Técnico do Corinthians avalia novidades na escalação e explica porque não utilizou Biro

10 mil visualizações 73 comentários

Por Meu Timão

Vagner Mancini no jogo contra a Ponte Preta, na Neo Química Arena, pelo Campeonato Paulista

Vagner Mancini no jogo contra a Ponte Preta, na Neo Química Arena, pelo Campeonato Paulista

Agência Corinthians

Diferente do que grande parte da torcida estava esperando, o jovem Biro sequer entrou em campo neste domingo. Vagner Mancini preferiu passar Bruno Méndez para a lateral esquerda e promover a estreia de João Victor na lateral direita durante a vitória por 2 a 1 sobre a Ponte Preta, pelo Paulistão.

Em entrevista após o apito final na Neo Química Arena, o treinador do Corinthians explicou suas escolhas na formação inicial e justificou a ausência de Biro, garoto de 16 anos que passou a treinar de fato com o profissional na semana passada.

"A escolha pelo Bruno foi muito mais em cima da capacidade, da condição que o atleta vem mostrando, não só como zagueiro e lateral direito. Hoje, ele cumpriu uma função diferente e foi muito bem de novo. Por quê? Porque tem jogo aéreo, porque tem força física. A entrada do Biro seria uma entrada natural, a partir do momento em que o menino já estivesse com um tempo maior com a gente. Ele veio ontem, apenas. Então, é difícil você em um treinamento só, você passar aquilo que você quer e tentar tirar do jogador o máximo que ele pode, porque também quando você coloca um atleta muito jovem em campo, você também está modificando o seu grau de ambiente. Você joga pra ele uma pressão, até então não exercida na carreira dele. Então, a partir do momento que ele tiver um tempo maior com a gente, certamente ele vai ter oportunidade. Então, isso acabou pesando", destrinchou.

"Eu achei mais coerente que o Bruno fizesse, embora a gente ficasse um pouco tenso. Mas, acho que ele até arriscou bem umas subidas ao ataque no início do jogo e se comportou muito bem. A utilização do João do outro lado foi muito em cima daquilo que eu vi do João lá no Atlético-GO. Ele atuou várias vezes nessa função, é um atleta que ele tem uma facilidade, por ser rápido, de ocupar bem a lateral do campo. Então, dentro do corredor ele foi peça muito importante no primeiro tempo e no segundo tempo quando teve que marcar melhor o Moisés e ficar um pouco mais ali resguardado, também se saiu muito bem", concluiu.

O Corinthians terá uma semana para descansar e só volta a entrar em campo na tarde do próximo domingo, às 16h, contra o São Caetano, fora de casa. Há a expectativa de que alguns dos atletas contaminados pela Covid-19 voltem a ficar à disposição neste compromisso.

Veja mais em: Guilherme Biro, Vagner Mancini, João Victor e Bruno Méndez.

Veja Mais:

  • Ramiro é um dos únicos titulares do duelo com o Guarani relacionado para enfrentar a Ferroviária

    Com mudanças, Corinthians visita Ferroviária para manter invencibilidade na temporada; saiba tudo

    ver detalhes
  • Luan disputou seis jogos pelo Corinthians em 2021

    Luan desabafa sobre falta de oportunidades com Mancini no Corinthians: 'Sou o único sem sequência'

    ver detalhes
  • Cazares deixa o Corinthians para acertar com o Fluminense

    Corinthians libera Cazares para acertar com o Fluminense

    ver detalhes
  • Será que a equipe do Léo Santos venceu o minijogo que rolou na atividade? Se liga na alegria do...

    Corinthians inscreve Léo Santos no Campeonato Paulista; restam três vagas na lista A

    ver detalhes
  • Ramiro é o único titular dentre os jogadores de linha presente entre os relacionados

    Corinthians muda quase todo o time e relaciona 22 jogadores para encarar a Ferroviária; veja a lista

    ver detalhes
  • Nova escalação e venda de Bruno Méndez podem salvar o Corinthians

    VÍDEO: Nova escalação e venda de Bruno Méndez podem salvar o Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x