Corinthians fica apenas no empate com América-MG e se despede da Copa do Brasil

21 mil visualizações 1.495 comentários

Xavier em ação no jogo contra o América-MG, na Arena Independência pelas oitavas da Copa do Brasil

Xavier em ação no jogo contra o América-MG, na Arena Independência pelas oitavas da Copa do Brasil

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

América-MG 1 X 1 Corinthians

Copa do Brasil 2020
04 de novembro de 2020, 21:30
América-MG 1 x 1 Corinthians
Independência

O Corinthians não conseguiu avançar de fase na Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira, a equipe de Vagner Mancini ficou apenas no empate por 1 a 1 com o América-MG, no Independência, em Belo Horizonte, e foi eliminada do torneio nacional.

Na ida, cabe lembrar, o Timão foi derrotado por 1 a 0, na Neo Química Arena. Com isso, foi o segundo ano consecutivo que o clube paulista se despede da Copa do Brasil nas oitavas de final.

O único tento corinthiano do confronto foi marcado pelo lateral-direito Fagner, de pênalti.

Próximo compromisso

  • Sem muito tempo para descansar, o time do Corinthians volta a entrar em campo já na noite deste sábado. Às 21h, os alvinegros visitam o Atlético-GO, no Estádio Olímpico, em Goiânia, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

De Cássio a Davó: a escalação do Corinthians

Vagner Mancini promoveu duas alterações em sua equipe titular: o lateral-esquerdo Lucas Piton e o meio-campista Mateus Vital entraram nas vagas de Fábio Santos e Otero, respectivamente - a dupla já disputou o torneio por outras equipes.

Com isso, o Timão foi a campo com Cássio; Fagner, Marllon, Gil e Lucas Piton; Xavier, Éderson, Ramiro e Mateus Vital; Cazares e Matheus Davó.

Provável escalação

Meu Timão

O América-MG de Lisca Doido, por outro lado, iniciou a partida com Matheus, Diego Ferreira, Messias, Anderson, Zé Ricardo, João Paulo, Felipe Azevedo, Juninho, Ademir, Geovane e Vitão.

O jogo

Primeiro tempo

Apesar de uma boa impressão deixada no último sábado, contra o Internacional, o Corinthians não manteve o nível nos primeiros 45 minutos do duelo com o América-MG. Com um desempenho discreto, a equipe alvinegra pouco levou perigo ao gol adversário.

O time da casa criou mais chances para finalizar, mas também pecou no último passe. Sendo assim, quando a bola chegou Cássio não teve dificuldades para ficar com a posse. A primeira chega alvinegra aconteceu apenas aos 30 minutos, com uma cabeçada de Marllon após cobrança de escanteio, que acabou sendo defendida por Matheus.

Na sequência, o meio de campo corinthiano, que já era pouco criativo, viu a situação piorar a situação piorar. Aos 32, Cazares sentiu incômodo na coxa esquerda e precisou ser substituído. O atacante Everaldo foi o escolhido por Mancini para entrar na vaga no camisa 10.

Depois disso, o Timão levou "perigo" apenas num chute de Xavier, de fora da área, que foi para longe do gol. Assim, a primeira etapa terminou com empate sem gols.

Segundo tempo

Insatisfeito com o desempenho de sua equipe nos primeiros 45 minutos, Vagner Mancini promoveu duas alterações durante o intervalo. Os volantes Gabriel e Victor Cantillo entraram nas vagas de Xavier e Éderson, respectivamente, para o segundo tempo.

Aos nove minutos, o Corinthians conseguiu criar sua primeira chance clara na etapa final. Fagner cruzou da direita e Matheus Davó cabeceou no meio da grande área, mas Matheus Cavichioli fez boa defesa.

No lance seguinte, Davó invadiu a área e foi derrubado por Anderson Jesus. Num primeiro momento, o árbitro marcou tiro de meta, mas mudou de opinião quando foi consultar o VAR e assinalou a penalidade. Na cobrança, o lateral-direito Fagner converteu e abriu o placar na capital mineira.

O Corinthians até passou a jogar mais no campo de ataque depois de balançar as redes, mas pouco tinha criatividade no último terço. Dessa forma, Mancini voltou a mexer no time com 20 minutos. O atacante Léo Natel entrou no lugar de Davó.

Aos 35, o árbitro viu toque de mão de Lucas Piton dentro da grande área e marcou pênalti. Detalhe do lance: o lateral-esquerdo do Corinthians estava de costas. O América-MG converteu a cobrança e empatou a partida. Na sequência, Luan entrou na vaga de Ramiro.

Com 42, um bate-rebate na área quase resultou no segundo gol corinthiano. Gabriel ficou com a sobra próximo da marca do pênalti, finalizou um pouco sem força e viu o defensor adversário afastar em cima da linha.

Veja mais em: Copa do Brasil.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Imagens da partida

Comente a notícia:

x