Atual gestão de Andrés teve quatro dos cinco piores treinadores do Corinthians desde 2008

9.4 mil visualizações 215 comentários

Andrés Sanchez assumiu a presidência do Corinthians em fevereiro de 2018

Andrés Sanchez assumiu a presidência do Corinthians em fevereiro de 2018

Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians

A tentativa de Dyego Coelho como interino do Corinthians não deu certo. Foi mais uma aposta frustrada da atual gestão de Andrés Sanchez que, agora, é responsável por quatro dos cinco piores treinadores do clube na década - veja lista abaixo.

Somando a passagem do ano passado, Coelho deixa o comando interino da equipe profissional com quatro vitórias, cinco empates e seis derrotas. O aproveitamento (37,77%) é o terceiro pior na comparação com todos os treinadores efetivados desde 2011.

Abaixo do interino, apenas Jair Ventura (31,57%) e Oswaldo Oliveira (37,03%). Acima do interino, Osmar Loss (46,66%) e Tiago Nunes (45,67%). Dos cinco piores, Oswaldo foi o único não colocado no banco de reservas por Andrés - escolha foi de Roberto de Andrade, em 2016.

Loss foi escolhido para substituir Carille na saída para Arábia. Na sequência, no mesmo ano de 2018, foi trazido Ventura. Carille voltou e iniciou a temporada passada, mas caiu em outubro. Coelho fechou o ano, antecedendo Tiago Nunes. Toda essa movimentação sob o comando de Andrés.

"O momento está muito difícil. Nós estamos jogando mal desde o Paulista. Infelizmente não encaixou o time. Tivemos que mandar o Tiago, tivemos que tomar a atitude como agora tivemos que tomar novamente. Vamos trabalhar bastante", afirmou Andrés, em coletiva após o revés para o Ceará.

O aproveitamento dos treinadores do Corinthians desde 2008

  1. Tite (2015/16) - 69,86%
  2. Mano Menezes (2008/10) - 64,5%
  3. Fábio Carille (2017/18) - 62,5%
  4. Mano Menezes (2014) - 60,3%
  5. Tite (2010/13) - 59,1%
  6. Fábio Carille, interino (2016) - 55,5%
  7. Fábio Carille (2019) - 50,72%
  8. Adilson Baptista (2010) - 49,01%
  9. Cristóvão Borges (2016) - 48,14%
  10. Osmar Loss (2018) - 46,66%
  11. Tiago Nunes (2020) - 45,67%
  12. Dyego Coelho, interino (2019/20) - 37,77%
  13. Oswaldo Oliveira (2016) - 37,03%
  14. Jair Ventura (2018) - 31,57%

Veja mais em: Andrés Sanchez, Dyego Coelho, Oswaldo de Oliveira, Jair Ventura, Osmar Loss e Tiago Nunes.

Veja Mais:

  • Willian durante o duelo entre o Corinthians e Boca Juniors

    Corinthians empata com Boca Juniors na Bombonera e se mantém na liderança da Libertadores

    ver detalhes
  • Cássio foi eleito o melhor em campo pela Fiel diante do Boca Juniors

    Cássio é eleito craque da noite em empate do Corinthians na Libertadores; volante é o pior

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians atrasou para entrar no jogo diante do Boca Juniors

    Corinthians repudia ato racista, protesta por atraso na entrada da Fiel e promete cobrar à Conmebol

    ver detalhes
  • Elenco do Corinthians reunido em duelo contra o Boca Juniors

    Filipe Almeida elogia postura do Corinthians em empate e diz que o time 'soube sofrer'

    ver detalhes
  • Du Queiroz marcou o gol do Corinthians na partida e alegrou a Fiel

    Primeiro gol de Du Queiroz e bronca com arbitragem marcam empate entre Corinthians e Boca; veja

    ver detalhes
  • Cantillo foi expulso no segundo tempo de Corinthians e Boca Juniors

    Corinthians ganha três desfalques certos para último jogo da fase de grupos da Libertadores

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x