Gabriel fala de adaptação as ideias de Mancini e valoriza evolução com a bola: 'O gol vai sair'

2.6 mil visualizações 27 comentários

Por Meu Timão

Gabriel está embalado por boas atuações recentes no Corinthians

Gabriel está embalado por boas atuações recentes no Corinthians

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Em meio a evolução do Corinthians de Vagner Mancini, alguns jogadores estão se destacando mais. Nas últimas partidas, quem chamou atenção da Fiel foi o volante Gabriel, mais participativo com a bola nos pés. Questionado sobre o tema, o camisa 5 ressaltou as ideias do novo treinador e seu crescimento.

"As orientações do Mancini são sempre para fazer um jogo dinâmico, para frente. Sem a bola, não tem muito segredo, até porque sempre fui um cara muito voluntarioso pra ajudar a equipe. Mas, com a bola, também participar e chegar na área com qualidade, fazer ultrapassagens. Acredito que venho numa fase boa, contra o América-MG tive oportunidade de finalizar. O momento é bom, a gente tem que aproveitar isso, mas sempre com os pés no chão", pontuou, em entrevista ao GloboEsporte.com.

"Com a bola, tenho de dar mobilidade à equipe, dar opções de passe, triangulações e viradas de jogo. Venho trabalhando para chegar na frente, poder dar assistência, finalizar e fazer gols. Acredito que posso ajudar nesses aspectos, pois no futebol moderno a gente tem que fazer todas as funções", completou.

Feliz pela boa fase, Gabriel quer coroar seu momento com um gol. Recentemente, o volante chegou duas vezes com perigo ao ataque. Sem marcar desde 2018, ele está otimista em balançar as redes em breve.

"O gol sempre é importante, a gente procura ajudar na frente, ainda mais com um gol, que vai mudar diretamente o resultado da partida. Vou procurar marcar, sim. No último jogo, o goleiro do Coritiba fez um milagre, quase fiz esse gol, mas acredito que está perto. Com confiança e as oportunidades de chegar na frente, com liberdade para finalizar e dar assistência, o gol vai sair naturalmente", acrescentou, antes de destacar também o baixo número de cartões nos últimos jogos - são três partidas passando em branco.

"Muitos cartões, na minha opinião, não eram para ser tomados, outros, sim. Isso faz parte do jogo, o cartão amarelo não equivale a um gol adversário ou a uma derrota. Ao longo de toda a minha carreira fui disciplinado, nunca tive problemas com isso, é uma coisa que não me afeta. Vou procurar sempre estar me posicionando bem em campo para roubar a bola de maneira limpa para ajudar a equipe. Já venho há alguns jogos sem cartão, vou procurar seguir essa média e espero ser lembrado se continuar muitos jogos sem tomar cartão. Até porque, como eu disse, é interpretação de juiz", finalizou.

Veja mais em: Gabriel.

Veja Mais:

  • VÍDEO: Joias podem surgir em Bahia x Corinthians | Cazares, Ramiro e Luan fora #RMT

    ver detalhes
  • Araos e Cantillo podem surgir como novidades; Bruno Méndez segue como titular ao lado de Gil

    Corinthians soma 16 desfalques para duelo com o Bahia; veja quem 'sobrou' para ser relacionado

    ver detalhes
  • Matheus Jesus foi contratado pelo Corinthians no início de 2020, mesmo tendo um desempenho ruim na temporada anterior quando estava sob empréstimo

    Corinthians é avisado pelo Red Bull que Matheus Jesus não ficará; extracampo pesou na decisão

    ver detalhes
  • VÍDEO: A verdade sobre o fracasso dos multicampeões do Corinthians no Bahia

    ver detalhes
  • Luan e Davó testaram positivo para Covid-19

    Corinthians informa testagem positiva de dez jogadores para Covid-19; todos já estão isolados

    ver detalhes
  • Poty renova contrato por mais duas temporadas com o Corinthians

    Corinthians renova patrocínio com Poty até 2023; parceria traz novidades ao clube

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: