Presidente do Corinthians estipula prazo para acordo com a Caixa por dívida da Neo Química Arena

30 mil visualizações 129 comentários

Por Meu Timão

Corinthians e Caixa seguem tentando acordo por quitação da Neo Química Arena

Corinthians e Caixa seguem tentando acordo por quitação da Neo Química Arena

Meu Timão

O Corinthians tenta, desde o final do ano passado, um novo acordo com a Caixa para o pagamento da dívida pendente pela construção da hoje Neo Química Arena. No último sábado, o presidente corinthiano atualizou o estágio das negociações e estipulou um prazo para firmar o acordo.

Duilio Monteiro Alves contou que na última semana voltou a se encontrar com os responsáveis pela Caixa para tratar sobre a dívida pendente. O presidente revelou, também, que a reunião alinhou ser do Corinthians a receita fruto da volta da torcida até o final do próximo ano.

"Temos uma dívida com a Caixa, estamos há algum tempo, desde o fim o ano passado, fazendo acordo com eles. Não é um negócio simples, envolve muito dinheiro, um fundo que hoje quem cuida é o dono da Arena. Semana passada estive em Brasília na presidência da Caixa para reunião e estamos chegando no acordo. Voltando o público, a gente ficaria com a receita até o fim do ano que vem. A volta com responsabilidade, claro, saúde sempre em primeiro lugar, mas esperamos que a pandemia passe logo e a gente possa melhorar esse planejamento e as contas", contou, em entrevista à Rádio Capital.

Pela primeira vez, Duilio estipulou um prazo para o acordo ser enfim selado. O presidente contou esperar resolver as pendências com a Caixa no próximo mês e voltou a falar sobre como a dívida corinthiana foi agravada pela falta de torcida nos estádios.

"Imagino que esse mês, mês que vem, a gente finalize esse acordo. Vai nos ajudar, é uma receita que não temos há sete anos, desde 2014. A gente vem trabalhando, como coloquei, tem tempo sem essa receita. No último ano ficamos sem torcida e vimos muito déficit em todos os clubes, com valores negativo acima de R$ 100 milhões e a gente vem sem essa receita há tempos. Por isso a dívida cresceu também, estamos pagando o estádio e por isso a dívida. Todos os clubes tiveram prejuízo por falta de bilheteira e a gente lida com isso desde antes", completou.

Veja mais em: Neo Química Arena, Dívida do Corinthians e Duílio Monteiro Alves.

Veja Mais:

  • Corinthians terá quarteto de reforços disponíveis para uma partida pela primeira vez

    Com presença de quarteto, Corinthians divulga lista de relacionados para duelo contra o América-MG

    ver detalhes
  • Marcelo Robalinho, empresário e advogado de Jadson, ao lado do ex-camisa 10 do Corinthians

    Justiça bloqueia valor da dívida do Corinthians com empresário de Jadson; veja os detalhes

    ver detalhes
  • Róger Guedes e Willian em último treino do Corinthians antes de enfrentar o América-MG

    Corinthians encerra preparação para enfrentar o América-MG; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Paulinho rescindiu contrato com o clube árabe

    Paulinho rescinde contrato com clube árabe; entenda a situação do jogador

    ver detalhes
  • Última foto de Danilo Avelar divulgada pelo Corinthians, no fim de março; jogador treina todos os dias no CT, como manda a legislação, mas o clube não divulga imagens

    Corinthians tem apenas seis dias para realocar Avelar na Série A; poucos países ainda têm janela

    ver detalhes
  • Jogadoras, comissão e estafe do Corinthians feminino doaram 70 cestas básicas neste sábado

    Jogadoras, comissão e estafe do Corinthians feminino doam cestas básicas para população carente

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x