Mandaca recorda trajetória na Paraíba e 'não' do Corinthians: 'Trabalhei e olha onde estou'

2.1 mil visualizações 27 comentários

Por Meu Timão

Luis Mandaca marcou seu primeiro gol pelo Corinthians em sua estreia diante do Novorizontino

Luis Mandaca marcou seu primeiro gol pelo Corinthians em sua estreia diante do Novorizontino

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Após fazer sua estreia pelo Corinthians com gol na vitória do Timão contra o Novorizontino no último domingo, o jovem Luis Mandaca, de 19 anos, vive um momento especial com a equipe do Parque São Jorge.

O jogador faz a primeira viagem internacional de sua vida para o Uruguai, onde é uma das opções para o técnico Vagner Mancini buscar uma vitória importante contra o Peñarol, às 21h30 desta quinta-feira. Em entrevista ao GloboEsporte.com, o jogador comemorou a oportunidade e relembrou a trajetória até conseguir chegar ao Timão.

"Com 14 anos eu vim fazer teste no Corinthians de lateral-direito, mas não consegui ser aprovado. Do Corinthians eu fui para o Fluminense, mas também não consegui. Nunca desisti. Trabalhei, trabalhei e olha onde eu estou de novo", recorda Mandaca.

Apesar de ter corrido atrás de seus sonhos, o volante lembra que o desejo do avô era outro: queria que o atleta se dedicasse ao exército. Mas Mandaca lembra a luta da mãe, que o levava de bicicleta aos treinos ainda na Paraíba.

"É verdade. Isso chega até a me emocionar. Desde pequeno, vivi muitas dificuldades na minha vida. Tinha dias que não tinha dinheiro para treinar de ônibus. Meu avô tinha uma bicicleta e minha mãe (Irani) me levava: "Vamo simbora" (sic). Eu carrego isso para a vida toda, me dá forças. Quando vem as dificuldades, eu paro para pensar naquilo. Jamais vou parar enquanto não der um futuro melhor para ela", recorda.

O jovem ainda contou que o apelido "Mandaca" vem do bairro Mandacaru, onde sua família ainda vive: "É um bairro em João Pessoa, na Paraíba. É considerado um dos mais perigosos da cidade. Mas nunca deixei de amá-lo, de carregar comigo esse bairro. Tenho orgulho de dizer que moro ali, que cresci ali com a rapaziada. Minha mãe ainda mora lá. Ela e toda a minha família", completou.

Vivendo a expectativa de estrear numa competição internacional pelo Corinthians, Mandaca recordou o primeiro gol pela equipe, justamente em sua estreia oficial. O volante foi lembrado da brincadeira de Fábio Santos, que disse que o Corinthians tem a base mais chorona do Brasil.

"Na hora eu não ia chorar (por ter marcado o gol), mas pensei na trajetória até chegar aqui, no que passei. Não tem como segurar a emoção. O Fábio é brincalhão, gente boa, gosto dele demais. Mas não tem como segurar a emoção. A gente lutou muito para chegar neste momento", disse.

"É uma semana dura para gente. Nunca viajei para fora do país, vou trabalhar forte para poder estrear em um campeonato sul-americano", completou.

Elogiado pelo técnico Vagner Mancini por sua dedicação nos treinamentos e por sua versatilidade dentro de campo, Mandaca afirmou se sentir mais à vontade como primeiro volante, mas que busca dar o máximo e fazer o simples quando é colocado em outra posição.

"Eu me sinto mais à vontade como primeiro volante. Sou aquele volante que marca, o que a torcida gosta, que está sempre brigando, dando carrinho e procurando ajudar a equipe. Saio morto de campo. Na lateral-direita eu fui bem (contra o Novorizontino), pois sou um jogador que onde me botarem vou dar o meu máximo fazendo o simples. Sobre os treinos, sempre me orientaram para não acabar o treino e ir pegar o celular, mas sim para fazer sempre um pouco a mais. Isso sempre me ajuda", finalizou.

O Corinthians entra em campo nesta quinta-feira, às 21h30, para enfrentar o Peñarol, em Montevidéu, no Uruguai. O Timão é o segundo colocado do grupo, empatado com o River Plate-PAR, com quatro pontos.

O adversário desta noite é o líder do grupo, com 9 pontos somados. Vale destacar que apenas o primeiro colocado segue na competição. Assim, o alvinegro do Parque São Jorge precisa da vitória para seguir com chances de continuar na Sul-Americana 2021.

Veja mais em: Luis Mandaca, Base do Corinthians e Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Felipe Oliveira/EC Bahia

    Corinthians melhora no segundo tempo, mas não consegue sair do zero contra o Bahia

    ver detalhes
  • Jô durante o aquecimento no estádio do Pituaçu

    Corinthians multa Jô por conta de chuteira verde contra o Bahia; veja nota oficial

    ver detalhes
  • Adson foi uma das escolhas de Sylvinho neste domingo

    Torcida do Corinthians critica Sylvinho por escalação, mas elogia espaço para base; veja tuítes

    ver detalhes
  • Sylvinho falou sobre alternativas para a escalação do Corinthians

    Sylvinho fala sobre 'alternativas para escalação' e analisa boa recomposição defensiva de Vital

    ver detalhes
  • Sylvinho tem um começo ruim no Corinthians

    Sylvinho tem início igual ao de Coelho e pior que de Mancini no Corinthians; veja números

    ver detalhes
  • Paulinho rescindiu na China e está livre no mercado para assinar com qualquer clube do mundo

    Paulinho rescinde contrato com o Guangzhou Evergrande e está livre no mercado; Corinthians monitora

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x