Corinthians não consegue efeito suspensivo a tempo e Jô é desfalque contra o Bahia

11 mil visualizações 182 comentários

Atacante Jô enfrenta o Bahia nesta quarta-feira

Atacante Jô enfrenta o Bahia nesta quarta-feira

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

O Corinthians não conseguiu o efeito suspensivo a tempo e o atacante Jô desfalca a equipe de Dyego Coelho na noite desta quarta-feira, em duelo com o Bahia, na Neo Química Arena, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A diretoria corinthiana já se movimenta para ter o recurso antes do próximo compromisso do Timão, contra o Sport, em Recife, na quarta-feira que vem. O jogador de 33 anos foi suspenso por dois jogos após confusão em clássico com o São Paulo, no último dia 30.

Como não fica à disposição de Coelho diante do time baiano, portanto, Jô já cumprirá um jogo de suspensão.

Dessa forma, Coelho não tem um centroavante apto para atuar em Itaquera nesta quarta, já que o argentino Mauro Boselli segue com dores no tornozelo. Com isso, o treinador interino deve refazer o esquema, deixando a equipe sem centroavante, ou promover a estreia do jovem Cauê, de 17 anos, no profissional.

Com nove em 27 pontos disputados, o Corinthians amarga a 15ª posição do Brasileirão. Uma vitória contra o Bahia é fundamental para a equipe se distanciar da zona de rebaixamento.

Veja mais em: .

Veja Mais:

  • Caio Campos, superintendente de marketing do clube e gestor da Neo Química Arena, criticou volta do público nos estádios

    Responsável pela Neo Química Arena sobre público reduzido nos estádios: 'Prejuízo será maior'

    ver detalhes
  • Corinthians Feminino volta a entrar em campo no próximo sábado

    Corinthians assume liderança isolada do Brasileirão Feminino após derrota de rival

    ver detalhes
  • Corinthians começa sua trajetória na Copa do Brasil em outubro

    Corinthians conhece adversário das oitavas de final da Copa do Brasil na próxima quinta-feira

    ver detalhes
  • Daniel Portella foi fisiologista do elenco principal do Corinthians entre janeiro de 2008 e maio de 2010

    Corinthians é condenado na Justiça do Trabalho em ação movida por Daniel Portella, ex-fisiologista

    ver detalhes
  • Fagner, Avelar e Gil compõem a defesa do Corinthians, além de Lucas Piton

    Corinthians não sofria gols em nove jogos seguidos desde 2018; desempenho defensivo preocupa

    ver detalhes
  • Timão tem cometido muitos pênaltis no Brasileirão

    Mão na bola faz o Corinthians ter três pênaltis marcados contra si nos últimos quatro jogos

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: