Corinthians fica no empate com o São Paulo e mantém invencibilidade na Neo Química Arena

14 mil visualizações 835 comentários

Corinthians e São Paulo ficaram no empate na Neo Química Arena

Corinthians e São Paulo ficaram no empate na Neo Química Arena

Danilo Fernandes/ Meu Timão

Corinthians 0 X 0 São Paulo

Brasileirão 2021
30 de junho de 2021, 21:30
Corinthians 0 x 0 São Paulo
Neo Química Arena

Corinthians e São Paulo protagonizaram mais um clássico na Neo Química Arena na noite desta quarta-feira, pelo Campeonato Brasileiro. Mesmo jogando em casa, a equipe alvinegra não conseguiu balançar as redes e o jogo acabou empatado sem gols.

As duas equipes tiveram boa atuação defensiva, o que dificultou a criação ofensiva. Os treinadores fizeram substituições, mas não conseguiram mudar o cenário da partida. No segundo tempo, inclusive, Sylvinho promoveu a reestreia de Marquinhos pelo Timão.

O empate mantém o tabu e a invencibilidade corinthiana em Itaquera diante do São Paulo e garante mais um ponto ao Corinthians, que agora chega aos dez. A equipe permanece no meio da tabela e aguarda o fim da rodada para definição de sua posição.

Próximo jogo - O Corinthians volta a entrar em campo no próximo sábado. Mais uma vez jogando em casa, pelo Campeonato Brasileiro, a equipe recebe o Internacional, às 21h.

Os escolhidos!

O técnico Sylvinho promoveu algumas alterações na equipe titular do Corinthians. Buscando manter o tabu, o treinador escalou a equipe com Cássio, Fagner, Gil, João Victor, Fábio Santos, Gabriel, Vitinho, Cantillo, Gustavo Mosquito, Mateus Vital e Jô.

O São Paulo, por sua vez, começou o jogo com Volpi, B. Alves, Miranda, Léo, Igor V., Luan, Liziero, Dani Alves, Reinaldo, Benitez e Eder.

E o jogo?

Primeiro tempo

As equipes começaram a partida se estudando e trabalhando a posse de bola. O Corinthians tinha maior posse nos primeiros minutos, mas a primeira finalização foi do São Paulo: Benitez chutou da entrada da área, mas a bola passou longe do gol.

Os corinthianos conseguiram levar perigo com pouco mais de dez minutos. Em cobrança de falta, Gil conseguiu o cabeceio, a bola bateu na trave e voltou com Mateus Vital, que finalizou rasteiro e viu Volpi fazer a defesa.

Os dois times faziam uma marcação forte no meio de campo, o que dificultava as transições ofensivas. Os visitantes tentaram nova jogada com troca de passes pelo meio, mas João Victor interceptou.

Por volta dos 30 minutos, os corinthianos pediram pênalti em bola afastada por Bruno Alves, que tocou nela com a mão dentro da área. O juiz mandou o jogo seguir e no contra-ataque o São Paulo teve boa oportunidade, mas Eder finalizou por cima do gol.

No último lance da primeira etapa, o Timão ainda levou perigo em cobrança de falta do Fábio Santos, mas a bola saiu por cima do gol. Com as duas defesa bem postadas, nenhum dos ataques conseguiu balançar as redes.

Segundo tempo

O Corinthians voltou para o segundo tempo sem alterações e logo no primeiro lance do jogo viu o São Paulo tentar o gol no cabeceio de Miranda após cobrança de falta, mas a bola saiu por cima do gol, sem perigo.

A equipe alvinegra deu resposta rápida em boa jogada de Mateus Vital. O corinthiano aproveitou a sobre mal afastada pela defesa do São Paulo e colocou a bola na área para Jô disputar no alto com Volpi, mas o cabeceio do camisa 77 não levou perigo.

O Corinthians voltou a chegar com Fagner, que finalizou de fora da área. A bola pingou na frente de Volpi, que defendeu de relance e afastou a bola. Procurando mais ofensividade na equipe, Sylvinho promoveu a reestreia de Marquinhos, que entrou no lugar de Mosquito.

Os tricolores construíram mais um bom lance com Liziero, que dominou e tentou a bicicleta dentro da área, mas Cássio fez a defesa. O Corinthians respondeu rápido e o cruzamento de Fagner foi disputado na área, mas a boa tentativa de Vital foi paralisada por falta.

Perto dos 25 minutos, Sylvinho mexeu mais uma vez na equipe: Roni entrou em campo no lugar de Gabriel. Pouco depois da mudanças, o ataque do São Paulo obrigou Cássio a trabalhar: o arqueiro espalmou a finalização de fora da área e Nestor ficou com a sobra tentando nova finalização, mas parou em outra boa defesa do camisa 12.

Marquinhos criou boa oportunidade para o Corinthians quando cruzou a bola na área e Vital dominou, mas a finalização corinthiana desviou e saiu pela linha de fundo. No lance seguinte, foi a vez de Vitinho ter boa oportunidade na finalização, mas o camisa 43 mandou a bola por cima do gol.

Nos minutos finais, Sylvinho mudou pela última vez e colocou Xavier em campo na saída de Mateus Vital. Ainda deu tempo de um princípio de discussão, mas que logo foi interrompido pelo árbitro. O Timão não conseguiu balançar a rede e o clássico acabou empatado sem gols.

Veja mais em: Majestoso e Neo Química Arena.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia:

x