Corinthians tem pior aproveitamento como mandante desde a temporada do rebaixamento

10 mil visualizações 82 comentários

Vagner Mancini no empate entre Corinthians e Vasco, na Neo Química Arena, pelo Brasileirão

Vagner Mancini no empate entre Corinthians e Vasco, na Neo Química Arena, pelo Brasileirão

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

O Corinthians fechou no último domingo a sua última partida da temporada 2020 como mandante e selou um retrospecto bem ruim nesse sentido. Desde 2007, ano que culminou no rebaixamento da equipe para Série B do Campeonato Brasileiro, o Timão não tinha um desempenho tão ruim dentro dos seus domínios - vale lembrar que a atual temporada foi disputada quase toda com portões fechados.

Ao todo, foram 29 jogos realizados pelo Timão dentro da Néo Química Arena, com 13 vitórias, dez empates e seis derrotas, um aproveitamento de 56,3% dos pontos disputados, com direito a uma eliminação na Libertadores, contra o Guaraní, e a uma derrota por 1 a 0 contra o América-MG, determinante para a queda na Copa do Brasil.

A última vez em que o clube do Parque São Jorge havia tido um desempenho tão frágil como dono da casa havia sido justamente na temporada de 2007, com uma fraca campanha no Paulista, queda precoce na Copa do Brasil e na Sul-Americana e, o pior de tudo isso, rebaixamento no Brasileiro.

Notícias relacionadas
Notícias relacionadas
Comentarista diz que Corinthians não pode se contentar com vaga na Sul-Americana: Apequenamento Comentarista diz que Corinthians não pode se contentar com vaga na Sul-Americana: 'Apequenamento'
Torcida pede saída de quarteto do Corinthians em enquete do Meu Timão; veja resultado Torcida pede saída de quarteto do Corinthians em enquete do Meu Timão; veja resultado
Corinthians lamenta morte de vice-presidente da Federação Paulista por complicações da Covid-19 Corinthians lamenta morte de vice-presidente da Federação Paulista por complicações da Covid-19

Naquela ocasião, os alvinegros disputaram 32 partidas, com 11 vitórias, dez empates e 11 derrotas, totalizando 50% de aproveitamento. No jogo mais marcante, o time acabou perdendo por 1 a 0 para o Vasco, em um Pacaembu lotado, encaminhando sua queda.

No período pós-queda, chama a atenção o fato de os três piores desempenhos como mandantes serem justamente do último triênio. O aproveitamento foi de 63% em 2018, 59% em 2019 e caiu para os atuais 56% em 2020/21.

Em termos de destaque positivo, os melhores anos neste sentido foram 2008, 2010, 2015 e 2016, todos com um aproveitamento acima dos 75% dos pontos disputados, com incríveis 84% em 2008, ano em que o clube disputou a Série B.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro e Retrospecto do Corinthians.

Veja Mais:

  • Decisão entre Corinthians e Boca Juniors, na Libertadores, terá transmissão na TV aberta e fechada

    Saiba onde assistir à decisão entre Corinthians e Boca Juniors pela Libertadores

    ver detalhes
  • Bahia assinou seu primeiro contrato profissional com o Corinthians

    Destaque do Corinthians e da Seleção Sub-17 assina primeiro contrato profissional; saiba detalhes

    ver detalhes
  • Corinthians encontra o Boca Juniors na decisão de uma vaga nas quartas de final da Libertadores

    Corinthians visita o Boca Juniors em decisão pelas oitavas de final da Libertadores; saiba tudo

    ver detalhes
  • Torcedores do Boca Juniors fizeram foguetório em frente ao hotel do Corinthians na madrugada anterior à decisão na Libertadores

    Torcedores do Boca Juniors fazem foguetório em frente ao hotel do Corinthians durante a madrugada

    ver detalhes
  • Cássio é um dos atletas que está na Argentina para enfrentar o Boca Juniors

    Corinthians chega na Argentina e tem 25 relacionados para decisão com o Boca Juniors; veja lista

    ver detalhes
  • Cássio acredita em classificação do Corinthians às quartas de final da Libertadores 2022

    Cássio projeta ‘batalha’ contra o Boca Juniors e diz não ter dúvida em classificação do Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x