Prejuízo da Arena Corinthians com coronavírus pode chegar a quase R$ 30 milhões se repetir a China

19 mil visualizações 150 comentários Comunicar erro

Arena Corinthians está fechada, assim como todos os outros segmentos do clube; prejuízo milionário por causa do Coronavírus

Arena Corinthians está fechada, assim como todos os outros segmentos do clube; prejuízo milionário por causa do Coronavírus

Rodrigo Vessoni/ Meu Timão

O Corinthians, como todos os clubes do país, será afetado pela paralisação do futebol brasileiro por conta do COVID-19, o novo coronavírus. O prejuízo financeiro total do clube ainda é difícil de calcular, mas já é factível fazer uma projeção em relação à Arena Corinthians.

É possível dizer que, a cada mês de paralisação, o prejuízo da Arena Corinthians será de cerca de R$ 6,7 milhões. A base para o cálculo da reportagem do Meu Timão é o histórico de arrecadação do estádio nas médias de bilheteria e das receitas paralelas aos jogos disputados em Itaquera.

O cálculo é o seguinte:

  • Bilheteria - a Arena foi inaugurada no dia 18 de maio de 2014. Nesta quarta-feira, o estádio completa 70 meses de existência, com uma receita bruta de venda de ingressos de R$ 357,7 milhões. Isso quer dizer que, mensalmente, a bilheteria rende R$ 5,1 milhões ao clube;
  • Outras receitas - a Arena tem uma arrecadação anual de R$ 20 milhões com outras receitas (Tour, camarotes, publicidade visual, estacionamentos, cadeiras cativas, lojas, casamentos, ensaios fotográficos, palestras, bares, restaurantes, academia, shows na parte externa, entre outros). Ou seja, mensalmente, esses eventos e parcerias geram, em média, mais R$ 1,6 milhão ao clube.

Se levar em consideração o período de parada de quatro meses do futebol na China, epicentro do COVID-19, o prejuízo da Arena Corinthians chegará a quase R$ 30 milhões, mais precisamente R$ 26,8 milhões.

Leia também: Comparamos quanto o Corinthians deixou de ganhar sem público na Arena; veja

Os primeiros casos do coronavírus na China surgiram em meados de dezembro de 2019, na cidade de Wuhan, província de Hubei. A previsão de retorno das Ligas 1 e 2 do Campeonato Chinês, segundo o tabloide britânico Daily Mail, é para 18 de abril.

Se o futebol brasileiro ficar parado além desses quatro meses, deve-se somar a essa conta final de R$ 26,8 milhões de prejuízo da Arena a quantia de 6,7 milhões a cada mês posterior.

É importante lembrar que os pagamentos feito pela Arena Corinthians ao BNDES pela dívida da construção do estádio estão paralisados. O clube vem tentando costurar um novo acordo e, por isso, a quitação das parcelas não vem sendo feita.

Problemas no Corinthians não são só relacionados a coronavírus

Veja mais em: Arena Corinthians, Ações de marketing, Diretoria do Corinthians e Torcida do Corinthians.

Veja Mais:

  • Malcom chegou ao Zenit, da Rússia, em agosto de 2019

    Ex-Corinthians, Malcom relembra 'momento delicado' em 2019 e detalha adaptação ao Zenit, da Rússia

    ver detalhes
  • Presidente Andrés Sanchez é quem baterá o martelo em relação ao que será feito com os salários durante a paralisação

    Corinthians estuda medidas em relação a salários de atletas e funcionários; saiba as possibilidades

    ver detalhes
  • Candidato na última eleição, Felipe Ezabella pode apoiar Mário Gobbi neste ano

    Conselheiro projeta dívida de R$ 1 bilhão e admite que Gobbi pode ser candidato único da oposição

    ver detalhes
  • Mauro Boselli é um dos destaques do Corinthians neste início de temporada

    Boselli comenta possível redução de salário em meio ao surto do coronavírus: 'O mais justo possível'

    ver detalhes
  • Os desafios de Tiago Nunes no Corinthians

    [Mayara Munhoz] Os desafios de Tiago Nunes no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians escolheu gol de Fábio Santos contra o Emelec

    Corinthians aceita novo desafio e posta golaços de ex-jogadores que estão no Atlético Mineiro; veja

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: