[Publi] Conheça as estatísticas do Corinthians no Brasileirão desde 2017

850 visualizações 8 comentários

Por Meu Timão

Gosta de apostas? Conheça as estatísticas do Corinthians nos últimos 5 anos de Brasileirão

Gosta de apostas? Conheça as estatísticas do Corinthians nos últimos 5 anos de Brasileirão

Chaos Soccer Gear / Unsplash

Nos últimos anos, o torcedor brasileiro tem notado cada vez mais a presença de casas de apostas esportivas como patrocinadores de competições e clubes no país. Já é comum ter um amigo que costuma fazer sua fezinha apostando nos mais diversos campeonatos pelo mundo inteiro. Mas apostar não é só uma questão de sorte, e sim de probabilidades. Por isso, hoje, vamos trazer ao torcedor do Timão algumas estatísticas importantes do Corinthians nos últimos cinco anos de Brasileirão.

Caso você ainda não esteja totalmente por dentro desse universo, vale destacar que nessas casas de apostas é possível tentar prever fatores do jogo que vão muito além do resultado. Claro, o torcedor pode se manter no básico e apostar que o Corinthians vai ganhar ou perder, ou no placar exato. Mas também pode adivinhar o número de escanteios do jogo, quantos gols a partida terá no total, quantos cartões, além de muitas outras variáveis.

Todas as principais casas de apostas têm à disposição do torcedor/jogador os principais “mercados”. No entanto, algumas delas vão além e criam apostas especiais e combinadas, com situações que são mais difíceis de acontecer e que, por isso, acabam pagando mais ao apostador caso se realizem. Quanto mais opções, melhor.

Mas não é só na quantidade de mercados disponíveis para as partidas que o torcedor iniciante no mundo das apostas precisa prestar atenção ao escolher em que casa vai colocar seu dinheiro e se divertir. A segurança do site e seus métodos de pagamento, por exemplo, são outros critérios importantes. Para ver um comparativo completo das casas de apostas mais populares do Brasil, visite bestbettingsites.com.

Esse mercado vem crescendo de forma exponencial no Brasil e deve estar totalmente regulamentado ainda em 2021. Portanto, nada melhor para os fãs de futebol - e do Timão - do que estar por dentro do que acontece no universo das apostas esportivas. Vamos analisar, a seguir, como o Corinthians se saiu em três dos principais mercados de apostas nas últimas cinco edições do Brasileirão.

Gols feitos e sofridos

Além de ajudar os apostadores, a quantidade de gols feitos e sofridos por jogo pelo Timão ajudam a entender a classificação final do Corinthians nas últimas temporadas do Brasileirão. Em 2017, por exemplo, ano em que Fábio Carille levou a Fiel ao lugar mais alto da competição nacional, com 72 pontos, o Corinthians marcou 50 gols na competição e só sofreu 30.

A média de gols feitos por jogo (1,32) é baixa para os patamares dos campeões brasileiros, mas isso fortalece ainda mais a teoria de que a defesa do Timão foi o principal fator determinante para o título naquele campeonato. Foram 0,79 gols sofridos por jogo. Ou seja: era muito difícil vazar a meta de Cássio em 2017.

A situação se inverteu completamente em 2018, ano em que o Corinthians terminou o Brasileiro em 13º, com apenas 44 pontos. Foram 34 gols feitos (0,89 por jogo) e 35 sofridos (0,92).

No ano seguinte, ao terminar o campeonato nacional com 56 pontos, em oitavo e com vaga na pré-Libertadores, o Timão marcou 42 gols (1,11 por jogo) e sofreu 34 (0,89).

Já em 2020, ficamos no 0x0. Ou melhor, no 45x45. Foram 45 gols feitos e 45 tomados em 38 partidas, com média de 1,18 por jogo nos dois lados do campo. No campeonato marcado pelo início da pandemia e que só terminou em fevereiro de 2021, o Corinthians terminou em 12º, com 51 pontos.

As estatísticas dos últimos quatro anos mostram que o Timão costuma tomar poucos gols, já que só tomou mais de um gol por jogo no Brasileiro de 2020. A média geral destes quatro anos é de 0,90 gol tomado por partida na competição nacional. Ou seja: a cada dez jogos, a Fiel vê a torcida adversária comemorar nove gols contra o Timão.

Por outro lado, o Corinthians também não está balançando muito as redes dos adversários. No melhor ano dos últimos quatro, marcaram 50 vezes. A média geral é de 1,14 gols por jogo desde 2017. Ou seja: a cada dez partidas, o Corinthians costuma fazer 11 gols no Brasileiro.

Em 2021, até aqui, em cinco partidas (até o jogo contra o Bahia), são três gols feitos e quatro sofridos. A média é de 0,60 gol feito e 0,80 gol sofrido por jogo, mas muita bola ainda vai rolar na competição até dezembro.

