Varanda de falso 9? Técnico do Sub-17 detalha posicionamento do atacante na base do Corinthians

13 mil visualizações 88 comentários

Por Andrew Sousa, Luis Fabiani e Vitor Chicarolli

Rodrigo Varanda tem sido pedido por alguns torcedores como falso 9

Rodrigo Varanda tem sido pedido por alguns torcedores como falso 9

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Questionado pela torcida, Jô perdeu a posição de titular absoluto no ataque do Corinthians. Diante deste cenário, parte da Fiel pede a permanência de Cauê, enquanto outros cogitam uma alternativa diferente: Rodrigo Varanda como falso 9. Escalado mais pela esquerda no profissional, o atleta já atuou assim nas categorias de base.

Treinador do camisa 30 no Sub-17 alvinegro, Gustavo Almeida ressaltou a versatilidade do jogador, que já fez uma série de funções durante seu período de formação no Parque São Jorge.

"Tem jogadores que podem jogar em mais de uma posição, esse é o caso do Rodrigo. Ele atuou comigo como ponta, mas também como 10 e, em momentos centralizado, quando o Cauê não estava. No segundo ano nós passamos a usar dois atacantes e aí essa figura do Falso 9, porque ele precisa dar essa opção, aparecer para jogar quando o time tem a bola. Mas acho que tem jogadores que não precisam ter uma posição só", ressaltou, em participação no quadro Terrão, do canal da Twitch do Meu Timão - clique para seguir.

Além da versatilidade, Varanda também ganhou elogios por sua capacidade. Destaque do Sub-17, o atleta teve pouco de Sub-20 e acabou indo direto para o profissional, onde treinou por meses até ganhar uma sequência como titular no início da atual temporada. Segundo Gustavo Almeida, sempre deu para ver que o atacante era diferenciado.

"Bom, desde o início o Rodrigo se mostrava um jogador com uma categoria diferente. Tanto é que ele teve muitos minutos já no primeiro ano, assim como Belezi, jogadores que no primeiro ano já chegam aproveitando esse tempo em campo. Mostrava qualidade para jogar no profissional, bastante desequilíbrio, coragem, agressividade, correr e competir. São qualidades importantes para jogadores do Corinthians que querem ir mais longe", completou.

Mancini perguntou?

Desde que foi promovido, Varanda já atuou pela direita, pela esquerda e até mesmo por dentro, durante poucos minutos de duelo contra a Ponte Preta. Segundo o treinador do Sub-17, não há um contato direto para entender onde o atleta pode render melhor, mas profissionais da base passam essas informações com frequência para a comissão do time principal.

"Por termos profissionais em que o jogador passa por vários, muitos têm história desde o sub-9 no Corinthians, até futsal, então todos os treinadores têm um conhecimento muito grande sobre eles. Temos responsáveis por fazer essa comunicação que ficam na figura dos coordenadores técnicos, então o Alex faz muito bem isso. Faz uma conexão direta com o pessoal no profissional, então não necessariamente esse contato passa pelo treinador", finalizou.

Fique por dentro da base!

O Meu Timão fala semanalmente com personagens importantes da base alvinegro no quadro Terrão, que vai ao ar todas as terças-feiras na Twitch. Para acompanhar, siga o canal clicando aqui.

Veja mais em: Corinthians Sub-17, Base do Corinthians e Rodrigo Varanda.

Veja Mais:

  • Corinthians finalizou o primeiro treino preparatório para enfrentar o Bahia, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro

    Corinthians se reapresenta e faz treino técnico e de finalizações de olho no duelo contra o Bahia

    ver detalhes
  • Paolo Guerrero deixou o Corinthians em 2015; jogador tem contrato com o Internacional até o final de 2021, mas não deve vir ao Timão

    Diretor de futebol do Corinthians nega procura por Paolo Guerrero: 'Não há interesse'

    ver detalhes
  • Organizadas do Corinthians apoiaram Movimento Salve O Corinthians e reivindicam postura da diretoria

    Movimento de torcedores e organizadas do Corinthians enviam carta com reivindicações à diretoria

    ver detalhes
  • Corinthians x Magnus realizaram clássico nesta quinta-feira

    Corinthians é derrotado pelo Magnus por 3 a 2 em jogo da Liga Nacional de Futsal

    ver detalhes
  • Da venda de Jucilei em 2011 até essas últimas penhoras das cotas do clube, o Caso J. Malucelli passou pela mesa de cinco presidentes: Andrés Sanchez, Mário Gobbi, Roberto de Andrade, Andrés Sanchez e, agora, Duilio Monteiro Alves

    Caso J. Malucelli: Corinthians paga R$ 22 milhões e tenta se livrar de outros R$ 6 mi na Justiça

    ver detalhes
  • Marquinhos começa como reserva, mas tem histórico de gols

    [Publi] Quanto vale um gol de um ex-Corinthians no jogo entre Brasil e Peru nesta quinta?

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x