Corinthians já jogou sem torcida em Libertadores e na campanha do tetra; relembre

1.4 mil visualizações 12 comentários Comunicar erro

Em 2013, Corinthians foi punido com a ausência de público em um dos jogos como mandante da Libertadores

Em 2013, Corinthians foi punido com a ausência de público em um dos jogos como mandante da Libertadores

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians terá neste domingo, contra o Ituano, na Arena, a sua primeira experiência sem torcida no novo estádio. Com a presença do público proibida por causa da escalada da pandemia do Covid-19, o Timão vai reviver situações que fizeram parte do seu cotidiano em alguns momentos deste século.

Novidade por termos sanitários, a ausência da Fiel (e da torcida adversária) ocorreu até em jogo da Copa Libertadores da América, além de marcar a campanha da equipe na conquista do tetracampeonato do Campeonato Brasileiro.

Em 2005, depois de levar uma goleada por 5 a 1 do São Paulo no estádio do Pacaembu, o Timão acabou punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com a realização de dois jogos fora da capital paulista e sem a presença de torcida.

Leia também:
Bragantino goleia o Água Santa e deixa Corinthians muito longe da liderança do grupo
Com portões fechados, Corinthians enfrenta Minas pelo NBB no Wlamir Marques; saiba tudo
Luan detalha suas características e faz autoavaliação sobre início de trabalho no Corinthians

O primeiro deles foi contra o Flamengo, vencido por 4 a 2 por uma garotada comandada pelo meia Roger. Sem Tevez, cedido à seleção argentina, e mais alguns desfalques por lesão, o Timão marcou duas vezes com um então jovem Jô, outra com Abuda e a última com o próprio camisa 7, um dos líderes daquela campanha.

O segundo foi frente ao Fluminense, concorrente direto ao título naquele momento. Depois de emendar uma série de cinco vitórias consecutivas, o Timão acabou sendo superado pelos cariocas por 1 a 0, gol do lateral Gabriel, filho de Wladimir, atleta com mais jogos na história do clube. Ambos os embates foram disputados em Mogi Mirim.

A última vez em que teve de lidar com isso foi em 2013. À época envolvido em grande tensão após a morte do garoto Kevin Espada na partida contra o San José, em Oruro, o Timão foi punido com a ausência de público no jogo seguinte, diante do Millonarios, no estádio do Pacaembu.

"Quebrada" por quatro torcedores que entraram com um pedido para ver o jogo acatado pela Justiça paulista, a punição deixou o Pacaembu com apenas esses quatro pagantes, imprensa e profissionais a trabalho na vitória corinthiana por 2 a 0, com gols de Guerrero e Alexandre Pato.

Veja mais em: Jogos Históricos e Retrospecto do Corinthians.

Veja Mais:

  • Zagueiro Pedro Henrique durante partida contra o Água Santa

    Pedro Henrique destaca bom momento individual e vê 'pressão exagerada' no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians anuncia promoção para sócios do Fiel Torcedor

    Corinthians anuncia promoção para Fiel Torcedor durante pandemia de Covid-19

    ver detalhes
  • A verdade sobre Romero que poucos falam no Corinthians

    VÍDEO: A verdade sobre Romero que poucos falam no Corinthians

    ver detalhes
  • Osmar Loss deseja enxugar base do Corinthians para melhoria nos treinamentos

    Osmar Loss revela intenção de reduzir o elenco sub-23 do Corinthians

    ver detalhes
  • Boselli vê Janderson com um futuro promissor no Corinthians

    Boselli comenta relação com garotos e revela conselho para Janderson evoluir no Corinthians

    ver detalhes
  • Ezabella se reúne com Mario Gobbi para viabilizar candidatura forte de oposição no Corinthians

    [Marco Bello] Ezabella se reúne com Mario Gobbi para viabilizar candidatura forte de oposição no Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: