Fabrício Oya espera volta ao Corinthians e comenta falta de chances: 'Não entendo o por quê'

2.7 mil visualizações 66 comentários

Por Meu Timão

Fabricio Oya tinha contrato com o Corinthians até o fim do ano, mas foi liberado para o time de Belarus

Fabricio Oya tinha contrato com o Corinthians até o fim do ano, mas foi liberado para o time de Belarus

Rodrigo Gazzanel / Agência Corinthians

O meia Fabrício Oya, agora no Torpedo Zhodino, de Belarus, espera um dia poder voltar ao Corinthians como o jogador pronto que nunca conseguiu ser no clube. Ainda que considere ter merecido mais chances no profissional, o jovem armador acredita que acabou ficando para trás com o passar do tempo.

"Cara, essa foi uma pergunta que me fiz durante os dois anos em que fui emprestado (para São Bento e Oeste), até antes de eu subir, antes daquela Copinha, achava que poderia ter subido junto com Guilherme Mantuan e Pedrinho (em 2017)", comentou Oya, em entrevista concedida ao Ge.

"Mas acreditei no projeto deles, que eu deveria ter paciência, que era novo. E eu concordei, sempre fui avançado, jogava na categoria de cima, pediram paciência para o meu amadurecimento, mas o tempo foi passando. E até hoje não entendo muito o porquê, por tudo o que conquistei. Espero que um dia quem sabe eu volte e continue minha história", prosseguiu.

Na conversa, Oya ainda conseguiu explicar o tamanho do Torpedo Zhodino, clube pelo qual estreou na terça-feira, disputando a Copa local, e voltou a atuar neste final de semana, entrando durante a derrota para o Slutsk.

"Eu já sabia do clube, pois tenho dois colegas que jogavam aqui (Gabriel Ramos e Lipe Veloso, hoje no Riga FC, da Letônia), já tinha visto no Instagram. Foi surpresa e animação. Fui olhar para saber como era o campeonato, o que disputavam, se era time de topo de tabela e fui perguntar aos dois colegas para saber sobre tudo. Fiquei bem contente", começou o jogador.

"É um time que tem uma história em Belarus, nunca foi time de baixo de tabela, sempre terminou entre os seis primeiros. E no ano passado, com o investimento, terminou em terceiro e classificou para os playoffs da Liga Europa. Isso me chamou a atenção, essa oportunidade, esse investimento que estão fazendo. Esse ano estamos na semifinal da Copa de Belarus. Se a gente ganhar, eliminamos uma fase da Liga Europa, então estamos dando o máximo", concluiu Oya.

Veja mais em: Fabricio Oya e Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Robson Bambu e Willian participam de penúltimo treino do Corinthians antes de enfrentar o São Paulo

    Corinthians divulga relacionados para partida contra o São Paulo; veja a lista

    ver detalhes
  • Atacante Giovane está mais perto de ser adquirido em definitivo pelo Corinthians

    Corinthians agenda reunião para definir compra definitiva de Giovane

    ver detalhes
  • Matheus Araújo foi procurado pelo Sporting, mas negócio não avançou

    Corinthians recusa investida do Sporting por meia das categorias de base

    ver detalhes
  • Cássio já enfrentou rivais mais de 100 vezes com a camisa do Corinthians

    Cássio pode passar Ronaldo em número de clássicos pelo Corinthians; veja detalhes

    ver detalhes
  • Entre outubro de 2018 e dezembro de 2021, Michel Macedo atuou em apenas 30 jogos, com um gol marcado; lateral-direito conquistou o Estadual de 2019

    Corinthians é acionado na Justiça pelo lateral Michel Macedo com pedido de indenização milionária

    ver detalhes
  • Raul Gustavo vem se destacando na equipe de Vítor Pereira

    Raul Gustavo avalia sequência invicta do Corinthians e projeta clássico contra o São Paulo

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x