Donelli cresce no segundo tempo e fica com saldo positivo em estreia; atacante tem pouco tempo

3.6 mil visualizações 43 comentários

Donelli fez seu primeiro jogo como profissional do Corinthians

Donelli fez seu primeiro jogo como profissional do Corinthians

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

O Corinthians chegou para o clássico contra o Palmeiras com uma série de problemas, com mais de dez desfalques. O cenário, então, possibilitou mais chances para a base alvinegra. Já sem Walter e com Cássio infectado pelo Covid-19, Matheus Donelli fez sua estreia pelo time profissional.

Além do arqueiro, quem também pisou em campo pela primeira vez com o grupo principal foi o atacante Antony, já nos minutos finais. Como de costume, então, o Meu Timão preparou uma análise dos estreantes da noite na Neo Química Arena.

Matheus Donelli

Melhor goleiro da última Copa do Mundo Sub-17 e cercado de expectativa pela Fiel, Donelli não demorou muito a tomar seu primeiro gol. Em erro de Cantillo, o garoto nada pôde fazer para evitar o gol de Lucas Lima. Pouco depois, Gabriel Silva também recebeu cara a cara com ele.

Não bastassem os gols, o garoto parecia um pouco nervoso nas saídas e chegou a dar susto em lance que estava impedido do ataque rival - a bola parou na trave. Com o tempo, porém, o jovem arqueiro se soltou.

Na segunda etapa, foram ao menos duas intervenções importante de Donelli, uma delas digna do seu ídolo Cássio - Victor Luis chutou forte, a bola desviou e ele foi buscar no cantinho com a ponta dos dedos.

Donelli fez grande defesa no segundo tempo e evitou a derrota

Donelli fez grande defesa no segundo tempo e evitou a derrota

Reprodução/TV

Além das duas grandes defesas, o goleiro também começou a sair melhor com as mãos em lances de bola alçada na área, afastando jogadas de perigo do Palmeiras. Com esses minutos finais, o saldo do garoto ficou positivo.

Antony

Forte fisicamente e com 1,90m de altura, Antony já entrou no final para fortalecer o ataque alvinegro e aumentar a estatura do time. Com menos de dez minutos para mostrar serviço, pouco pegou na bola e não conseguiu mostrar muita coisa.

Nas categorias de base, já jogou aberto e por dentro, podendo ser uma alternativa para jogos brigados como o desta quarta-feira ou até mesmo para ter a estatura de Jô, mas com mais mobilidade por dentro.

Veja mais em: Matheus Donelli, Base do Corinthians e Corinthians Sub-20.

Veja Mais:

  • Empossado no dia 4 de janeiro, Duilio Monteiro Alves completa cem dias como presidente do Corinthians

    100 dias do novo presidente do Corinthians: foco nas finanças, zero contratações e marketing em alta

    ver detalhes
  • Corinthians perdeu para a Ferroviária fora de casa

    Corinthians cai de produção no segundo tempo, sofre virada e perde a primeira na temporada

    ver detalhes
  • Luan dá bela assistência para gol de Camacho em derrota do Corinthians

    Luan se destaca e é eleito o melhor do Corinthians contra Ferroviária; Jô beira o zero e é o pior

    ver detalhes
  • Luan ganhou a posição no duelo da noite desta terça-feira

    Mancini aprova pedido por sequência de Luan no Corinthians, mas avisa: 'Já dei chance antes'

    ver detalhes
  • Vagner Mancini durante jogo entre Corinthians e Ferroviária, na Fonte Luminosa

    Luan em alta, revolta com Mancini e erro de promessa: Fiel repercute derrota do Corinthians

    ver detalhes
  • Time tradicional do Uruguai fecha o grupo do Corinthians

    Corinthians conhece último adversário da fase de grupos da Copa Sul-Americana

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x