Corinthians ganha cessão de rua por 40 anos, mas não escapa de indenização de R$ 22 milhões

12 mil visualizações 105 comentários

Por Meu Timão

Rua em frente ao Parque São Jorge foi cedida ao clube pela Prefeitura de São Paulo

Rua em frente ao Parque São Jorge foi cedida ao clube pela Prefeitura de São Paulo

Danilo Fernandes/ Meu Timão

A avenida que fica em frente ao Parque São Jorge foi novamente cedida ao Corinthians. A decisão foi publicada na edição desta terça-feira do Diário Oficial da Prefeitura de São Paulo. A informação foi divulgada pelo GazetaEsportiva.com.

Com a decisão, a área da Avenida Condessa Elisabeth Robiano deixa de ser um espaço público e está cedida ao Corinthians pelo período de 40 anos. Contudo, o clube não escapou da sentença de R$22,1 milhões que havia sido imposta pela Justiça para o ressarcimento da Prefeitura pelo tempo que o Parque São Jorge utilizou o lugar como estacionamento.

Vale lembrar que, em 1996, o espaço foi cedido ao Corinthians por um período de 99 anos, mas durante o mandato de Gilberto Kassab, em 2010, a Prefeitura de São Paulo entrou com um pedido de reintegração de posse. Em 2015, cinco anos após a ação ser movida, o Corinthians retirou as grades que cercavam o espaço.

Notícias relacionadas
Notícias relacionadas
Corinthians aguarda ofertas por Éderson visando reformulação para 2021; dupla também pode sair Corinthians aguarda ofertas por Éderson visando reformulação para 2021; dupla também pode sair
Técnico do Corinthians avalia possibilidade de reforços, mas sai em defesa de elenco após goleada Técnico do Corinthians avalia possibilidade de reforços, mas sai em defesa de elenco após goleada
Mancini fala em acidente de percurso, lembra Flamengo e mantém Timão na briga por Libertadores Mancini fala em 'acidente de percurso', lembra Flamengo e mantém Timão na briga por Libertadores

Em novembro de 2020, a Justiça determinou o prazo de 15 dias para o pagamento da indenização - o valor inicial, em junho do ano passado, era de R$19,5 milhões, mas foi corrigido e chegou na casa dos R$22 milhões.

O atual prefeito da cidade, Bruno Covas (PSDB), entendeu que não seria viável perdoar a dívida já que o processo já foi finalizado pela Justiça. O chefe do município vetou o Projeto de Lei de Rodrigo Goulart (PSD) - filho de Antônio Goulart (ex-presidente do Conselho do Corinthians). Segundo Rodrigo, o projeto previa a derrubada da ação e, portanto, caso tivesse sido aprovado, não obrigaria o Corinthians a efetuar o pagamento .

Ainda segundo a reportagem, a estratégia do Corinthians agora é utilizar o Programa de Parcelamento Incentivado (PPI), que só deve ser aberto nos próximos meses pela prefeitura da cidade. O PPI oferece oportunidade para pessoas físicas ou jurídicas quitarem seus débitos perante ao município com a cessão de benefícios.

Veja mais em: Diretoria do Corinthians, Parque São Jorge e Processos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians está nas quartas de final da Libertadores

    Corinthians vence nos pênaltis em noite inspirada de Cássio e elimina o Boca Juniors na Libertadores

    ver detalhes
  • João Victor foi titular diante do Boca Juniors nesta terça-feira, mas deixou o campo ainda no primeiro tempo

    João Victor deixa hotel do Corinthians e viaja para assinar com o Benfica

    ver detalhes
  • Corinthians eliminou o Boca Juniors e a Fiel comemorou bastante nas redes sociais

    Cássio exaltado e brincadeiras com Benedetto marcam classificação do Corinthians na Libertadores

    ver detalhes
  • Vítor Pereira celebrou o espírito de luta dos seus jogadores nesta terça-feira

    VP usa lema da torcida após vaga do Corinthians e assegura: 'Vitória para ficar na história'

    ver detalhes
  • Cássio foi eleito o melhor do Corinthians diante do Boca Juniors

    Gigante beira o dez e é eleito melhor em noite de classificação do Corinthians; reserva é o pior

    ver detalhes
  • Momento em que Willian sentiu o ombro no primeiro jogo contra o Boca Juniors

    Vítor Pereira explica ausência de Willian e valoriza atitude do camisa 10 do Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x