Médico do Corinthians dá prazo inicial de paralisação, mas ressalta temor por pico do COVID-19

2.3 mil visualizações 18 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Médico comentou expectativas para os próximos dias de paralisação

Médico comentou expectativas para os próximos dias de paralisação

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O mundo inteiro trabalha junto para conter os avanços da pandemia do novo coronavírus. No Corinthians, não é diferente. No início desta semana, o clube confirmou a paralisação de todas as suas atividades para diminuir os riscos de contaminação. Médico do clube, Joaquim Grava estipulou um prazo inicial para a pausa, mas com algumas ressalvas: a doença deve ter seu pico somente no mês que vem.

"Não é só no Corinthians, o pânico e o medo é com todo mundo. Mas é lógico que no Corinthians existe pânico e medo também porque é muito grave. A proliferação é muito rápida. Então nós orientamos, com a paralisação do Paulistão, os atletas a ficarem no mínimo 20 dias em casa, se resguardando pra evitar essa contaminação junto ao elenco", afirmou o doutor, em entrevista ao Esporte Interativo.

"Não temos ideia (de quando vai normalizar) porque, segundo as autoridades de saúde, o grande pico será daqui 3, 4 semanas. Então nós fizemos esse afastamento de 20 dias como todos os clubes e vamos aguardar os acontecimentos para vermos se esse pico chega, e aí ver se ou adiamos por mais tempo ou, de acordo com o Ministério da Saúde, poderemos retornar", completou.

Leia também:
Coronavírus: Corinthians coloca Arena à disposição das autoridades de São Paulo
Arena Corinthians: acordos com Caixa Econômica e Odebrecht são afetados pelo coronavírus

Mesmo sem previsão de retorno, o médico já pensa em algo importante: o calendário depois que a situação se normalizar. Com a reta final do Paulistão e o início do Brasileirão, as datas podem ficar bem apertadas, aumentando ainda mais a comum maratona de partidas do futebol nacional.

"Vai ter que ter algum tipo de mudança respeitando as condições de atleta. Você não pode colocar um atleta pra jogar um dia sim e um dia não. Tem que ter um bom senso e ser bem resolvido. Mas o mais importante agora não é campeonato, é nos preservarmos porque o mundo está passando por um momento muito grave, com tudo que está acontecendo o futebol é secundário", finalizou.

Veja mais em: Departamento Médico.

Veja Mais:

  • Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, acredita que manter os salários normais é o melhor caminho; TV Globo pode mudar a estratégia num futuro próximo...

    Corinthians define estratégia em relação aos salários durante paralisação; TV pode mudar cenário

    ver detalhes
  • Redes sociais do Corinthians cresceram durante mês de março

    Corinthians cresce nas redes durante quarentena, mas segue como segundo entre mais seguidos do país

    ver detalhes
  • A proposta do Corinthians por Felipe Prior (ex-BBB 20)

    VÍDEO: A proposta do Corinthians por Felipe Prior (ex-BBB 20)

    ver detalhes
  • Camisa principal do Corinthians de 2020 está em promoção; as outras duas também estão mais baratas

    Camisas I, II e III do Corinthians ficam ainda mais baratas na ShopTimão; veja como comprar

    ver detalhes
  • Corinthians parabeniza Edmundo por aniversário

    Corinthians parabeniza Edmundo por aniversário e revolta torcedores; veja repercussão

    ver detalhes
  • Dínamo de Kiev cogita ir à FIFA por descumprimento de acordo do Corinthians

    Corinthians pode ser acionado na Fifa por não cumprir acordo com Dínamo de Kiev

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: