Quase 40 dias depois, Renê Júnior segue vinculado ao Corinthians e sem destino; gasto é milionário

40 mil visualizações 586 comentários

Renê Júnior foi apresentado pelo Corinthians no dia 7 de janeiro de 2018; vínculo do volante com o clube termina no dia 31 de dezembro

Renê Júnior foi apresentado pelo Corinthians no dia 7 de janeiro de 2018; vínculo do volante com o clube termina no dia 31 de dezembro

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Dia 15 de setembro. Foi nessa data que Renê Júnior teve seu nome duas vezes publicado no BID da CBF. Na primeira, a rescisão com o Coritiba, que antecipou o fim do seu empréstimo. Na sequência, a oficialização do retorno ao Corinthians, clube que o detém sob contrato até o fim do ano.

Quase 40 dias depois, o volante permanece sem destino. Neste momento, Renê Júnior segue sua rotina de treinos no centro de treinamento do Timão, mas sem trabalhar com os demais jogadores. Suas atividades são sempre em horários alternados.

Renê Júnior voltou a ter vínculo com o Corinthians no dia 15 de setembro; volante segue sem destino

Renê Júnior voltou a ter vínculo com o Corinthians no dia 15 de setembro; volante segue sem destino

Reprodução/Internet

O salário, como não poderia ser diferente, seguirá sendo pago pelo Corinthians até dezembro. Quando chegou ao Parque São Jorge, em janeiro de 2018, uma publicação do UOL Esportes causou impacto em boa parte da torcida.

O site informou à época que Renê Júnior acordou receber um salário mensal de R$ 280 mil, totalizando gastos cima de R$ 10 milhões durante os três anos de contrato.

A publicação revelou ainda um custo de luvas de mais R$ 5 milhões a repassar ao jogador e à empresa que gerencia sua carreira (Elenko Sports, liderada pelo ex-conselheiro corinthiano Fernando Garcia). O jogador estava livre no mercado após deixar o Bahia.

Após a publicação da matéria na época, por meio de assessoria de imprensa, o Corinthians alegou que a luva seria parcelada ao longo do contrato, sem pagamento à vista.

O jogador foi apresentado pelo Corinthians no dia 7 de janeiro de 2018, cerca de um mês antes da eleição que confirmou a volta de Andrés Sanchez à presidência. O clube, na ocasião, ainda estava sob administração de Roberto de Andrade.

Na primeira temporada no Parque São Jorge (2018), Renê Júnior atuou 12 vezes até sofrer uma lesão grave no joelho, necessitando de cirurgia e uma longa recuperação. Em 2019, uma única partida pelo Corinthians no mês de outubro. Ao total, 13 jogos pelo Timão.

Emprestado ao Coritiba em janeiro deste ano, o volante atuou dez jogos até ser devolvido ao Corinthians.

Veja mais em: Renê Júnior, Mercado da bola, Diretoria do Corinthians, Roberto de Andrade e Andrés Sanchez.

Veja Mais:

  • Partida entre Coritiba e Corinthians tem duas opções de transmissão

    Confronto entre Corinthians e Coritiba será exibido em TV aberta e fechada; veja como assistir

    ver detalhes
  • Time comandado por Dyego Coelho perdeu mais uma no Brasileirão Sub-20

    Corinthians perde para o Botafogo e desperdiça chance de disparar na ponta do Brasileiro Sub-20

    ver detalhes
  • Ao vivo: Meu Timão entrevista Duílio Monteiro Alves, candidato à presidência do Corinthians

    VÍDEO: Meu Timão entrevista Duílio Monteiro Alves, candidato à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Fábio Santos vibrou com retorno ao Corinthians após cinco anos

    Fábio Santos diz que pensava em voltar desde que deixou o Corinthians: 'Por mim nem tinha saído'

    ver detalhes
  • Corinthians busca uma vitória importante em Curitiba

    Corinthians visita o Coritiba em duelo decisivo para se afastar do Z4; veja tudo sobre a partida

    ver detalhes
  • Thiaguinho retorna ao Corinthians após passagem pelo CRB

    Empréstimo chega ao fim e Thiaguinho retorna ao Corinthians após passagem pelo CRB: 'Quero ajudar'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: