Preparador de goleiros do Corinthians reencontra Cássio após 13 anos: 'Construiu o que eu esperava'

4.1 mil visualizações 16 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Contratado pelo Corinthians na reta final do ano passado para assumir a equipe alvinegra no início de 2020, Tiago Nunes trouxe novos profissionais para sua comissão técnica. Uma das caras novas é o preparador Marcelo Carpes. Mesmo com pouco tempo de casa, ele tem uma longa história com Cássio, seu novo comandando.

Com passagem por Sapucaense, Juventude, Internacional, Caxias do Sul, Luverdense, Chapecoense e Querétaro, do México, o profissional trabalhou com o arqueiro do Timão em 2003, nas categorias de base do Grêmio, onde o camisa 12 fez sua formação.

"Fiquei muito feliz quando soube que viria ao Corinthians. Muito feliz por voltar a trabalhar com o Cássio. Trabalhei com ele no Sub-17 do Grêmio, em 2003. Hoje é um homem, na época era um adolescente, mas sempre foi esse cara descontraído, querido por todos e muito profissional. Goleiro de imposição, muita personalidade. Eu esperava dele o que ele construiu pelo seu perfil, forma como ele encarava a vida e tratava as pessoas", relembrou, em vídeo publicado pela Corinthians TV - veja abaixo.

"Conheci o Marcelo no Grêmio, onde fiz toda minha base. Ele veio de um time do interior e começamos a trabalhar. Foi um cara que me ajudou muito a evoluir e crescer. Foi uma transição que me ajudou. Cobra muito, detalhista. Naquele momento, me ajudou a evoluir", acrescentou Cássio.

Leia também:
Recuperado de lesão, zagueiro Danilo Avelar volta a treinar com bola no CT do Corinthians
Tiago Nunes ajusta 'falhas', e Corinthians já treina de olho no Novorizontino

Depois de auxiliar o goleiro do Corinthians na transição para o profissional, ainda no Grêmio, Marcelo agora tem outra tarefa importante. Com Tiago Nunes, Cássio tem que jogar mais com os pés e tem trabalhado muito essa parte durante os treinos.

"A gente precisa trabalhar dentro da ideia de jogo para deixar ele o mais pronto possível para ajudar a equipe. E ajudar de todas as formas. Defesas, saídas do gol, reposições largas e curta, transição ofensiva e defensiva. Vejo o goleiro muito junto do restante do grupo. Não tem mais como separar. Tem que trabalhar a real situação do que ele vai passar no jogo", destacou.

"Trabalhar mais com o pé, sair jogando. A evolução tem sido boa, mas tem muito para crescer. Acredito que estamos no caminho certo e tenho total confiança que teremos um ano muito bom", concluiu o camisa 12.

Confira o vídeo publicado pela Corinthians TV

Veja mais em: Cássio e CT Joaquim Grava.

Veja Mais:

  • Malcom se mostra otimista por sequência do Corinthians em 2020

    Ao Meu Timão, Malcom detalha pandemia na Rússia e diz ser questão de tempo para Corinthians engrenar

    ver detalhes
  • Araos é um dos pedidos de contratação de Sampaoli, do Atlético-MG

    Meia corinthiano entra na mira do Atlético-MG a pedido de Sampaoli, diz portal

    ver detalhes
  • [Rafael Castilho] Como você faz falta, Corinthians!

    ver detalhes
  • Corinthians define logo que será utilizado na celebração dos 110 anos do clube

    Corinthians define logo que será utilizado na celebração dos 110 anos do clube

    ver detalhes
  • Cria do Corinthians, Caíque França segue emprestado ao Oeste

    Caíque França comenta preparação durante quarentena e destaca importância de empréstimo ao Oeste

    ver detalhes
  • Ramiro doa 50 cestas básicas para cidade natal em combate ao coronavírus

    Coronavírus: gesto de corinthiano Ramiro e cerca de cem mortes marcam sexta-feira no Brasil

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: