Conselho Deliberativo do Corinthians vota as contas de 2019; déficit é de quase R$ 200 milhões

14 mil visualizações 183 comentários

Auditório da Neo Química Arena receberá conselheiros do Corinthians, que votarão as contas de 2019

Auditório da Neo Química Arena receberá conselheiros do Corinthians, que votarão as contas de 2019

Divulgação

O Conselho Deliberativo do Corinthians, enfim, votará as contas de 2019. O encontro dos conselheiros será na noite desta terça-feira no auditório da Neo Química Arena. A reprovação pode iniciar o processo de impeachment do presidente Andrés Sanchez - veja mais abaixo.

Entre vitalícios e trienais, cerca de 320 conselheiros darão parecer sobre o exercício fiscal do ano passado, que fechou num déficit de quase R$ 200 milhões. Foi a primeira vez na história que o clube fechou uma temporada com três dígitos negativos.

O primeiro documento apontou um déficit de R$ 177 milhões, chamado pela diretoria em nota como "completamente administrável". Porém, após o Meu Timão revelar derrotas na Justiça do Trabalho não contabilizadas com precisão pelo clube - J. Malucelli e o fisioloterapeuta Julio Suman -, o documento foi refeito, fazendo o déficit passar dos R$ 195 milhões.

A votação deveria acontecer no fim de abril, porém, devido à pandemia, houve a postergação da mesma em quase seis meses. Houve muita pressão da oposição para que a votação fosse realizada de forma remota, algo que sempre foi rechaçado por Antonio Goulart, presidente do Conselho Deliberativo.

Além do atraso para a votação, houve demora também na publicação do balanço. De acordo com a legislação nacional, todos os clubes precisam publicar seus números do ano fiscal anterior até 30 de abril. O documento corinthiano foi publicado no site oficial quase um mês depois.

Na ocasião, a diretoria se apoiou na Medida Provisória 931, que estendeu o prazo de prestação de contas para empresas devido ao coronavírus. Por outro lado, a oposição contestou que o clube não se encaixava na MP por não ter fins lucrativos.

Impacto na eleição presidencial

Augusto Melo (oposição), Duílio Monteiro Alves (situação) e Mário Gobbi (oposição) são os candidatos à presidência do Corinthians para o triênio 2021-2023

Augusto Melo (oposição), Duílio Monteiro Alves (situação) e Mário Gobbi (oposição) são os candidatos à presidência do Corinthians 2021-2023

Reprodução/Internet

A expectativa é grande pela reunião, já que seu resultado poderá ter um grande impacto na eleição presidencial marcada para o fim de novembro.

A oposição acredita que, devido ao déficit de quase R$ 200 milhões no exercício fiscal de 2019, as contas serão reprovadas pelo Conselho Deliberativo, confirmando assim uma das maiores derrotas políticas de Andrés Sanchez no Parque São Jorge.

O atual presidente, porém, acredita que terá maioria no Conselho para a aprovação das contas do ano passado, apesar do déficit.

O que acontece se reprovar?

Andrés Sanchez terá uma prova de fogo na noite desta terça-feira, em votação do Conselho Deliberativo

Andrés Sanchez terá uma prova de fogo na noite desta terça-feira, em votação do Conselho Deliberativo

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Se as contas forem reprovadas no Conselho Deliberativo, abre-se a possibilidade de impeachment do presidente Andrés Sanchez. Isso, porém, passaria por um rito processual.

O primeiro passo teria de ser dado pelo presidente do CD, Antonio Goulart, que autorizaria a abertura do processo junto à Comissão de Ética e Disciplina do clube que, por sua vez, abriria espaço para uma ampla defesa de Andrés.

Após essas etapas, então, poderia ser marcada uma Assembleia Geral para votação do impedimento ou não. Se Goulart não iniciar o processo, um conselheiro da oposição ou mesmo um dos grupos oposicionistas poderia acionar a Justiça comum.

Em tempo: como a eleição presidencial acontecerá em pouco mais de um mês - 28 de novembro -, é bem provável que todo esse rito processual não seja nem iniciado.

Veja mais em: Andrés Sanchez, Diretoria do Corinthians, Parque São Jorge e Neo Química Arena.

Veja Mais:

  • Corinthians se reapresentou no CT Joaquim Grava

    Sem Cássio, Corinthians se reapresenta e faz primeiro treino após vitória fora de casa

    ver detalhes
  • Eleição ocorre neste sábado, no Parque São Jorge

    Quem você quer ver como novo presidente do Corinthians? Vote na enquete

    ver detalhes
  • Gabriel Pereira ganhou a palavra e foi aplaudido por todo o elenco

    União por Luan, lembrança do último jogo e discurso de promessa: os bastidores da vitória do Timão

    ver detalhes
  • Augusto Mello viu sócio rebater esclarecimento sobre áudios vazados

    Sócio citado em áudio contesta versão de Augusto Melo e mostra recibo por negócio com meia do Timão

    ver detalhes
  • Último título do Corinthians foi em 2017

    Federação Paulista cancela Copinha de 2021 por conta da pandemia do coronavírus

    ver detalhes
  • Ex-diretor explicou alto número de contratações com caráter de aposta no Corinthians

    Ao Meu Timão, Duílio Monteiro explica planos para Arena, justifica contratações e defende o Sub-23

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: