Polêmica da semana: 'Mano Menezes no Corinthians' é tema de discussão entre repórteres do Meu Timão

28 mil visualizações 168 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Antes da paralisação dos campeonatos por conta da pandemia do coronavírus, o Corinthians soma seis jogos sem vencer no Campeonato Paulista e está praticamente eliminado na fase de grupos do Estadual. A situação da equipe do Parque São Jorge fica ainda mais complicada: o time está brigando contra o rebaixamento. Diante desse cenário, muito tem se discutido sobre uma "quebra" dentro do elenco alvinegro.

Surgiram então notícias sobre a possibilidade de demissão de Tiago Nunes. O ex-jogador, e ídolo do Corinthians, Neto comentou em seu programa, Os Donos da Bola, da TV Bandeirantes, que o comandante alvinegro estaria de saída do Timão. E mais: um dos prováveis substitutos seria um antigo conhecido da Fiel: Mano Menezes. Outro nome citado foi o de Felipão.

Diante disso, os repórteres do Meu Timão compartilharam suas opiniões sobre essa possível troca no comando alvinegro (assista ao vídeo acima). Para Andrew Sousa e Vitor Chicarolli, o retorno de Mano Menezes traria benefícios ao Corinthians. Ambos também concordam, assim como Lucas Faraldo, que a melhor opção para o clube seria manter Tiago Nunes.

"Acredito que não seja a hora de tirar o Tiago Nunes. Mas, se for para o Mano Menezes vir, eu não sou muito contra. Acho que tem uma bagagem tática interessante, não é o retranqueiro que muita gente diz. Acredito numa gestão de elenco mais firme, um pouco mais eficiente, com esse elenco que tem se mostrado problemático para lidar com os treinadores", colocou Andrew Sousa.

"Tiago Nunes deve, sim, continuar no Corinthians. E a diretoria deve assumir a responsabilidade de identificar os jogadores que estão não tão compromissados com o Tiago Nunes e iniciar uma limpa nesse elenco que, na verdade, também precisa de algumas contratações", disse Lucas Faraldo.

"Acho que a melhor alternativa é dar continuidade ao trabalho do Tiago Nunes, uma demissão agora seria um retrocesso gigante. Particularmente, acho que não resolveria em nada. O maior problema do Corinthians, atualmente, além de questões políticas, é a limitação do elenco. Seja Mano Menezes, o próprio Felipão, qualquer treinador que esteja livre no mercado teria dificuldades para trabalhar com esse elenco. É muito limitado e carece de um diferencial. Mas não vejo com maus olhos uma possível chegada do Mano Menezes, caso haja demissão. Mas daria continuidade ao Tiago Nunes. Ele precisa de tempo, já existem alguns questionamentos, mas é uma mudança drástica, precisa de tempo", completou Vitor Chicarolli.

Leia também:
Ao Meu Timão, joia da base valoriza sequência de empréstimos, mas revela 'mágoa' com Corinthians
Negativos para coronavírus, Luan e auxiliar do Corinthians seguem em recuperação caseira
Confira o tempo de contrato dos jogadores que tem vínculo com o Corinthians

Para Rodrigo Vessoni e Tomás Rosolino, a chegada de Felipão ao Corinthians não deve ser minimamente considerada uma possibilidade, já que o treinador tem forte identificação com o Palmeiras, principal rival do clube do Parque São Jorge.

"Felipão não dá nem pra comentar, né? Não merece qualquer tipo de comentário. Obviamente não daria certo no Corinthians. Mano Menezes eu tenho certeza que daria certo, sim. É um cara que já conhece o clube, conhece o torcedor como o torcedor se comporta. A minha dúvida fica só por conta da passagem dele pelo Palmeiras", disse Rodrigo Vessoni.

"O Mano Menezes é um cara que a diretoria gosta bastante, mas todo mundo, em torno dele, diz que ele não quer assumir um clube brasileiro neste ano. É um treinador que seria uma segurança para a diretoria porque é um cara que conhece o Corinthians, e teria o respaldo para as mudanças que o Tiago está tentando fazer. Não dentro de campo, mas fora. Não sei até que ponto ele poderia evoluir ao patamar que todo mundo pensa que o Tiago pode chegar. Sobre o Felipão, acho lunatismo. É um cara que não agregaria nada de novo ao Corinthians e é, totalmente, identificado ao maior rival do clube. Nunca fez questão de ser amigável com o Corinthians. Na Libertadores de 99 usou, bastante, um discurso de ódio contra o Corinthians. Tudo bem que era o jogo, mas essas coisas marcam. Mas não imagino que seja uma opção, não teria cabimento uma possibilidade de Felipão comandar o Corinthians", finalizou Tomás Rosolino.

Veja mais em: Tiago Nunes, Campeonato Paulista, Mercado da bola, Diretoria do Corinthians e Neto.

Veja Mais:

  • Malcom chegou ao Zenit, da Rússia, em agosto de 2019

    Ex-Corinthians, Malcom relembra 'momento delicado' em 2019 e detalha adaptação ao Zenit, da Rússia

    ver detalhes
  • Presidente Andrés Sanchez é quem baterá o martelo em relação ao que será feito com os salários durante a paralisação

    Corinthians estuda medidas em relação a salários de atletas e funcionários; saiba as possibilidades

    ver detalhes
  • Candidato na última eleição, Felipe Ezabella pode apoiar Mário Gobbi neste ano

    Conselheiro projeta dívida de R$ 1 bilhão e admite que Gobbi pode ser candidato único da oposição

    ver detalhes
  • Mauro Boselli é um dos destaques do Corinthians neste início de temporada

    Boselli comenta possível redução de salário em meio ao surto do coronavírus: 'O mais justo possível'

    ver detalhes
  • Os desafios de Tiago Nunes no Corinthians

    [Mayara Munhoz] Os desafios de Tiago Nunes no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians escolheu gol de Fábio Santos contra o Emelec

    Corinthians aceita novo desafio e posta golaços de ex-jogadores que estão no Atlético Mineiro; veja

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: