Elenko Sports divulga nota oficial sobre negociações com jogadores do Corinthians

46 mil visualizações 408 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Clayson também tem ligação com a Elenko Sports aumentando o número do levantamento para 53 jogadores

Clayson também tem ligação com a Elenko Sports aumentando o número do levantamento para 53 jogadores

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Quatro dias após a publicação de matéria aqui no Meu Timão que mostrou a ligação de 52 jogadores do Corinthians com a Elenko Sports, a empresa divulgou uma nota oficial com esclarecimentos sobre a situação. Após grande repercussão na imprensa, Fernando Garcia, dono da Elenko, fez declarações sobre o momento político do Timão e deu explicações sobre alguns nomes negociados com o clube.

Na nota oficial, a empresa ainda lembra um nome esquecido no levantamento pela reportagem do Meu Timão: o atacante Clayson, atualmente no Bahia. Com isso, são 53 jogadores nos últimos dez anos. Ainda na parte que diz respeito aos atletas, Fernando Garcia explica que alguns nomes teriam optado por "mudar para Elenko por conta do trabalho apresentado por nossa empresa ao longo desses anos" quando já estavam no Timão.

Na lista de atletas divulgada pela empresa, chamam atenção alguns jogadores e situações envolvendo outras empresas ligadas a Fernando Garcia. A Elenko Sports também revela que teria feito o papel do Corinthians em negociações, e não dos jogadores. Veja abaixo:

  • Marlone: a empresa diz que nunca representou o atleta e que apenas recebeu comissão da Penapolense na transferência ao Corinthians por causa da Luís Fernando Assessoria Esportiva, que também pertence a Fernando Garcia;
  • Mendoza: a empresa diz que a Elenko Sports participou apenas da venda do atleta;
  • Walter: a empresa diz que não representa o goleiro, mas que intermediou a renovação representando o Corinthians;
  • Cléber Reis: a empresa diz que não foi a Elenko Sports que intermediou a transferência do atleta ao Corinthians, mas sim a Luís Fernando Assessoria Esportiva, que também pertence a Fernando Garcia;

No restante dos nomes citados, a empresa diz que atualmente não é representante do atleta ou que representou após a chegada ao Corinthians. É importante esclarecer que no levantamento publicado pelo Meu Timão está claro que os 52 nomes possuem "alguma ligação com a Elenko Sports e/ou seus proprietários nesta última década" e não apenas no momento da transferência do atleta ao Corinthians.

A nota oficial ainda faz acusações dizendo que "as referidas matérias têm objetivo claramente político para atingir a minha empresa e ao meu irmão, Paulo Garcia, que não é e nunca foi sócio da Elenko Sports" e que foi criada uma relação entre a empresa e Paulo Garcia "que não existe". O Meu Timão, mais uma vez, esclarece que a única vez em que Paulo Garcia foi citado na matéria foi apenas como irmão de Fernando e nenhuma outra ligação com os jogadores e/ou as negociações com o Corinthians. Por fim, o Meu Timão deixa claro que não se envolve com a política do clube a não ser em períodos eleitorais em que dá voz a todos os candidatos, como acontecerá no próximo pleito.

Confira a nota oficial da Elenko Sports na íntegra

"Em matérias publicadas recentemente pela imprensa dizendo que a Elenko Sports participou da chegada de 52 atletas ao Sport Club Corinthians Paulista, temos o dever de esclarecer:

Jamais fomos procurados pelos responsáveis pelas matérias para confirmar os nomes citados nas veiculações. Não houve apuração dos fatos.

As referidas matérias têm objetivo claramente político para atingir a minha empresa e ao meu irmão, Paulo Garcia, que não é e NUNCA foi sócio da Elenko Sports. Gostaria ainda de deixar bem claro que não sou sócio da Kalunga desde Julho de 2003, e que a Elenko Sports foi fundada somente em 30 de outubro de 2014. Assim, não condiz fazer um levantamento dos últimos dez anos, já que a empresa tem pouco mais de cinco anos.

Em um ano eleitoral, criaram uma relação entre Elenko Sports e Paulo Garcia que não existe, com o único objetivo de prejudicar a mim e a meu irmão. Pelos valores morais que aprendi em casa, essa situação só pode ser criada por pessoas que visam atingir o poder sem pensar nas consequências que tais informações incorretas possam causar.

Alguns atletas que chegaram ao Corinthians por meio de outros agentes decidiram mudar para Elenko por conta do trabalho apresentado por nossa empresa ao longo desses anos. Abaixo segue a lista que retrata a verdade.

Atletas que a Elenko não participou da chegada ao Corinthians e também não realizava a representação do jogador quando da sua chegada ao clube paulista:

Bruno Xavier (foi um parceiro)
Caetano
Douglas Volante
Marlone (nunca foi representado pela Elenko, a empresa recebeu uma comissão do CA Penapolense na transferência ao Corinthians, a LFA de Fernando Garcia tem direitos econômicos no CA Penapolense)
Maycon
Mendonza (Elenko participou somente na venda)
Sornoza
Walter (nunca fomos representantes até hoje, depois intermediamos a renovação representando o Corinthians e não o atleta)
Carlinhos (atualmente não somos representantes)
Guilherme Arana (atualmente não somos representantes)
Marciel (atualmente não somos representantes e intermediamos a renovação)
Renato Chaves (atualmente não somos representantes)
Rodinei (atualmente não somos representantes)
Adson (depois representamos o jogador)
Caíque França (depois representamos o jogador)
Claudinho (depois representamos o jogador)
Cleber Reis (depois representamos o jogador. Não foi a ELENKO e sim a LFA e GT que intermediaram o atleta ao Corinthians)
Edenílson (depois representamos o jogador)
Everaldo (depois representamos o jogador)
Filipe - Goleiro (depois representamos o jogador)
Gabriel Girotto (depois representamos o jogador e intermediamos a renovação)
Guilherme Mantuan (depois representamos o jogador)
Guilherme Romão (depois representamos o jogador)
Gustavo Mantuan (depois representamos o jogador)
Jocinei (depois representamos o jogador)
Leo Arthur (depois representamos o jogador)
Léo Jabá (depois representamos o jogador e intermediamos a venda)
Malcom (depois representamos o jogador)
Matheus Cassini (atualmente não somos representantes)
Matheus Pereira (depois representamos o jogador)
Moisés (depois representamos o jogador)
Rael (depois representamos o jogador)
Rafael Mascarenhas (depois representamos o jogador)
Rildo (depois representamos o jogador)
Rodrigo Oya (depois representamos o jogador)
Rodrigo Sam (depois representamos o jogador)
Rodrigo Varanda (depois representamos o jogador)

Lista de atletas intermediados ao Corinthians pela ELENKO:

André
Cauê Vinícius
Danilo Avelar
Gustavo Mosquito
Lucca
Matheus Alvarenga (Davó)
Matheus Jesus
Petros
Renê Junior
Roger (por meio de parceria)
Thiaguinho (por meio de parceria)
Uendel

Outros intermediados pela ELENKO e fora da matéria:

Clayson"

E mais: vídeo sobre a reviravolta com Davó e a lista inédita da Elenko Sports

Veja mais em: Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Quatro dos 11 patrocinadores do uniforme do Corinthians paralisaram os pagamentos em meio ao coronavírus

    Corinthians vê quatro patrocinadores suspenderem pagamentos por conta do coronavírus

    ver detalhes
  • Multicampeão pela base do Corinthians, Osmar Loss volta ao clube em diferente função

    Osmar Loss avalia trabalho de Tiago Nunes e comenta críticas contra base do Corinthians

    ver detalhes
  • Maycon usou o CT para se recuperar de cirurgia

    Maycon agradece o Corinthians por tratamento de lesão grave no CT Joaquim Grava

    ver detalhes
  • Malcom chegou ao Zenit, da Rússia, em agosto de 2019

    Ex-Corinthians, Malcom relembra 'momento delicado' em 2019 e detalha adaptação ao Zenit, da Rússia

    ver detalhes
  • Corinthians chegou mais longe do que o Flamengo com apenas 1/3 do dinheiro; dívida era sete vezes menor

    [Rodrigo Vessoni] Corinthians chegou mais longe do que o Flamengo com apenas 1/3 do dinheiro; dívida era sete vezes menor

    ver detalhes
  • Parque São Jorge deve ser palco de mais uma reunião do conselho deliberativo para aprovação das contas; data, porém, segue uma incógnita

    Balanço de 2019 do Corinthians não será antecipado apesar de MP; conselho do clube é priorizado

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: