Mancini se esquiva, mas indica perda de espaço de trio no Corinthians: 'Precisamos ser realistas'

34 mil visualizações 258 comentários

Jemerson vem sendo titular absoluto do Corinthians, mas incerteza sobre permanência deve atrapalhar sequência

Jemerson vem sendo titular absoluto do Corinthians, mas incerteza sobre permanência deve atrapalhar sequência

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

O técnico Vagner Mancini não quis ser definitivo, mas deu a entender que Jemerson, Otero e Cazares realmente não devem ficar no Corinthians após o término do contrato do trio, determinado para 30 de junho. Em um discurso no qual assegurou alinhamento ao que comentou a diretoria no dia anterior, o treinador foi questionado se os três ficarão mais tempo no banco de reservas daqui para frente.

"A situação do Corinthians já foi delineada ontem (sexta) e hoje (sábado), através das entrevistas. O mais importante é entender a situação do clube. É um ano diferente no Corinthians, temos que entender muita coisa que está acontecendo e jogar junto. Não podemos de maneira alguma passar uma forte impressão daquilo que não vai acontecer", começou Mancini, ampliando discurso.

Depois de falar sobre a necessidade de usar as categorias de base e até da possibilidade de contratações durante a temporada, ele retomou ao tema em questionamento posterior. Segundo ele, mesmo que seja nos próximos dois meses, todos integrarão o elenco e podem receber chances, ainda que sem tanto espaço como anteriormente.

"São atletas que são do clube até junho, independente daquilo que vai acontecer, que não cabe a mim. Então eu não posso de maneira alguma abrir mão de nada. Enquanto eles forem atletas do clube, serão usados. A partir do momento que algum tipo de negociação interferir nisso, aí a diretoria vai saber o momento certo de chamar o jogador e de executar aquilo que precisa ser executado", explicou.

Mancini viveu situação parecida no ano passado com o atacante Mauro Boselli, que soube dois meses antes do fim de 2020 que não teria seu vínculo renovado. Na ocasião, ainda que discursasse contar com o argentino, não o utilizou uma vez sequer entre novembro e dezembro.

O cenário, principalmente com Jemerson e Cazares, é diferente. Enquanto Boselli era apenas opção, ambos são considerados titulares do time na melhor fase de Mancini. O zagueiro, por exemplo, começou e terminou todas as partidas da temporada. Otero vem ganhando espaço, mas está longe de ser unanimidade.

"Neste momento, precisamos voltar todas as nossas forças para a base do clube, que tem atletas interessantes e por isso estão sendo aproveitados. Nós temos sim atletas de qualidade e por isso estamos tentando mesclar. Hoje temos no elenco 60% de atletas que são oriundos da base. Isso é muito importante para equilibrar o clube. Quando a gente fala que 2021 é um ano importante para o clube, nós estamos obviamente falando da parte econômica e financeira. Não estamos reestruturando só o elenco com esses jovens valores, mas também o clube, abaixando folha salarial. O mais importante é aquilo que foi dito lá no começo, que todo mundo precisa dar as mãos. Não estamos em estado de choque, não é isso, mas precisamos ser realistas", concluiu.

E mais: assista à entrevista de Mancini com reação do Meu Timão

Veja mais em: Vagner Mancini, Jemerson, Otero e Cazares.

Veja Mais:

  • Boca Juniors vai pagar menos por casos de racismo do que Corinthians por infração a artigo que trata de propaganda no banco de reservas

    Conmebol multa Boca por racismo; valor é menor que pena ao Corinthians por propaganda no banco

    ver detalhes
  • Fagner correu ao redor do gramado nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava

    Fagner inicia transição e elenco do Corinthians faz treino em casa após empate no Majestoso

    ver detalhes
  • Torcedor do Corinthians precisa parar de procurar problema onde não tem

    [Mayara Munhoz] Torcedor do Corinthians precisa parar de procurar problema onde não tem

    ver detalhes
  • Cássio precisou deixar o jogo contra o São Paulo nos minutos finais

    Exames não apontam lesão grave em Cássio, mas goleiro segue como dúvida contra o Always Ready

    ver detalhes
  • Nos últimos 630 minutos de bola rolando do Corinthians, Vítor Pereira utilizou Róger Guedes em apenas 27% do período

    Róger Guedes perde espaço com Vítor Pereira e atua apenas 27% dos minutos do Corinthians em maio

    ver detalhes
  • O Corinthians entra em campo nesta quinta-feira, contra o Always Ready, atrás de uma classificação para as oitavas de final da Libertadores

    Corinthians tem semana com jogo decisivo na Libertadores, Brasileiro, feminino, base e futsal; veja

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x