Análise: Corinthians de Coelho arrisca e tem novidades, mas intensidade é o que mais chama atenção

12 mil visualizações 130 comentários

Corinthians foi muito intenso na noite desta quarta-feira

Corinthians foi muito intenso na noite desta quarta-feira

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

O Corinthians fez na noite desta quarta-feira o seu jogo mais intenso neste Campeonato Brasileiro. Com ajustes táticos, jogadas ensaiadas e uma inusitada aposta em jogadores da base justamente no setor em que o Corinthians mais se reforçou na temporada, o Timão de Dyego Coelho pode dizer que foi mais intenso do que qualquer outra versão de 2020.

Coelho, aliás, mostrou mais uma vez que não é afeito a pragmatismo. Depois de substituir Éderson com 17 minutos no Maracanã por identificar um problema na sua escalação inicial, ele lançou dois jovens no futebol profissional em um jogo fundamental para a retomada da confiança da equipe.

O primeiro tempo mostrou um Corinthians disposto a pressionar o adversário e trocar pouquíssimos passes laterais. Xavier, escolhido para ficar na cabeça de área, acelerou todas as bolas que teve em seus pés. A posse diminuiu, mas o Corinthians foi claramente mais objetivo no jogo.

Roni, o outro estreante, teve liberdade para atacar e formou um bloco pelo lado direito com Fagner e Otero. A ideia de decisão rápida no ataque rendeu faltas laterais e escanteios, quando entrou em ação a outra surpresa de Coelho para o jogo: as jogadas ensaiadas. Fagner bateu rasteiro para a entrada da área e Otero contou com um desvio no seu chute para abrir o placar.

Depois de grande pressão do Bahia, que aproveitava o fato de Xavier entrar muito na área e deixar grande espaço na entrada, facilitando a superioridade numérica, o Timão teve duas boas escapadas pela direita para ser incisivo. Na primeira, Araos desperdiçou bom passe de Otero. Na segunda, Otero inverteu para Piton, que achou Roni para um belo gol.

O Bahia manteve a pressão e logo diminuiu, em grande chute de Nino Paraíba, ficando perto de empatar até o intervalo na base do jogo curto no entorno da área corinthiana. Cássio, gigante, evitou isso.

No intervalo, Coelho corrigiu o problema de maneira peculiar: sacou Araos, mandou Ramiro a campo e, com a dobra do experiente ao lado de Fagner, o Bahia não conseguiu mais ter volume de jogo.

O Timão saiu de trás e voltou a levar perigo nas bolas paradas. Das faltas de Otero aos escanteios de Fagner, viu Gil fazer o 3 a 1 e perder o quarto embaixo da trave. Tranquilidade, porém, não combinaria com um jogo tão corinthiano em campo.

Mesmo com mais dificuldades, o Bahia diminuiu na bola parada e transformou os minutos finais em pura emoção. Coelho largou o plano tático e colocou Méndez na vaga de Otero para povoar a defesa, segurando o 3 a 2 e soltando um berro digno de alívio.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Corinthians encerrou a preparação para o duelo com o Internacional

    Corinthians encerra preparação para jogo contra o Internacional; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Fagner voltou a aparecer na lista de relacionados depois de cumprir suspensão

    Corinthians divulga relacionados para duelo contra o Internacional com desfalques; veja lista

    ver detalhes
  • Corinthians é campeão da BH Cup

    Corinthians supera o Cruzeiro nos pênaltis e é campeão da BH Cup

    ver detalhes
  • Ao Meu Timão, Kyle Fuller fala sobre sua volta ao clube do Parque São Jorge e relação com a torcida

    Fuller conta ao Meu Timão detalhes de seu retorno ao Corinthians e projeta reencontro com a torcida

    ver detalhes
  • Biro fez o segundo gol do Corinthians na última rodada da fase de grupos

    Corinthians goleia o Salto FC e avança para a segunda fase do Paulista Sub-17 com campanha invicta

    ver detalhes
  • Marcelinho Carioca fez inúmeras críticas aos jogadores e ao técnico Sylvinho durante live no canal oficial do Corinthians

    Críticas e palavras de Marcelinho Carioca incomodaram jogadores e Sylvinho no CT do Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Baiano

    Ranking: 1155º

    Baiano 1406 comentários

    @joseni.dos.santos1 em

    O moleque chamado xavier é um deboche de jogador em! Rony da hora também...

  • Foto do perfil de Vitor

    Vitor 23 comentários

    @vitor.fernando.ribei em

    Análise perfeita, parece que vimos o mesmo jogo hahah, no primeiro tempo bahia superior e Corinthians letal quando acelerava a jogada (dois gols e um perdido) a zaga cochilou no primeiro tempo, mas principalmente pelas dobradinhas do bahia pelos lados, afinal eles são um bom time, coelho viu isso e colocou o ramiro pra fechar as laterais, deu resultado, Corinthians começou a prender mais a bola com o vital, otero e roni, procuro a jogada de bola parada e obtivemos o terceiro gol, anulando completamente o bahia, depois acabamos sentindo o físico e a pressão e tivemos que recuar, mas ai a raça foi determinante pra vitória. Agora torcedor de Facebook vim falar que o Corinthians não jogo nada hoje tá de sacanagem, time desfalcado, fase horrível, pressão e mesmo assim levamos os três pontos, vamos deixar o coelho trabalhar, na minha opinião, deveria efetiva-lo e se não desse certo, ele voltava para o sub-20, ele ainda será um dos grandes do Corinthians pela sua raça e coragem

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Guilherme

    Ranking: 321º

    Guilherme 3502 comentários

    130º. @guilherme.mello3 em

    É bom para os marmanjos terem consciência de que não são unanimidades.

  • Publicidade

  • Foto do perfil de Raffael

    Ranking: 1138º

    Raffael 1418 comentários

    129º. @loucorinthias em

    Fora os moleques da base em campo o jogo foi pressão maior parte do tempo do Bahia, apesar da Vitória o Corinthians jogou como time pequeno, queria ver meu time jogando pra frente e vencendo e não retrancado como foi ontem.

  • Foto do perfil de sergio

    Ranking: 3316º

    Sergio 542 comentários

    128º. @jurere em

    Muitos desses que estão elogiando estarão criticando na primeira derrota.

  • Foto do perfil de Rafael

    Ranking: 3869º

    Rafael 454 comentários

    127º. @rafael.molina2 em

    Os meninos entram muito bem e deram conta do recado, mas a zaga precisa de uma atenção especial, não adianta fazer 2,3 gols e tomar vários também. Mas essa vitória vai dar tranquilidade pra rapaziada e vamos ver com uma semana inteira pra trabalhar o que o time vai apresentar contra o sport.

  • Foto do perfil de Sérgio

    Ranking: 1107º

    Sérgio 1434 comentários

    126º. @sergio.libanori em

    Torcida comenta com o coração e não com a razão. Corinthians atual não é um time tão ruim para brigar pelo rebaixamento, mas não vai brigar por título. Teve uma leve melhora, garotos do meio campo entraram bem, ouve algumas boas triangulações (o segundo gol é um bom exemplo disso), mas nada para gerar muita empolgação. Nossa defesa continua uma peneira, falta um meia pra criar jogadas e dialogar com o ataque e nossos atacantes pelos lados são muito fracos. Dá pra ficar um pouco mais otimista, mas sem essa de achar que Coelho é milagroso e que os garotos da base já são craques. Muita calma nessa hora...

  • Foto do perfil de AURELIO

    Ranking: 8536º

    Aurelio 172 comentários

    125º. @aurelio.telatin.juni em

    O time melhorou, o Coelho inovou, mas continuamos dependendo dos milagres do Cássio e da sorte. Não é hora de ficar deslumbrado, vamos continuar torcendo e testando jogadas e jogadores.

  • Foto do perfil de Renato

    Renato 7 comentários

    124º. @glaessel em

    O aumento da intensidade foi nítido, os meninos deram outra dinâmica, porém fiquei preocupado com nossa defesa, pareceu mais exposta, o Cássio nos salvou duas vezes. Talvez o empate também fosse justo pois o Bahia dominou o jogo em diversos momentos e a bola queimava nos nossos pés. Mas foi um alívio, uma sensação de que temos muito para melhorar e recobrar nossa confiança.

  • Foto do perfil de Amaral Ric

    Ranking: 1397º

    Amaral 1193 comentários

    123º. @amaral.ric em

    Falta Técnico

x