Marlone, Romero, Arana e Elias: Corinthians lembra cinco anos da maior goleada na Neo Química Arena

9.8 mil visualizações 68 comentários

Por Meu Timão

Elias e Guilherme Arana foram dois dos jogadores que participaram com gols da goleada

Elias e Guilherme Arana foram dois dos jogadores que participaram com gols da goleada

Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Desde maio de 2014, o Corinthians manda seus jogos na Neo Química Arena, estádio do clube. Ao longo dos anos, o Timão construiu memórias inesquecíveis em Itaquera e, uma delas, completa cinco anos nesta terça-feira.

No dia 20 de abril de 2016, o Corinthians aplicou a maior goleada da história da Neo Química Arena até o presente momento. Já classificado para a as oitavas da Libertadores naquele ano, o Timão fechou a última rodada da fase de grupos com chave de ouro diante do Cobresal, do Chile.

Naquela oportunidade, o técnico Tite foi a campo com Cássio; Edílson, Vilson, Balbuena e Guilherme Arana; Willians, Maycon, Romero, Rodriguinho e Marlone; Luciano - Elias, Cristian e Alan Mineiro entraram no decorrer da partida nos lugares de Willians, Rodriguinho e Marlone, respectivamente.

O Corinthians venceu o Cobresal por 6 a 0 e a equipe chilena, apesar de já estar eliminada da competição, não pretendia facilitar para o time do Parque São Jorge. Nas redes sociais, o clube relembrou o feito: "A maior goleada do Corinthians por aqui completa cinco anos" - veja os gols do Corinthians abaixo.

O resultado começou a ser construído aos nove minutos de jogo, quando Marlone, de cabeça, abriu o placar. Poucos minutos depois, foi a vez de Romero invadir a área, driblar o goleiro e marcar o segundo.

No final da primeira etapa, Marlone conseguiu deixar mais um. Aos 39, o jogador recebeu um cruzamento de Edilson, matou no peito e finalizou com um voleio. Antes que os primeiros 45 minutos pudessem terminar, Guilherme Arana, cria da base alvinegra, marcou o quarto gol da goleada aos 44 minutos de jogo.

Aumentar a goleada significaria ultrapassar o Atlético-MG e ocupar a terceira melhor campanha da competição. O quinto gol saiu dos pés de Elias, três minutos depois do jogador entrar em campo. O placar se movimentou pela última vez aos 31 minutos da segunda etapa, quando o paraguaio Ángel Romero marcou seu segundo gol e o sexto do Timão.

Apesar da campanha e da goleada, o Timão não conseguiu chegar longe na competição daquele ano. A equipe acabou se despedindo da Libertadores nas oitavas de final, contra o Nacional, do Uruguai - que se classificou com dois empates ao marcar fora de casa. O primeiro jogo foi 0 a 0 em solo uruguaio e, em Itaquera, 2 a 2.

Confira a publicação do Corinthians e os gols da maior goleada na Neo Química Arena

Veja mais em: Libertadores da América e Neo Química Arena.

Veja Mais:

  • Fagner correu ao redor do gramado nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava

    Fagner inicia transição e elenco do Corinthians faz treino em casa após empate no Majestoso

    ver detalhes
  • Cássio precisou deixar o jogo contra o São Paulo nos minutos finais

    Exames não apontam lesão grave em Cássio, mas goleiro segue como dúvida contra o Always Ready

    ver detalhes
  • Nos últimos 630 minutos de bola rolando do Corinthians, Vítor Pereira utilizou Róger Guedes em apenas 27% do período

    Róger Guedes perde espaço com Vítor Pereira e atua apenas 27% dos minutos do Corinthians em maio

    ver detalhes
  • O Corinthians entra em campo nesta quinta-feira, contra o Always Ready, atrás de uma classificação para as oitavas de final da Libertadores

    Corinthians tem semana com jogo decisivo na Libertadores, Brasileiro, feminino, base e futsal; veja

    ver detalhes
  • Neo Química Arena bateu o recorde de público de 2022 neste domingo; valores arrecadados já ultrapassam o dobro de 2021

    Corinthians dobra bilheteria de toda a temporada 2021 em apenas quatro meses de 2022; veja valores

    ver detalhes
  • Vítor Pereira concedeu entrevista coletiva e falou sobre Róger Guedes

    Vítor Pereira diz que Róger Guedes não está passando confiança nem nos treinos e pede mais empenho

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x