Over 2,5 e Over 3,5

Se o Corinthians faz poucos gols e toma poucos gols, você já deve imaginar que o total de gols nos jogos do Timão no Brasileirão não é muito alto. Um outro mercado muito utilizado pelos apostadores é o que se chama de “Over and Under”, ou seja, “Acima ou Abaixo”, no qual você aposta se determinada partida vai ter mais ou menos gols do que a quantidade descrita.

As casas dividem esse tipo de aposta em números quebrados ao meio, ou seja, 0,5, 1,5, 2,5, etc. O que isso significa? Se você aposta que uma partida será “Over 1,5”, por exemplo, está apostando que esse jogo terá mais do que um gol e meio, ou seja, pelo menos dois gols.

No caso do Corinthians, até 2019, era quase certeza de “green” (termo usado para apostas vitoriosas) apostar que as partidas teriam menos do que 3,5 gols e até mesmo 2,5 gols. A situação, porém, se modificou um pouco em 2020.

Em 2017, ano do último título do Timão na competição, 29% das partidas do Corinthians foram “Over 2,5”. Ou seja, 11 dos 38 jogos tiveram no mínimo três gols. Esse número cai quando falamos em jogos “Over 3,5”, com quatro gols ou mais. Apenas 21% (oito jogos) tiveram essa quantidade de bolas na rede.

No ano seguinte, já sem Fábio Carille, a quantidade de jogos com pelo menos três gols (Over 2,5) se manteve em 29%, mas apenas 11% dos jogos foram Over 3,5. Ou seja, em 2018, apenas quatro dos 38 jogos do Corinthians no Brasileirão tiveram quatro ou mais gols.

As redes balançaram mais vezes em 2019. Dos 38 jogos no Brasileiro, 13 (34%) tiveram pelo menos três gols (Over 2,5) e sete (18%) tiveram pelo menos quatro gols (Over 3,5).

Esse número continuou subindo em 2020. No Brasileirão pandêmico, metade dos jogos do Timão tiveram pelo menos três gols e em oito deles as redes balançaram no mínimo quatro vezes.

Este ano, até aqui, apenas uma partida do Corinthians teve três gols ou mais, e em nenhum jogo as redes balançaram pelo menos quatro vezes.

Ambos marcam

Por último, mas não menos importante, falamos de um mercado que costuma dar muito retorno aos apostadores. O “Ambos marcam” é uma aposta que está disponível em todos os jogos de futebol, na qual o jogador precisa apenas escolher entre duas opções: as duas equipes vão marcar gols ou não.

Ou seja, se optar por apostar contra o “Ambos marcam”, o jogador precisa torcer para que pelo menos um dos dois times não balance as redes naquela partida.

Desde 2017, vem crescendo o número de jogos do Corinthians no Brasileirão em que as duas equipes fazem gols. No ano do título, isso aconteceu em 34% dos jogos, ou seja, 13 vezes - o que pode ser explicado pela chuva de vitórias por 1 a 0 que o Timão teve naquele campeonato.

Relembre uma dessas vitórias por 1 a 0 naquele Brasileirão abaixo:

No ano seguinte, 15 jogos (39%) tiveram as duas equipes marcando gols. Esse número seguiu crescendo em 2019, quando as redes balançaram dos dois lados em 45% dos jogos do Corinthians no Brasileirão (17 vezes).

Em 2020, porém, o “Ambos marcam” fez a festa nos jogos do Timão. Sem a Fiel no estádio por conta da pandemia, Corinthians e o adversário marcaram na mesma partida em metade dos 38 jogos do Brasileirão, ou seja, em 19 oportunidades.

Este ano, até aqui, 40% dos jogos tiveram gols dos dois lados. Foram cinco partidas no Brasileiro e em duas delas ambas as equipes fizeram gols.


Post patrocinado por Best Betting Sites.

Veja mais em: Apostas no Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians bateu o São Paulo na final do Paulistão Feminino

    Adriana marca no final e Corinthians garante título do Campeonato Paulista contra o São Paulo

    ver detalhes
  • Corinthians conquistou a primeira Tríplice Coroa da história do futebol feminino: Paulista, Brasileiro e Libertadores

    Corinthians conquista Tríplice Coroa pela primeira vez no futebol feminino do Brasil

    ver detalhes
  • Corinthians bateu o recorde de público do futebol brasileiro feminino

    Corinthians bate próprio recorde de maior público do futebol feminino no Brasil

    ver detalhes
  • Roni, camisa 29 do Corinthians, é um dos poucos atletas que subiram da base que segue com o mesmo contrato

    Corinthians e estafe de Roni conversam pela renovação de contrato; veja os detalhes

    ver detalhes
  • Talisca pode ficar livre no mercado

    Sonho antigo do Corinthians, Talisca recebe visita do empresário na Arábia

    ver detalhes
  • Leo Mana foi o autor do gol da vitória do Corinthians no primeiro Majestoso da semifinal do Paulistão Sub-17

    Corinthians vence o São Paulo e abre vantagem na semifinal do Paulistão Sub-17

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x