Fuller comenta vitória e fala sobre cobrança da torcida: 'Não estou jogando em clube pequeno'

1.5 mil visualizações 15 comentários Comunicar erro

Por Giovana Duarte e Vitor Chicarolli, no Parque São Jorge

Armador do Corinthians, Fuller chegou ao Parque São Jorge em 2018

Armador do Corinthians, Fuller chegou ao Parque São Jorge em 2018

Agência Corinthians

O Corinthians voltou a vencer pelo NBB. O Timão derrotou o Rio Claro, em casa, por 88 a 79. As duas derrotas consecutivas, que antecederam o duelo da última terça-feira, geraram manifestação da torcida corinthiana na saída da equipe para o intervalo. Ao fim do duelo, o armador Fuller, uma das principais peças da equipe alvinegra, conversou com a reportagem do Meu Timão e falou sobre a atitude dos torcedores. O atleta, que chegou ao Corinthians em julho de 2018, afirmou entender as cobranças pela grandeza do clube, mas ressaltou que sempre busca o seu melhor dentro de quadra.

"Quando você joga pelo melhor clube do mundo, tem momentos bons, quando você ganha, e tem momentos ruins, quando você perde. Eu sei disso e todo mundo sabe disso. Se tem um cara que joga comigo e pode dar mais, então vamos cobrar pra ele dar mais", explicou.

"Eu vou jogar da mesma maneira. Eu vou deixar tudo na quadra, vou fazer de tudo para ganhar. E sei que se nós não ganharmos, pelo menos dei tudo de mim. Mas isso é Corinthians, né? Eles vão cobrar. E, ah, Corinthians é Corinthians. Isso é isso. Não estou jogando em clube pequeno, eu estou jogando no melhor clube do mundo", completou o armador corinthiano.

Leia também: Nesbitt destaca dedicação do Corinthians após liderar importante vitória contra o Rio Claro, no NBB

Fuller ainda buscou destacar o triunfo contra o Rio Claro para a sequência da temporada. A vitória resultou no terceiro triunfo da equipe no ano. Agora, o Timão soma três vitórias e três derrotas em 2020.

"É muito importante. Nós precisamos voltar a ter calma para continuar jogando, precisamos de confiança. Nós estávamos numa fase muito ruim, mas eu espero que esse jogo sirva para levantar nossa cabeça. E agora, vamos jogar", disse.

O corinthiano também elogiou David Nesbitt, que marcou 27 pontos e foi extremamente importante no reencontro do Corinthians com a vitória. Para Fuller, o Timão tem uma equipe eficiente, capaz de se adaptar às dificuldades da cada partida.

"Nós temos um time em que todo mundo pode jogar, todos os jogadores. Tem dias que vão me marcar e eu preciso passar a bola, eu não posso forçar a bola, sabe? E aí entra o time. Passei para o Nesbitt e ele acabou com eles por isso. No próximo jogo, vão marcar ele, e quando isso acontecer, nós vamos procurar por alguém que esteja livre e vamos seguir dessa maneira. Então é isso, temos um time que é muito bom em todos os setores e, no próximo jogo, vamos ver como eles vão jogar e vamos nos ajustar a isso", explicou o armador alvinegro.

Em sétimo lugar no NBB, o Corinthians volta a entrar em quadra neste final de semana. No sábado, o Timão enfrenta o Pinheiros, às 12h50, no Ginásio Henrique Villaboim, na capital paulista.

Veja mais em: Basquete.

Veja Mais:

  • Manoel, Urso, Sornoza e Clayson deixaram o Corinthians em 2020

    Corinthians corta mais de R$ 5 milhões com saídas e enxuga folha salarial em 2020

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel convoca torcedores do Corinthians para protesto no CT Joaquim Grava nesta quarta-feira

    Gaviões da Fiel convoca protesto no CT por momento ruim do Corinthians na temporada; veja detalhes

    ver detalhes
  • Volante Éderson participou pela primeira vez da atividade no CT Joaquim Grava

    Com a presença de Éderson, Corinthians inicia preparação para duelo contra o Santo André

    ver detalhes
  • Corinthians volta a campo na quarta-feira, contra o Santo André

    Duelo contra o Santo André, clássico no feminino e rodada no NBB marcam a semana do Corinthians

    ver detalhes
  • Segunda Chance

    [Marco Bello] Segunda chance

    ver detalhes
  • Boselli já balançou a rede cinco vezes no ano e tem tido ao menos uma chance por jogo

    Boselli reflete sobre 'incerteza' em meta de gols no Corinthians, mas mantém confiança

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: