Kemelli fala sobre briga pela titularidade do Corinthians e revela possível revezamento no gol

1.8 mil visualizações 16 comentários

Por Julia Raya e Raul Moura

Kemelli é uma das três goleiras do Corinthians para a temporada

Kemelli é uma das três goleiras do Corinthians para a temporada

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O Corinthians se reforçou para a disputa da temporada 2021 no futebol feminino. Uma das atletas contratadas, a goleira Kemelli chegou para disputar a titularidade do Timão e falou como vê a briga pela posição.

A jogadora chegou ao Corinthians depois de passagem pelo Internacional, mas o Timão não é sua primeira equipe no estado de São Paulo - ela já defendeu o Santos. De volta à região Sudeste do país, a corinthiana falou como tem sido disputar a titularidade da equipe.

"Estou muito feliz em voltar ao maior estado do futebol feminino. Sempre teve um estadual muito forte, e a briga aqui vai ser grande pela titularidade. O Corinthians sempre teve grandes goleiras e eu respeito muito a história de cada uma. Por ser tão grande, significa que precisa de pessoas grandes. Me sinto grande pra essa briga. A gente tem se ajudado muito, não tem isso de quem vai jogar ou não, a gente pensa muito no coletivo, isso nos torna grandes. Quem joga representa as três, quem está de fora sabe que no próximo pode estar lá. É uma briga saudável, uma sempre ajudando a outra, e é sempre bom disputar com as melhores porque isso te torna melhor. Fico feliz de viver essa briga, espero poder fazer um grande ano, todas nós, no gol do Corinthians", analisou, em entrevista coletiva.

"Acredito que me ajudou sim, trabalhar com times grandes traz responsabilidade, é maior, então já vim adaptada a isso. E trabalhar com pessoas grandes também. Eu fico muito feliz de estar aqui, trabalhando com as meninas, o Ed. São todos grandes, estão aqui há tempos, e para isso tem que ser muito bom. Ficou feliz de estar aqui, acredito que todos estão me agregando muito, como pessoas, atletas, o Ed é um cara sensacional, tem em ajudado em detalhes, para me tornar uma goleira melhor, ser uma goleira moderna, que trabalha com os pés... isso faz com que minha evolução seja grande", completou logo em seguida.

Kemelli chegou ao Corinthians para suprir uma grande baixa entre as temporadas 2020 e 2021. A jovem arqueira foi contratada depois de Lelê, titular absoluta, deixar a equipe. Agora, o Timão conta com Tainá e Paty, além de Kemelli, para a posição. De olho na temporada agitada que o clube promete ter, com disputa do Brasileiro, Paulista e Libertadores, a arqueira falou sobre um possível revezamento na meta corinthiana.

"Acho que ele possa sim fazer isso, não sei se vai, mas acho que pode sim. Temos elenco pra isso, goleira suficiente pra isso, pra dar oportunidade também. Cada uma jogar uma competição, revezar, pode acontecer. Acho que ele pensa nisso sim, ele dá oportunidade para todas de forma igual. Isso é muito bacana", garantiu.

Veja mais em: Corinthians Feminino.

Veja Mais:

  • Jemerson pode ter feito seu último jogo pelo Corinthians neste domingo

    Corinthians confirma lesão muscular de Jemerson; Dérbi pode marcar despedida

    ver detalhes
  • Corinthians vence Grêmio por 3 a 1 no Brasileirão Feminino

    Corinthians cresce no segundo tempo, vence Grêmio e assume a liderança do Brasileirão Feminino

    ver detalhes
  • Imagem começou a circular nas redes sociais nesta segunda-feira

    Checamos: imagem de reunião do Corinthians entre Duilio e Renato Gaúcho é montagem

    ver detalhes
  • Corinthians se reapresenta ao CT Joaquim Grava após derrota para o Palmeiras

    Sob comando de interinos, Corinthians se reapresenta ao CT e inicia preparação para Sul-Americana

    ver detalhes
  • Renato Gaúcho é o preferido da Fiel para assumir o clube

    Torcida do Corinthians escolhe favorito para assumir cargo de treinador; veja resultado da enquete

    ver detalhes
  • Olha o que novo técnico do Corinthians vai encontrar

    VÍDEO: Olha o que novo técnico do Corinthians vai encontrar

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x