Joia valorizada há seis anos, Vitinho estreia pelo Corinthians em Série A de Brasileiro

2.8 mil visualizações 39 comentários

Vitinho tem buscado absorver ao máximo a experiência de jogar no profissional

Vitinho tem buscado absorver ao máximo a experiência de jogar no profissional

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

O meio-campista Vitinho concluiu no último domingo um processo aguardado pela torcida do Corinthians há pelo menos seis anos. Uma das joias mais faladas das categorias de base do clube na última década, ele fez contra o Bahia, fora de casa, a sua primeira partida pelo profissional na Série A do Brasileiro.

As referências a Vitinho no Meu Timão, por exemplo, levam até 2015, quando o jogador era sondado pelo Manchester City, da Inglaterra, e acabou visto como uma joia para o futuro corinthiano, ainda pouco sombrio em meio ao período de glórias. Depois de fazer parte do grupo campeão da Copinha, já dava entrevistas vislumbrando uma ida ao elenco profissional em 2017.

"Me dá muito ânimo esse momento do Corinthians de usar mais os garotos. Eu convivi com Maycon e Arana na base, assisti de perto e sei que eles trabalharam muito para chegar onde estão. Fico feliz de ser uma joia da base, uma aposta do clube para o futuro, mas não quero só isso. Quero ser realidade", disse o atleta ao UOL naquele ano.

Depois do início promissor e do período de treinos no City, onde desenvolveu uma amizade com Phil Foden, hoje um dos grandes jogadores jovens do mundo, Vitinho não se desenvolveu como o clube esperava. Dono de um longo contrato, que valia na época até março de 2022, passou por dificuldades na adaptação ao Sub-20.

Era uma reserva pouco utilizado na ponta até que Dyego Coelho, no ano passado, definiu que o via com características para ser um meio-campista, controlando o ritmo de jogo e distribuindo as jogadas para os companheiros. Justamente o que fez nos poucos minutos que teve em campo na Bahia.

Foi dele o passe que quebrou a linha defensiva no lance em que Jô acabou desarmado na hora do chute, quase embaixo da trave. Depois, ao ser desequilibrado por Thonny Anderson dentro da área, motivou o VAR a chamar o juiz - que nada marcou.

Agora, Vitinho tenta fazer valer a mais recente renovação de contrato, válido agora até junho de 2024. Pelo esquema de Sylvinho, tem lugar na função exercida por Roni e Gabriel e quer mostrar isso daqui para frente.

Veja mais em: Vitinho e Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Sylvinho tem 16 jogos no comando do Corinthians, com mais derrotas (seis) do que vitórias (quatro), além de seis empates; saldo de gols também é negativo (12x16) e o aproveitamento é de 37,5%

    Pressão sobre Sylvinho aumenta no Corinthians; dois fatores jogam a favor do treinador

    ver detalhes
  • Renato Augusto fez primeiro treino com os companheiros de equipe nesta segunda-feira

    Corinthians se reapresenta e Renato Augusto faz primeiro treino com elenco no CT Joaquim Grava

    ver detalhes
  • Entre 2016 e 2018, Léo Príncipe esteve presente em 24 partidas no profissional e marcou um gol

    Corinthians faz acordo na Justiça e quitará dívida com Léo Príncipe em 12 parcelas; veja os detalhes

    ver detalhes
  • Bloqueio é referente a valores não pagos à Federação das Associações de Atletas Profissionais

    Corinthians tem quase R$ 2 milhões bloqueados pela Justiça por dívida com programa social

    ver detalhes
  • Giuliano e Renato Augusto estiveram na Neo Química Arena e viram in loco a derrota para o Flamengo, por 3 a 1; dupla ainda não tem condições legal e física para entrar em campo

    Corinthians pode não ter Renato Augusto contra o Santos; Giuliano tem mais chances de atuar

    ver detalhes
  • Elenco do Corinthians retorna ao CT Joaquim Grava nesta segunda-feira

    Clássico contra o Santos e compromissos na base marcam semana do Corinthians; veja agenda

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x