Volante do Corinthians admite ansiedade por próximo jogo, mas valoriza intervalo e projeta folga

2.4 mil visualizações 28 comentários Comunicar erro

Por Andrew Sousa e Rodrigo Vessoni, no CT Joaquim Grava

Gabriel destacou tempo disponível para treinar antes da próxima partida

Gabriel destacou tempo disponível para treinar antes da próxima partida

Rodrigo Gazzanel/ Ag. Corinthians

Pressionado pela falta de vitória nos últimos três jogos, o Corinthians só volta a entrar em campo daqui a mais de uma semana, no dia 7 de março. Apesar da ansiedade para jogar logo e tentar a recuperação no Campeonato Paulista, Gabriel valorizou o período que o elenco terá para treinar.

"O jogo poderia ser hoje, mas o calendário nos deu esse descanso, essa folga, esse tempo a mais de preparação. Temos que usar isso a nosso favor, nos aspectos físico, tático e de concentração. Você está ligado aos adversários, isso te deixa atento nos treinos para a gente cobrar o companheiro no treino", pontuou, em entrevista concedida nesta quinta-feira.

"Bato na tecla do resultados, temos que ir atrás para eles vierem de um jeito ou de outro, mas com organização e treino. Esses dias vão nos dar isso, pra chegarmos fortes diante do Novorizontino", completou.

Leia também: Gabriel sobre uma queda do Corinthians antes do mata-mata: 'Não passa na cabeça, seria uma tragédia'

Com oito dias pela frente antes do confronto, o elenco do Timão ganhou duas folgas e só volta ao CT Joaquim Grava nesta segunda-feira. Após admitir que vai assistir aos jogos dos times do grupo alvinegro, que podem colocar o Corinthians na lanterna, Gabriel projetou descanso para o sábado e domingo sem treino.

"Focado, descansando de uma certa maneira, mas se concentrando, podendo ver o que a gente precisa melhorar, o que preciso fazer e melhorar para encaixar melhor na equipe. Procuro ficar reservado, ficar com a família e realmente focar. Isso é minha vida, meu ganha-pão, o que sustenta minha família. Me concentro e no descanso fico focado também no trabalho para fazer o meu melhor", concluiu.

Até o momento, vale destacar, o Corinthians ocupa a segunda colocação do Grupo D, com apenas nove pontos em oito jogos disputados. Dependendo dos resultados da rodada (todos os times da chave ainda jogam), a equipe alvinegra pode cair para a lanterna.

Veja mais em: Gabriel, Treino do Corinthians e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Malcom chegou ao Zenit, da Rússia, em agosto de 2019

    Ex-Corinthians, Malcom relembra 'momento delicado' em 2019 e detalha adaptação ao Zenit, da Rússia

    ver detalhes
  • Presidente Andrés Sanchez é quem baterá o martelo em relação ao que será feito com os salários durante a paralisação

    Corinthians estuda medidas em relação a salários de atletas e funcionários; saiba as possibilidades

    ver detalhes
  • Candidato na última eleição, Felipe Ezabella pode apoiar Mário Gobbi neste ano

    Conselheiro projeta dívida de R$ 1 bilhão e admite que Gobbi pode ser candidato único da oposição

    ver detalhes
  • Mauro Boselli é um dos destaques do Corinthians neste início de temporada

    Boselli comenta possível redução de salário em meio ao surto do coronavírus: 'O mais justo possível'

    ver detalhes
  • Os desafios de Tiago Nunes no Corinthians

    [Mayara Munhoz] Os desafios de Tiago Nunes no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians escolheu gol de Fábio Santos contra o Emelec

    Corinthians aceita novo desafio e posta golaços de ex-jogadores que estão no Atlético Mineiro; veja

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: