Jô diz que cometeu 'pequeno erro' por ida a resort em folga no Corinthians: 'Não fui irresponsável'

13 mil visualizações 134 comentários

Otero e Jô protagonizaram a cena polêmica no mês passado

Otero e Jô protagonizaram a cena polêmica no mês passado

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

O centroavante Jô comentou nesta segunda-feira sobre um assunto já um pouco antigo, mas que marcou bastante o início de temporada no Corinthians. Na sua visão, ele e o meia Otero não fizeram nada grave ao frequentar um resort em meio à pandemia e a um surto de Covid-19 no elenco do Corinthians. O problema foi expor isso.

"Até falei desse assunto logo que aconteceu. Resolvemos internamente, mas houve, sim, um pequeno erro na questão da exposição. Estava em um dia de folga com a minha esposa num resort, seguindo todos os protocolos, em nenhum momento eu fui irresponsável", contou o jogador, em entrevista à ESPN.

"Não estava fazendo festa nem nada, segui os protocolos de um resort grande. Mas eu não deveria ter feito essa exposição. Por isso eu pedi desculpa aos meus amigos e companheiros", continuou Jô. Nem ele nem Otero foram punidos, apenas tiveram uma "conversa interna" na definição de Vagner Mancini.

Depois de bater a Ponte Preta por 2 a 1, em março, Jô e Otero resolveram ir a um resort para aproveitar o dia de descanso após o elenco, todo remendado, passar sem derrotas pelo início do ano. Por conta dessa situação, as fotos da dupla no local com outras pessoas, inclusive dentro de uma piscina, revoltaram a Fiel. As críticas, por sinal, foram ironizadas pelo atleta.

"Hoje em dia a gente vive num mundo em que ninguém erra, as pessoas julgam mesmo. Com a minha família está tudo muito bem, me posicionei na questão de qual foi o erro e vida que segue", observou atacante, que ainda tratou do seu momento técnico na conversa com a reportagem.

"Não me incomodam as críticas e comparações, são normais no futebol. Ser o mesmo jogador de quatro anos atrás ninguém consegue. Sou o Jô de 2021 e posso dar o meu melhor para ajudar a equipe. Posso fazer coisas diferentes dentro do que o meu corpo hoje permite. Aceito as críticas de que perdi mobilidade, velocidade, é natural, mas tenho certeza que ainda consigo fazer muitas coisas boas", concluiu.

Veja mais em: e Otero.

Veja Mais:

  • Em 2016, o Corinthians comprou 50% dos direitos econômicos de Marlone por R$ 4 milhões; pelo acordo, o Timão pagaria duas parcelas de R$ 500 mil e outras 20 parcelas mensais de R$ 150 mil

    Corinthians tenta efeito suspensivo para evitar cobrança de R$ 2,1 milhões na Justiça, que é negado

    ver detalhes
  • Último jogo do Corinthians no domingo à tarde na Neo Química Arena foi contra o Vasco, no Brasileiro

    Corinthians vai atuar pela primeira vez na temporada em um domingo à tarde; relembre horários

    ver detalhes
  • Pedrinho anota o primeiro gol do Corinthians no Brasileirão Sub-17

    Corinthians supera o Internacional e estreia com vitória no Brasileirão Sub-17

    ver detalhes
  • Corinthians conheceu detalhes de seu último compromisso na fase de grupos do Paulista

    Jogo entre Corinthians e Novorizontino é confirmado à tarde; jogos da rodada serão no mesmo horário

    ver detalhes
  • Camacho em ação contra o Atlético-GO pelo Campeonato Brasileiro do ano passado

    CBF define data e horário para a terceira fase da Copa do Brasil; Corinthians encara o Atlético-GO

    ver detalhes
  • Fábio Carille não esconde incômodo com declaração de Andrés Sanchez

    Carille diz que ficou 'muito chateado' com declaração de Andrés Sanchez: 'Não falo mais com ele'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x