Corinthians supera Avaí-Kindermann e vence a primeira partida da temporada na Fazendinha

11 mil visualizações 78 comentários Comunicar erro

Na Fazendinha, as corinthianas venceram a segunda do Brasileiro

Na Fazendinha, as corinthianas venceram a segunda do Brasileiro

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Corinthians 2 X 1 Kindermann

Brasileiro Feminino 2020
13 de fevereiro de 2020, 20:30
Corinthians 2 x 1 Kindermann
Fazendinha

Na noite desta quinta-feira, o Corinthians fez sua estreia na Fazendinha na temporada de 2020. Com boas atuações e muita troca de passes, o Timão pressionou o Avaí-Kindermann e venceu por 2 a 1 a partida válida pelo Brasileiro. Os gols, cabe acrescentar, foram marcados por Adriana e Vic Albuquerque.

Depois de estrear no campeonato fora de casa e com vitória por 3 a 1 diante do Palmeiras, o Timão fez seu primeiro jogo na Fazendinha. Apesar de dominar a partida, trocar muitos passes e pressionar, o Timão só conseguiu abrir o placar no segundo tempo, de pênalti, com Adriana. Pouco depois, em belo chute cruzado de Vic Albuquerque, o placar foi ampliado.

Agenda alvinegra: o Timão volta a campo na próxima segunda-feira, novamente na Fazendinha. Pelo Campeonato Brasileiro, as alvinegras recebem o Audax, às 20h30.

Escalação!

Arthur Elias escalou o Timão para o primeiro jogo do ano em casa com Lelê, Paulinha, Pardal, Érika, Juliete, Gabi Zanotti, Andressinha, Poliana, Tamires, Giovanna Crivelari e Vic Albuquerque.

Escalação Feminino contra Avaí-Kindermann

Meu Timão

O Avaí-Kindermann, por sua vez, começou o jogo com Barbara, Bruna, Tuani, Zoio, Sthephanie, Adailma, Julia, Catyellen, Thaini, Camila e Simeia.

Como foi o jogo?

Primeiro tempo

Na primeira jogada de perigo do Timão, com um minutos de jogo, Tamires cobrou lateral com Vic Albuquerque, que acionou Zanotii. A camisa 10 ajeitou para Andressinha, que chegou batendo, mas mandou a bola pro cima do gol. Esse foi o único lance de perigo nos minutos iniciais, que marcaram boa troca de passes das corinthianas.

Com 13 minutos de jogo, Tamires quase marcou o primeiro do Timão. A camisa 37 recebeu belo passe de Zanotti dentro da área, se livrou da marcadora e bateu com força, a bola explodiu na trave e voltou nos pés de Tuani, que afastou o perigo. Na sequência, Juliete foi quem recebeu dentro da área, mas foi flagrada em impedimento.

Aos 17 minutos, Andressinha cobrou a falta na área e a defesa falhou, mas Érika não alcançou a bola e ela saiu pela linha de fundo em tiro de meta.

Mesmo com a boa troca de passes e domínio do jogo, as corinthianas encontraram dificuldades em vazar a defesa do Avaí-Kindermann, que se postou muito bem nos minutos iniciais. Com 26 minutos, Tamires tentou a cobrança de falta direto no gol, mas Barbara fez a defesa.

Com 30 minutos, Zanotti roubou a bola no meio de campo e acionou Tamires. As corinthianas trocaram passes até que Poliana cruzou e a goleira afastou o perigo de soco. A bola ainda sobrou com Vic Albuquerque, que chutou de fora da área, mas para fora.

Aos 33 minutos, em cobrança de escanteio, a bola ficou viva na área corinthiana depois da defesa de Lelê e Julia finalizou com força, mas em cima de Érika, que afastou o perigo. Nos dez minutos finais, o Timão seguiu trocando passes e pressionando, mas mesmo assim não conseguiu tirar o 0 a 0 do placar.

Segundo tempo

O Timão começou o segundo tempo pressionando as adversárias. Vic Albuquerque sofreu a falta e levantou a bola na área na cobrança e a sobra ficou com Tamires, que foi derrubada em nova falta. Na segunda cobrança, a goleira afastou parcialmente o perigo com soco e Crivelari ficou com a sobra. A goleira estava fora da meta e a corinthiana tentou de primeira, mas mandou por cima.

A exemplo do primeiro tempo, os primeiros minutos da etapa complementar foram de boas trocas de passes e pressão, mas as alvinegras seguiram sem conseguir chegar com muito perigo ao gol adversário. Para tentar mudar o cenário, Arthur Elias fez duas alterações no Timão: saíram Paulinha e Juliete para as entradas de Gabi Portilho e Adriana.

Aos 20 minutos, Gabi Zanotti recebeu o passe na entrada da área, limpou a jogada e bateu alto e com força, mas a goleira adversária fez a defesa em dois tempos.

Com 22 minutos, Adriana recebeu belo passe, invadiu a área e quando ia se livrando da marcação foi derrubada com falta. Pênalti bem cobrado e convertido. 1 a 0 para o Timão! A atleta, que ficou nove meses em recuperação, voltou a balançar as redes e se emocionou na comemoração.

Adriana voltou a marcar pelo Corinthians depois de dez meses

Adriana voltou a marcar pelo Corinthians depois de dez meses

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Logo após o gol, Arthur Elias mudou mais uma vez e colocou Grazi no lugar de Andressinha.

Aos 30 minutos, Grazi chegou perto de ampliar. Gabi Portilho fez boa jogada e cruzou a bola na área para Adriana, que atrasou para Grazi. A camisa 7 bateu forte e alto e a bola passou raspando o travessão.

Com 40 minutos, Vic Albuquerque marcou o dela! As corinthianas trocaram belos passes na entrada da área e Gabi Zanotti acionou a camisa 17 pela direita. Vic bateu cruzado e a goleira caiu para fazer a defesa, mas não alcançou a bola. 2 a 0 para o Corinthians.

No último lance de jogo, o Avaí-Kindermann conseguiu diminuir a diferença. Na cobrança de falta, a bola foi desviada e entrou no canto do gol, sem chances de defesa para Lelê.

Ficha técnica de Corinthians 2 x 1 Kindermann

Competição: Campeonato Brasileiro Feminino
Local: Estádio Alfredo Schürig, São Paulo, SP
Data: 13 de fevereiro de 2020 (quinta-feira)
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Ilbert Estevam da Silva
Assistentes: Patrícia Carla de Oliveira e Liliane Aparecida Galindo
Gols: Victória Albuquerque, Adriana (Corinthians); e Pardal (gol contra) (Kindermann)
Cartões amarelos: Giovanna Crivelari (Corinthians); Tauane (Kindermann)

CORINTHIANS: Lelê; Paulinha (Gabi Portilho), Pardal, Erika e Juliete (Adriana); Andressinha (Grazi), Gabi Zanotti, Poliana e Tamires; Giovanna Crivelari e Victória Albuquerque.
Técnico: Arthur Elias

KINDERMANN: Barbara; Bruna, Tuani, Tauane e Sthephanie (Juliana); Adailma e Julia; Catyellen, Thaini e Camila (Soraya) (Karina); Simeia.
Técnico: Jorge Luiz Barcellos Martins

Veja mais em: Corinthians feminino.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia: