Corinthians demonstra reação no final, mas não consegue evitar derrota para o Magnus na LNF

3.4 mil visualizações 25 comentários

Corinthians perdeu para o Magnus, no Parque São Jorge

Corinthians perdeu para o Magnus, no Parque São Jorge

Yuri Gomes / Corinthians

Corinthians 4 X 5 Magnus Futsal

Liga Nacional de Futsal 2021
12 de junho de 2021, 11:30
Corinthians 4 x 5 Magnus Futsal
Wlamir Marques

O Corinthians demonstrou muita garra na manhã deste sábado, mas não conseguiu evitar a derrota para o Magnus, de Sorocaba, em partida válida pela Liga Nacional de Futsal (LNF), no Parque São Jorge. A equipe alvinegra perdeu por 5 a 4 - os gols alvinegros foram marcados por Fernandinho, Guilhermão e Marcelo, duas vezes.

Com o resultado, o Corinthians se manteve na quinta colocação, com quatro pontos em três jogos. O Magnus assumiu a liderança do Grupo A, com 14 pontos em seis jogos. Por causa da disputa da Libertadores, o Timão tem três partidas a menos que o líder.

Próximo compromisso - As duas equipes voltam a se enfrentar já nessa semana, na quinta-feira, dia 17, a partir das 20h. O duelo, dessa vez, será disputado na Arena Sorocaba.

As escalações

O Corinthians atuou basicamente com sua equipe Sub-21, com exceção de Rabisco e Fernandinho, em forma de protesto. A decisão foi tomada após a partida ser transferida de domingo para sábado - veja a nota oficial aqui. Sem contar nem com André Bié, o Timão foi então comandado por Gustavo Passos e começou o duelo com o quinteto: Vitinho, João Victor, Marcelo, Fernandinho e Guilhermão. Completaram o elenco disponível: Rabisco, Vanderson, Lucas Rocha, Gabriel Alves, David, Gustavo Bastos e Lucas Martins.

O Magnus começou o jogo com: Djony, Rodrigo, Leandro Lino, Pedrinho e Charuto.

Como foi a partida?

O primeiro tempo foi muito movimentado e o placar foi aberto antes mesmo do relógio marcar um minuto. Aos 55 segundos, Leandro Lino cobrou escanteio, Pedrinho chutou e viu a bola bater na trave e voltou para ele tentar mais uma vez e mandar para o fundo das redes.

Os jovens do Timão sofreram muito com a marcação nos primeiros minutos. A defesa também não conseguiu se encaixar rapidamente. Aos quatro minutos, Guilhermão arriscou de longe e viu a bola ir para fora no que foi a primeira tentativa de ataque da equipe do Parque São Jorge. O Magnus subiu a marcação e não deixou o Timão respirar.

A pressão deu resultado e, aos oito minutos, a equipe de Sorocaba ampliou o placar. Sinoê criou jogada pela esquerda, passou para Lucas Gomes que tentou a finalização e viu a bola desviar na defesa. Ela voltou para Sinoê, que empurrou para o fundo do gol.

Dois minutos depois, o Corinthians fez uma boa jogada trabalhada em cobrança de falta, mas viu o goleiro do Magnus fazer a defesa. Na sequência, após a reposição de bola, Fernandinho roubou a bola da equipe adversário e chutou para o gol, diminuindo para o Timão. 1 a 2.

A reação, porém, foi freada rapidamente. Segundos depois, Leandro Lino, ex-Corinthians, fez boa jogada individual e passou para Charuto, sozinho na área, marcar o terceiro do Magnus. Aos 11 minutos, foi a vez de Lino deixar o seu após uma saída de bola errada do Timão.

Aos 15 minutos, a equipe de Sorocaba errou na saída de bola, Rabisco roubou e tocou para Guilhermão diminuir a desvantagem. 2 a 4. Antes do fim do primeiro tempo, justamente quando o Corinthians começou a crescer no jogo e criar mais importunidade, Baron conseguiu uma boa enfiada de bola para Ricardinho, dentro da área, marcar um golaço de letra - o quinto da equipe adversária.

A segunda etapa foi bem menos movimentada e com menos gols. Os dois times se organizaram melhor, o Corinthians voltou mais concentrado e com a defesa mais funcional. Com o ritmo mais truncado, as duas equipes começaram também a marcar mais faltas.

O Magnus, então, fez a sexta falta e passou a ver o Corinthians cobrar tiros livres sempre que outra falta era marcada. Aos 15 minutos, então, Marcelo cobrou o primeiro tiro livre e ampliou o placar.

Faltando pouco tempo para terminar o duelo, Gustavo Passos optou por colocar Gabriel Alves como goleiro linha e melhorar a organização ofensiva do Timão. Poucos segundos depois, Guilhermão sofreu mais uma falta e Marcelo cobrou outro tiro livre marcando o quarto gol.

O Corinthians ainda tentou pressionar nos segundos finais, mas o jogo acabou com o a vitória do Magnus por 5 a 4.

Veja mais em: Futsal do Corinthians.

Comente a notícia:

x