Corinthians cobiça Paulinho, aguarda retorno ao Brasil, mas vê um novo ano fiscal como fundamental

32 mil visualizações 340 comentários

Por Rodrigo Vessoni

Paulinho rescindiu contrato com o Al Ahli, da Arábia Saudita; diretoria do Corinthians monitora situação

Paulinho rescindiu contrato com o Al Ahli, da Arábia Saudita; diretoria do Corinthians monitora situação

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A rescisão contratual de Paulinho com o Al Ahli, da Arábia Saudita, despertou a cobiça dos dirigentes do Corinthians, que aguardam o retorno do jogador ao Brasil para saber o que pretende para a continuidade de sua carreira.

Apesar do interesse no seu retorno, algo até natural para um atleta tão identificado com a torcida, a diretoria vê um novo ano fiscal como fundamental no processo dessa contratação. Ou seja, o Corinthians vê pouca chance de colocá-lo já na folha salarial de 2021 que, recentemente, recebeu o acréscimo de quatro jogadores com salários robustos.

Trazê-lo agora e começar a pagar apenas em 2022 não seria algo tão difícil de ser conseguido pelo Corinthians, já que Paulinho está impossibilitado de atuar no futebol brasileiro em 2021 - rescisão na Arábia saiu após o fechamento da janela brasileira de transferência internacional.

A ótima condição financeira do jogador também ajudaria nesse processo de esperar 2022. Em caso de mudança de status - cobiça para negócio fechado -, Paulinho usaria o CT do Corinthians nesses cerca de três meses para manter a forma física e, a partir de janeiro, faria parte do elenco e seria integrado à folha.

Vale lembrar que esse mesmo procedimento foi adotado com Gil quando voltou da China em meados de 2019. O zagueiro veio por empréstimo de seis meses e, a partir de 2020, seu contrato de três anos passou a ser válido, com todas as obrigações financeiras incluídas, como as luvas.

O Corinthians não tem pressa para acertar com Paulinho, até pelos motivos citados acima. O clube aguardará a decisão do jogador que, de maneira surpreendente, deixou a Arábia Saudita após dois meses.

Veja mais em: Paulinho e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Pressão sobre Sylvinho cresceu depois da derrota do Corinthians para o São Paulo, na última segunda-feira

    Duilio banca permanência de Sylvinho mesmo em caso de derrota do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians caiu para a sétima posição na tabela, mas terá confronto direto na próxima rodada

    Corinthians perde uma posição no Brasileirão após empate do Internacional; veja classificação

    ver detalhes
  • Camisa 11 do Corinthians esteve presente em todo o treinamento desta quinta-feira

    Corinthians tem volta de Renato Augusto e Giuliano em treino; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Corinthians bateu a Ferroviária por 1 a 0 no jogo de ida da semifinal do Paulistão Feminino

    Corinthians explica motivo de mandar semifinal do Paulistão Feminino na Arena Barueri; veja nota

    ver detalhes
  • Corinthians TV não pode ser palco de ofensas a Sylvinho e Cássio

    [Andrew Sousa] Corinthians TV não pode ser palco de ofensas a Sylvinho e Cássio

    ver detalhes
  • Prefeitura de São Paulo cobra mais de R$ 15 milhões de IPTU do Corinthians referente aos anos de 2016 e 2017

    Corinthians tem pedido contra cobrança de R$15,4 milhões de IPTU negado pela Justiça

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x