Dida ou Cássio: quem foi melhor nos pênaltis pelo Corinthians? Meu Timão checou

44 mil visualizações 431 comentários

Goleiros dos títulos mundiais do Corinthians, Dida e Cássio têm duelo equilibrado no assunto pênalti

Goleiros dos títulos mundiais do Corinthians, Dida e Cássio têm duelo equilibrado no assunto pênalti

Meu Timão

Quem é melhor na hora de pegar pênaltis no Corinthians: Dida ou Cássio? O tema foi levantado nas redes sociais após mais uma boa participação do Gigante neste quesito durante a semana e motivou o Meu Timão a buscar os números do histórico goleiro do fim dos anos 90 começo dos anos 2000.

Com duas temporadas pelo clube, Dida teve de encarar 36 cobradores de pênalti pela sua frente, pouco mais de um terço dos 107 que Cássio completou contra o Retrô. E, ao menos até aqui, a vantagem vai para Cássio nos números - e também nas disputas decididas da marca da cal.

Um dos melhores atletas da posição na história, Dida defendeu sete das 36 cobranças com a camisa do Timão e ainda viu três delas irem para fora. Os 26 gols totalizam 72% dos pênaltis sendo convertidos, porcentagem um pouco maior que a de Cássio, hoje em 70% após a classificação de sexta-feira.

O melhor ano de Dida pelo Corinthians foi logo o primeiro, quando metade dos oito pênaltis batidos contra a sua meta não entraram. Além de defender os dois de Raí, na histórica semifinal do Brasileiro de 1999, pegou um de Marcelo Souza, do Guarani, e viu Luisinho Netto, do Athletico, bater para fora.

No ano seguinte, encarou 21 pênaltis, defendendo três, vendo dois irem para fora e levando 16 gols. É óbvio, porém, que são muito mais marcantes os feitos de defender os pênaltis de Anelka e Gilberto no Mundial do que de levar dois gols de Esteche, do Olimpia, durante a Libertadores.

Dida tem seus grandes momentos no Corinthians eternizados nos pênaltis, o que contribui até para elevar a percepção da sua eficiência - com certa justiça. Na segunda passagem, por exemplo, levou 6 gols em 7 pênaltis batidos, mas defendeu um de França, decisivo para o Corinthians eliminar o São Paulo na Copa do Brasil. Cássio, porém, não fica atrás com suas atuações enormes frente a São Paulo e Palmeiras, por exemplo.

Não à toa os dois goleiros dos títulos mundiais do Timão, Dida e Cássio têm também bom aproveitamento nas disputas decididas na marca do pênalti, com leve vantagem para Cássio. Em jogos oficiais, o Gigante venceu oito disputas e perdeu quatro. Dida, por sua vez, venceu duas - uma delas a do título - e perdeu uma - essa sem praticar nenhuma defesa.

Como o atual camisa 12 ainda tem mais alguns anos de contrato e atividade, as porcentagens podem (e devem) ser alteradas até o encerramento da sua passagem pelo Timão. Por enquanto, porém, ele pode dizer que foi mais efetivo que o Rei dos Pênaltis no clube.

Raio-X dos gigantes (com vídeos dos destaques):

Pênaltis Dida

36 batidos
26 gols sofridos (72%)
7 defesas do Dida (19%)
3 chutes para fora/na trave (9%)
2 vitórias em 3 disputas diretas

Pênaltis Cássio

107 batidos
75 gols sofridos (70%)
20 defesas do Cássio (19%)
12 chutes pra fora/na trave (11%)
8 vitórias em 12 disputas diretas

Veja mais em: Cássio, Ídolos do Corinthians e Jogos Históricos.

Veja Mais:

  • Vagner Mancini confirma lista de relacionados com mudanças em meio a maratona de jogos

    Corinthians divulga lista de relacionados com 22 nomes para duelo com Ituano; saiba as opções

    ver detalhes
  • Corinthians estreia com vitória sobre Napoli no Brasileirão Feminino

    Corinthians domina Napoli e estreia com vitória no Brasileiro Feminino

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel pediu o desligamento de Mancini do cargo de técnico do Corinthians

    Em nota, Gaviões da Fiel cobra jogadores do Corinthians e pede demissão de Vagner Mancini

    ver detalhes
  • Corinthians teve 45 vagas para preencher na Copa Sul-Americana; clube já enviou sua lista de jogadores

    Corinthians envia lista de inscritos da Copa Sul-Americana; aumento de vagas no torneio facilitou

    ver detalhes
  • Fábio Santos e Luan comemorando o gol do lateral contra o São Bento, na Neo Química Arena

    Corinthians volta a jogar mal e fica apenas no empate com São Bento em retorno à Neo Química Arena

    ver detalhes
  • Luan volta a se destacar pelo Corinthians

    Luan volta a ser o melhor em campo em empate do Corinthians; Mancini beira o zero e é o pior

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x