possível contratação de Felipe Prior pelo Corinthians

    VÍDEO: A reviravolta na possível contratação de Felipe Prior pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Casuals terminou o torneio na 19ª colocação, um ponto acima da zona de rebaixamento

    Corinthian-Casuals se 'salva' do rebaixamento na sétima divisão inglesa por causa do coronavírus

    ver detalhes
  • Multicampeão pelo Corinthians, Sheik se aposentou em 2018

    Sheik relembra final da Libertadores e admite erro em polêmica com Dudu: 'Passei do limite'

    ver detalhes
  • Emerson não se vê mais como dirigente de futebol

    Sheik relembra dificuldades financeiras do Corinthians e afasta chance de voltar a ser dirigente

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: