Em semana seguinte a rara derrota, Arthur Elias revela conversa com elenco do Corinthians

7.4 mil visualizações 20 comentários Comunicar erro

Por Giovana Duarte e Rodrigo Vessoni

Arthur Elias afasta preocupação com o fim da sequência de 48 jogos invicto do Corinthians

Arthur Elias afasta preocupação com o fim da sequência de 48 jogos invicto do Corinthians

Danilo Fernandes/ Meu Timão

O Corinthians feminino viu o fim da sequência histórica de 48 jogos invicto contra o rival São Paulo, no último dia 29 de fevereiro. No entanto, em entrevista ao Meu Timão, no Parque São Jorge, neste domingo, o técnico Arthur Elias explicou que não vê a perda da invencibilidade como algo anormal para as mulheres do Timão.

"Como sempre, levando em consideração os aspectos psicológicos, um dos mais importantes na preparação de uma equipe, não tem uma diferença. A gente vem de um resultado que há muito tempo não acontecia, conversamos bastante, mostramos que o caminho segue o mesmo. Foi um resultado normal", disse o comandante alvinegro.

"O que seria anormal é a gente ter sido dominado pelo São Paulo, algum adversário ter controlado completamente o jogo e nos deixado sem criar, ou seja, ter feito um jogo muito abaixo. A gente fez um jogo um pouco abaixo no primeiro tempo, um segundo tempo melhor, em que criamos, no final do jogo, até mais chances do que o São Paulo. São coisas do futebol", completou.

No Corinthians desde 2016, no início da parceria do Timão com o Audax, Arhur Elias já conquistou títulos de Copa do Brasil, Libertadores (2), Brasileiro e Paulista, além de ter sido vice-campeão nacional na temporada passada. Para o treinador, além do crescimento da modalidade, o sistema de disputa do Brasileirão Feminino também é motivo para não se preocupar com a quebra da invencibilidade.

Leia também:
Embaixadora, Milene Domingues destaca treino aberto do Corinthians Feminino e exalta Fiel
Corinthians realiza treino aberto com base e profissional do feminino na Fazendinha; veja fotos
Corinthians cita diferentes categorias do futebol feminino e celebra Dia Internacional da Mulher

"O futebol feminino tem grandes equipes e, por isso, nos deixa muito orgulhosos esses resultados que conquistamos, essa invencibilidade muito grande que foi alcançada, mas, o resultado em si, não me preocupa porque o campeonato é muito longo. Ano passado a gente foi para a final e fizemos 26 pontos a mais do que a Ferroviária no campeonato e a Ferroviária foi campeã com dois empates. Então a pontuação também não é algo que nos preocupa pelo sistema de disputa da competição", explicou.

"Óbvio, a gente sabe o que precisa melhorar, o que a gente precisa construir na equipe para enfrentar essa competitividade maior e, principalmente, algumas situações que a gente já tem trabalhado para, já no próximo jogo, apresentar um futebol melhor", finalizou Arthur Elias.

O Corinthians Feminino é o atual terceiro colocado na tabela do Brasileirão, com nove pontos. O próximo duelo da equipe do Parque São Jorge é justamente contra o líder do campeonato, a Ferroviária, que tem 12 pontos na tabela.

E mais: mercado da bola feminino rendeu reforço inusitado ao Corinthians

Veja mais em: Corinthians feminino.

Veja Mais:

  • Volante Éderson foi o último reforço anunciado pelo Corinthians nesta temporada

    Éderson detalha nova rotina durante quarentena e comenta concorrência no Corinthians: 'Problema bom'

    ver detalhes
  • Arena Corinthians já registrou 200 jogos do Timão em sua história

    Confira se você sabe tudo da história dos jogadores na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • A reviravolta na possível contratação de Felipe Prior pelo Corinthians

    VÍDEO: A reviravolta na possível contratação de Felipe Prior pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Casuals terminou o torneio na 19ª colocação, um ponto acima da zona de rebaixamento

    Corinthian-Casuals se 'salva' do rebaixamento na sétima divisão inglesa por causa do coronavírus

    ver detalhes
  • Multicampeão pelo Corinthians, Sheik se aposentou em 2018

    Sheik relembra final da Libertadores e admite erro em polêmica com Dudu: 'Passei do limite'

    ver detalhes
  • Emerson não se vê mais como dirigente de futebol

    Sheik relembra dificuldades financeiras do Corinthians e afasta chance de voltar a ser dirigente

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: