Ralf desabafa em primeira entrevista após saída do Corinthians: 'Tratado como qualquer um'

31 mil visualizações 505 comentários

Por Meu Timão

Ralf falou com tristeza sobre o adeus ao Corinthians

Ralf falou com tristeza sobre o adeus ao Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Uma das primeiras medidas de Tiago Nunes no Corinthians foi polêmica: o treinador abriu mão dos experientes Jadson e Ralf para a temporada. Sem espaço, então, o volante não demorou a entrar em acordo por uma rescisão. Um mês depois da oficialização de seu adeus, o camisa 15 revelou toda a mágoa com o que aconteceu no início do ano.

Entre os grandes ídolos da história recente do Timão, o jogador disse ter sido avisado sobre a opção do novo comandante somente na véspera da reapresentação ao CT Joaquim Grava. Segundo ele, o gerente de futebol Vilson ligou para fazer o comunicado na noite anterior ao retorno do elenco aos trabalhos.

"Desliguei e fiquei pensando. Chateado e pensando. Não me preparei, não me prepararam. Se me avisam antes, um mês antes...O treinador já estava há dois meses acertado com o clube e sabia com quem poderia contar. Podia me falar: "Você não está nos planos". Beleza. Mas assim? "Amanhã você não vai se reapresentar". Não me deram oportunidade de nada, ele não me conhece. Mas respeito o treinador, a opinião dele", afirmou, em entrevista ao GloboEsporte.com.

"Não quer contar com o Ralf? Beleza. Mas eu tenho uma história no clube, não é assim. A gente entende a filosofia de trabalho, mas não era para me tratar como se eu fosse qualquer um", completou.

Leia também: Queda na Liberta não afeta orçamento do Corinthians, que busca ajustes para evitar déficit em 2020

Antes mesmo do adeus do atleta, cabe destacar, a direção alvinegra afirmou ter avisado sobre a decisão de Tiago Nunes ainda em novembro do ano passado. Os agentes do jogador de fato receberam o aviso, mas não repassaram a Ralf na esperança de que ele revertesse a situação nos treinos.

"Ele foi comunicado (um dos agentes), mas a mim diretamente não foi passado isso, me pegou de surpresa. O que falaram era que o treinador tinha a filosofia dele e que o Ralf não estava nos planos. Mas não foi falado para mim diretamente. Uma coisa é falar para o meu agente, mas o profissional sou eu", acrescenta.

"Eu esperava essa ligação no dia da reapresentação, de serem honestos comigo, falarem diretamente comigo, como homem. Hoje já não espero essa ligação", lamenta.

Em busca de um novo clube, Ralf deixou seu futuro em aberto até mesmo para rivais do Corinthians. Na sua visão, o adeus deste início de temporada lhe abre essa porta, sem magoar a torcida.

"Pela forma como saí, hoje acho que entenderiam. Se fosse de outra forma, não entenderiam. Mas da forma como foi... Não que fui chutado, mas da forma como eu saí. O pessoal veria a parcela que eu contribuí, veria que sou um eterno grato ao Corinthians, mas entenderia o meu profissionalismo", concluiu.

Ralf, vale destacar, deixou o Timão após duas passagens. Ao todo, o volante tem 437 partidas, dez gols marcados e oito títulos: foi tricampeão paulista (2013, 2018 e 2019), bicampeão brasileiro (2011 e 2015), campeão da Libertadores da América (2012), da Recopa (2013) e do Mundial de Clubes (2012).

Veja mais em: Ralf, Ex-jogadores do Corinthians e Ídolos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Gabriel marcou o gol de empate do Corinthians diante do Palmeiras

    Corinthians melhora no segundo tempo e empata com o Palmeiras pelo Brasileirão

    ver detalhes
  • Mosquito no Dérbi entre Corinthians e Palmeiras, no Allianz Parque, pelo Brasileirão

    Mosquito se destaca e é o melhor do Corinthians em empate no Dérbi; reserva é o pior

    ver detalhes
  • Sylvinho comandou seu primeiro Dérbi, no Allianz Parque, pelo Brasileirão

    Fiel destaca melhora do Corinthians com Sylvinho e exalta volantes; veja repercussão após empate

    ver detalhes
  • Volante Camacho negocia sua ida ao Santos; atleta está fora da partida contra o Palmeiras

    Camacho é liberado de clássico contra o Palmeiras; jogador negocia ida ao Santos

    ver detalhes
  • Sylvinho fez sua estreia em clássicos como técnico do Corinthians em Dérbi deste sábado

    Sylvinho elogia postura do Corinthians após gol sofrido e valoriza atletas: 'Vejo muito que querem'

    ver detalhes
  • Tite é um dos ídolos da história do Corinthians e comanda a Seleção neste domingo

    [Publi] Com quatro ex-Corinthians, Seleção estreia na Copa América como favorita em casas de apostas

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x