Corinthians antecipa férias para todos os jogadores e ainda não sabe quando retorna às atividades

13 mil visualizações 106 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Elenco do Corinthians receberá folga de 20 dias em abril

Elenco do Corinthians receberá folga de 20 dias em abril

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Em meio à preocupação com a pandemia do novo coronavírus, o Corinthians suspendeu suas atividades por tempo indeterminado. Como ainda não há previsão de retorno aos trabalhos no CT Joaquim Grava, todos os jogadores do Timão receberão férias em abril.

Conforme apurado pela reportagem do Meu Timão, o período de férias para o plantel corinthiano será, inicialmente, de 20 dias. A medida é válida não apenas para o masculino profissional, mas também para as categorias de base e para o elenco feminino.

Em entrevista à Rádio Transamérica, Rinaldo Martorelli, presidente do sindicato dos atletas do Estado de São Paulo, confirmou que os jogadores terão descanso de aproximadamente um mês e também sinalizou acordo com as novas formas de pagamento.

"Na verdade, a gente vai definir nos próximos dias. Para não dizer uma data equivocada, prefiro não confirmar. Mas não passa do dia 1 de abril. Acho que a partir desse dia, por um mês", disse.

"Eles pagariam o salário e dariam as férias. Está sendo feita também uma negociação no pagamento das férias, os atletas já estão de acordo, está tudo sob controle lá", completou.

Jogadores seguem treinando em quarentena; veja no vídeo abaixo

O retorno do Campeonato Paulista, porém, continua sendo uma incógnita. Diante da quarentena em grande parte do país, Rinaldo Martorelli pontuou algumas alterações nos direitos trabalhistas dos atletas e disse que é momento de união entre os clubes.

"Acabei de falar com Andrés, ele esta dando férias aos atletas, pagando o mês de março e dando férias. Mas não é a mesma situação do Santo André, por exemplo, já que a receita deles depende da competição. Essas questões são as mais fáceis de resolver. Se o clube tem interesse e o atleta também, podemos fechar acordo. Teve uma alteração na CLT que permite as negociações, então estamos atrás disso, dispostos a fazer acordos", analisou.

"Atletas que já estão apalavrados com outros times para os nacionais, é mais difícil, mas com boa vontade a gente fecha o quadro. Eu tenho dito, sou estudioso na área, que nem todas as normas esportivas se encaixam nas trabalhistas, muitas têm que ser adaptadas e precisamos disso agora para sairmos dessa. O Andrés ligou para mim, negociamos, combinamos, e deu certo. Precisamos buscar soluções conjuntas. O prejuízo já se instalou, precisamos minimiza-lo. Se alguém quiser só sair ganhando, vai ficar ruim para todos", concluiu.

Veja mais em: Elenco do Corinthians e Pandemia do coronavírus.

Veja Mais:

  • Malcom chegou ao Zenit, da Rússia, em agosto de 2019

    Ex-Corinthians, Malcom relembra 'momento delicado' em 2019 e detalha adaptação ao Zenit, da Rússia

    ver detalhes
  • Presidente Andrés Sanchez é quem baterá o martelo em relação ao que será feito com os salários durante a paralisação

    Corinthians estuda medidas em relação a salários de atletas e funcionários; saiba as possibilidades

    ver detalhes
  • Candidato na última eleição, Felipe Ezabella pode apoiar Mário Gobbi neste ano

    Conselheiro projeta dívida de R$ 1 bilhão e admite que Gobbi pode ser candidato único da oposição

    ver detalhes
  • Mauro Boselli é um dos destaques do Corinthians neste início de temporada

    Boselli comenta possível redução de salário em meio ao surto do coronavírus: 'O mais justo possível'

    ver detalhes
  • Os desafios de Tiago Nunes no Corinthians

    [Mayara Munhoz] Os desafios de Tiago Nunes no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians escolheu gol de Fábio Santos contra o Emelec

    Corinthians aceita novo desafio e posta golaços de ex-jogadores que estão no Atlético Mineiro; veja

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: